sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Feliz 2012 para toda a Nação Corinthiana






Um novo ano se aproxima e com ele novos sonhos e novas esperanças. Que possamos vivenciá-lo com paz e amor em nossos corações e que tenhamos força, coragem, perseverança e determinação para enfrentarmos as provas, os desafios e os obstáculos da nossa caminhada; que estejamos abertos a novas aprendizagens e solidários nas adversidades.
Corinthianamente falando, ou melhor, escrevendo, desejo que o ano se inicie tão bem quanto terminou, que seja um ano de muitas conquistas e vitórias, que a raça corinthiana esteja presente em todos os momentos, em todos os jogos e em todos os campeonatos disputados. Que o manto sagrado não pese nos ombros dos que estão chegando, que todos os jogadores do elenco estejam imbuídos de responsabilidade e cientes do significado e da honra de vestirem a camisa do Timão, que joguem com técnica, mas também com o coração. Que venham os reforços para as posições deficitárias, que a base seja valorizada e que seus destaques integrados no elenco principal, com participação efetiva nos jogos dos campeonatos. 
Que o time jogue com galhardia, sem retranca e sem covardia, que respeite os adversários sem, no entanto, se intimidar, jogando com confiança, com ousadia, buscando sempre a vitória, tendo a iniciativa do jogo ao invés de jogar pelo empate ou só ficar no contra ataque. 
Paulista, Libertadores, Brasileiro. Três campeonatos maneiros, três desafios a serem vencidos, três títulos em disputa, três trincheiras de luta. Eis o que 2012 nos reserva como prova de corinthianismo, como oportunidade do Timão mostrar o seu valor e de enriquecer sua história cheia de glórias.
No limiar do novo ano, desejo a toda a Nação Corinthiana a força, a coragem e a determinação necessárias para enfrentar as batalhas que teremos pela frente e um 2012 com muita garra, muita luta, muitas vitórias e conquistas. Um ano novo repleto de esperança,  de confiança e de corinthianismo.


Créditos e fontes de imagens
orkugifs.com
youtube.com
fotolog.com/corinthians
ortiga.com.br
fotolog.com/corinthians

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz Natal!

Nesta data em que celebramos o nascimento de Jesus, não nos esqueçamos do aniversariante. Por isso, de início, agradeço a Jesus Cristo pelos seus ensinamentos e seu testemunho de amor à humanidade e reitero meu desejo de ser capaz de vivenciar o amor nos múltiplos relacionamentos com meus semelhantes, respeitando todos os seres da Natureza.
Para a Nação Corinthiana este não poderia ser um Natal mais feliz. Apesar dos tropeços iniciais, de alguns sustos, muita ansiedade e sofrimentos, recebemos nossos presentes de Natal e até com certa antecedência. E não foi apenas um, foram vários, embora aquele que mais me empolgou foi a conquista do Pentacampeonato. Mas, neste ano, nossa Nação também se enriqueceu com outras conquistas  como a dos títulos do Torneio Touchdown III com uma campanha invicta pelo Corinthians Steamrollers, (futebol americano), do tricampeonato Metropolitano pela equipe Sub-20 do São Caetano/Corinthians/UNIP de futsal, com as medalhas de Thiago Pereira, que sagrou-se o maior medalhista dos Jogos Pan Americanos e com  a vinda de Anderson Silva, lutador de MMA e campeão mundial peso médio (até 84 kg) do UFC. Fomos também presenteados com a conclusão do CT, com o anúncio do início da construção do CT da base no próximo ano, anexo ao CT Dr Joaquim Grava, com a inauguração no Parque São Jorge da Academia do Anderson Silva e com a apresentação do time de Polo do Corinthians, o Corinthians Polo Team. Além dessas e de inúmeras outras conquistas, estamos realizando o nosso sonho da casa própria. Nosso estádio está sendo construído e será o palco de abertura da Copa do Mundo de 2014. Portanto, temos mais que agradecer do que pedir ao Papai Noel.
Mas, como Aqui é Corinthians, queremos sempre mais e o melhor para nossa Nação. Por isso, pedimos de presente novos títulos, a contratação dos reforços que necessitamos, bem como a expansão e o crescimento de todos os setores esportivos, aquáticos e terrestres. Em contrapartida, também daremos o nosso presente ao Coringão, comprometendo-nos a continuarmos sendo sempre a Fiel Torcida e de estarmos presente em todos os momentos, participando, torcendo, vibrando e apoiando nosso Timão. Mas, se for preciso, também criticando, cobrando, apontando caminhos e soluções, pois sermos fiéis não significa que devamos nos tornar cegos, surdos e mudos. Se "o Corinthians é o time do povo e o povo é que vai fazer o time" (Miguel Batáglia), nós, torcedores corinthianos, cidadãos da República Popular do Corinthians, somos o povo desta Nação. E, como parte deste povo, desejo a todos os membros da Nação Corinthiana um feliz Natal e um 2012 repleto de felicidade, com muitas vitórias, muitos títulos e realizações.

video


Créditos e fontes de imagens
twitter.com
corinthians.com.br
loucosporti.com.br
lanceactivo.com.br
youtube.com

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Notícias da República

Depois da conquista do Pentacampeonato o Corinthians continua sendo notícia. Especulações, inaugurações, planos e projeções movimentam o clube, a mídia, a torcida e agitam a vida de nossa Nação. Mas, nesse burburinho de notícias, nem tudo é fato. Por isso, muito cuidado com o que lemos e escutamos. Não nos deixemos levar pelas fofocas e pelos boatos.
Vejamos o que de importante nas últimas semanas, movimentou a galera corinthiana. 
Corinthians Steamrollers, campeão do Torneio Touchdown III
Uma semana após comemorar o Pentacampeonato Brasileiro o time de futebol americano trouxe mais um troféu para o nosso Memorial, conquistando o título do Torneio Touchdown III com uma campanha invicta. Foram sete vitórias durante a competição. Essa é a terceira edição do Torneio Touchdown e conta com 17 times de todo o Brasil. Parabéns  aos campeões! 
Corinthians Campeão Metropolitano de Futsal Sub 20
Após uma campanha vitoriosa no ano de 2011, com apenas 3 derrotas em 67 jogos e sendo apenas vice-campeão dos cinco campeonatos disputados, a equipe Sub-20 do São Caetano/Corinthians/Unip, comandada pelo técnico Lucas Chioro, mais uma vez mostrou muita raça, determinação em quadra e conquistou o tricampeonato Metropolitano na noite desta sexta-feira (16/12), após vencer o Barueri por 4 x 1, no ginásio do Parque São Jorge, ao lado da Fiel torcida. Parabéns aos campeões!
Corinthians renova contrato de Tite por mais um ano
Depois do imblóglio causado pelo seu empresário, que tentou superfaturar seu salário, o técnico Tite retomou as rédeas da negociação e, rapidinho, antes que sua batata assasse, renovou seu contrato pelo teto estipulado pelo clube. Fiel ao seu discurso anterior que a estabilidade se sobrepõe ao valor financeiro, o técnico demonstrou ter consciência de que a maior valorização profissional possível para sua carreira é continuar treinando o Corinthians, além de poder continuar trabalhando em um dos melhores CTs do mundo. Para comemorar a renovação, o Marketing não perdeu tempo e lançou uma camisa comemorativa, estampada com o rosto do treinador e com a frase que tornou sua marca após entrevero com o Felipão no Campeonato Paulista. Fala muito...
Andrés Sanchez se licencia da Presidência do Corinthians 
Faltando cumprir dois meses de mandato à frente do Corinthians e às vésperas do processo eleitoral, Andrés Sanchez, no dia 15/12, licenciou-se do cargo, deixando o comando do Timão para seu vice, o diretor de futebol Roberto de Andrade. Andrés assumirá o cargo de diretor de seleções da CBF em janeiro. Em sua despedida, afirmou que gostaria de ter antecipado as eleições, porém a pressão interna do clube fez com que ele mudasse de ideia, optando pelo afastamento. Para ele as eleições deveriam ser em dezembro, para que o novo presidente pudesse ter tempo para montar o time e assumir o planejamento do próximo ano.
Inauguração do Hotel do Centro de Treinamento Doutor Joaquim Grava  
Dia 15 de dezembro, em sua despedida da Presidência do Corinthians, Andrés Sanchez inaugurou o Hotel do CT, o alojamento onde o elenco Alvinegro fará a pré-temporada a partir de 2012 e permanecerá concentrado antes dos jogos.
Localizado no complexo do Parque Ecológico do Tietê, o CT, possui 176 mil metros quadrados de área e já conta com uma moderna estrutura de reabilitação e fisioterapia, piscina interna e hidromassagem, quatro campos para treinamento, aparelhos de musculação, laboratório de biomecânica, vestiário dos atletas e da comissão técnica, sala de imprensa com capacidade para 100 jornalistas com vídeo wall de LED. 


Com as novas instalações, serão disponibilizados aos atletas e comissão técnica, além do alojamento, um mini-ginásio, auditório, quadras de tênis, salão de jogos, lan house e restaurante. Segundo o Dr Joaquim Grava “este será o primeiro passo para que este CT esteja pronto para receber uma seleção na Copa de 2014 e dar toda a estrutura necessária aos atletas do Corinthians.” 
Construção do Centro de Treinamento das Categorias de Base
Em sua última entrevista coletiva como presidente do Corinthians, Andrés Sanchez assumiu que as categorias de base do clube não foram exploradas nem cuidadas por sua administração como deveriam ser e anunciou o início da construção do futuro local de treinamento dos garotos.
O novo complexo, que ficará anexo ao CT Joaquim Grava, deverá ficar pronto em dois anos. Segundo Andrés, além de ajudar na integração com a equipe profissional, o local também será usado para intercâmbio de garotos. O novo CT, que terá um alojamento para 130 atletas, com 10.000 metros de área construída, cinco campos e mini-estádio para 2.000 pessoas, deverá estar pronto em até um ano e meio e terá, também, um espaço para intercâmbio de atletas, se possível vindos da China. Atualmente, como o CT de Itaquera deu lugar ao estádio e sua obra, os garotos do Timão estão utilizando a estrutura do Flamengo de Guarulhos, em parceria com o clube do Parque São Jorge.
Renovações, retorno e contratações 
Paulo André, zagueiro e Fábio Santos, lateral esquerdo, tiveram seus contratos renovados com o Timão, até dezembro de 2014. O atacante Bill, emprestado para o Coritiba em 2011, retornou ao Corinthians e deverá ser reintegrado ao time em 2012. Para compor o elenco foram contratados os jogadores Gilsinho, atacante, que atuava no futebol japonês, (Jubilo Iwata) Vitor Júnior, meia, do Atlético Goianiense, Felipe, zagueiro, do Bragantino, William Arão, volante, das categorias de base do SPFC e o goleiro Cássio, que atuava no futebol europeu, (PSG).
Itaquerão não. Invejão
Apesar da chiadeira dos anticorinthianos, nosso palácio do futebol vai sendo erguido em velocidade acima do previsto e até recebeu elogios do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo pelo trabalho realizado. Com seis meses e meio de obras, o estádio paulista já tem cerca de 20 por cento de suas obras realizadas, ritmo considerado excelente pelo Comitê. Técnicos que acompanham a preparação dos estádios brasileiros para o Mundial de 2014 avaliam nos bastidores do COL que o projeto de São Paulo é o melhor e mais fácil de ser executado. "É um estádio que começa do zero, quadrado, sem curvas, com participação privada e muito empenho das autoridades locais. Esse é o diferencial de Itaquera", afirmou uma fonte do COL. Com mais de 20% das obras prontas, a Arena Corinthians recebeu dia 12/12 as primeiras vigas jacaré que sustentarão as arquibancadas inferiores do edifício leste, setor onde a construção está mais avançada. Segundo a Odebrecht, empreiteira responsável pela obra, as vigas são feitas com peças pré-moldadas de concreto e fabricadas dentro do próprio canteiro. Neste momento, 56 peças estão em estoque no terreno da zona leste de São Paulo. Faltam apenas oito para completar o número total da arquibancada leste. 
Na obra, 887 operários trabalham em dois turnos. Até agora foram cravadas 2.130 das 3.200 estacas e executados mais de 394 blocos de concreto das fundações do estádio. Em 13/12 começaram a ser instalados os primeiros tubos de 24 polegadas previstos no novo traçado da tubulação da Petrobras, que passa pelo terreno onde o estádio está sendo construído.
Serão executados mais de 800 metros de tubulação de 24 polegadas e outros 800 metros de dutos com 22 polegadas. Só depois de soldadas as peças, as duas linhas serão colocadas e enterradas na vala que será aberta no novo traçado. Essa parte da obra é realizada pela SACS, empresa contratada pelo Corinthians com a anuência da Transpetro, subsidiária da Petrobras responsável pela operação dos dutos, pelos quais passam, entre outros produtos, nafta e óleo combustível. O prazo de conclusão da realocação é de 75 dias aproximadamente.
Outra boa notícia veio do Poder Judiciário. Quatro ações que contestavam a concessão de incentivos fiscais no valor de R$ 420 milhões ao nosso estádio foram derrubadas em 12/12 pela juíza Maria Fernanda de Toledo Rodovalho. Segundo o jornal "Folha de São Paulo", um dos motivos que levou a magistrada a barrar os processos foi que os autores, entre eles o vereador Aurélio Miguel, se sentiram incomodados por conta do estádio estar localizado na zona leste paulistana, uma das regiões mais pobres da cidade. A juíza também alegou que os incentivos são essenciais para que o estádio seja concluído a tempo e o país não seja punido por organizações internacionais.
Ainda sobre o estádio, os anticorinthianos, inconformados com sucessivas derrotas, espalharam por aí que que a Arena Corinthians não será do Corinthians e sim de um fundo imobiliário. Um fundo imobiliário formado por um banco (segundo o jornal Lance! seria o Banco do Brasil), Odebrecht e Corinthians. Sobre o assunto, o Blog do Will2S, http://www.will2s.com/ esclarece que como "O BNDES não pode liberar o empréstimo para times de futebol, (...) é necessário que um banco pegue este empréstimo. O Corinthians decidiu criar um fundo imobiliário e deste fundo, também fará parte o banco repassador e a Odebrecht. A princípio o estádio é do fundo imobiliário. O Corinthians vai comprando as cotas do fundo e quando terminar será o único dono. No final terá gasto no máximo R$ 820 milhões. É como comprar um carro no carnê. O dono do carro é o banco, mas enquanto você estiver pagando as parcelas do carro, ele é seu. Quando terminar todas as parcelas é definitivamente seu."
Para quem ainda não entendeu, a entrevista de Rosemberg para a Jovem Pan é muito esclarecedora.
 

Créditos e fontes de imagens e vídeos
Fotos e charge
flickr.comphotospupo
corinthians.com.br
esporte.uol.com.br
gazetaesportiva.net
@lance_timao
gazetaesportiva.net
@lance_timao
pauloandre-13.blogspot,com
esporte.uol.com.br
drosmar.com
blogdosilvinho.wordpress.com
espn.estadao.com.br
Vídeos
youtube.com/lancenet.com.br
youtube.com/gazetaesportiva.net
youtube.com/Jovem Pan Online

16/12/1990 - O penta começou lá

Embora com menos descaramento, os antis já existiam e nos chamavam de timinho e de time regional, por ainda não termos vencido o Campeonato Brasileiro. Entre piadas semelhantes às que fazem atualmente em relação à Libertadores, a mídia tentava nos diminuir. Mas, continuamos na luta e  no dia 16 de dezembro de 1990, há exatamente 21 anos, o Corinthians deu a partida para uma série de conquistas do Campeonato Brasileiro, chegando em 2011 ao Pentacampeonato.


O Corinthians havia vencido o jogo de ida da final por 1 a 0, com gol de Wilson Mano, e por isso jogava por um empate para levar seu primeiro Brasileiro, diante do São Paulo de Telê Santana. No entanto, o time do técnico Nelsinho Baptista, do Neto, de Ronaldo Giovanelli, Márcio Bitencourt e Tupãzinho, queria mais, foi para cima e repetiu o triunfo do 1º jogo, pelo mesmo placar, com um gol do Tupãzinho.
Não era um time galático. Era um time de operários, de lutadores e de guerreiros que, mesmo precisando de um empate, foi pra cima em busca de uma vitória gloriosa. Ah! que saudades dessa garra!!! Não jogaram com o regulamento debaixo do braço. Jogaram como Corinthians, como guerreiros, como mosqueteiros. E, assim, abriram o caminho para outras conquistas que vieram e que virão.
Hoje, dia em que o nosso 1º título nacional completa 21 anos, prestamos nossa homenagem àqueles que, com sua garra assimilaram o espírito guerreiro do nosso Padroeiro e tão bem utilizaram as armas de Jorge em prol do engrandecimento da Nação Corinthiana. A eles toda a nossa gratidão.
E, para relembrar tão importante evento, veja abaixo a escalação do jogo final e dois vídeos de tão importantes e gloriosos momentos.
Escalações da final:
Corinthians: Ronaldo, Giba, Marcelo Djian, Guinei e Jacenir; Márcio, Wilson Mano e Neto (Ezequiel); Fabinho, Tupãzinho e Mauro (Paulo Sérgio).
Técnico:
Nelsinho Baptista
São Paulo: Zetti, Cafu, Antonio Carlos, Ivan e Leonardo; Flávio, Bernardo e Raí (Marcelo Conti); Mário Tilico (Zé Teodoro), Eliel e Elivélton.
Técnico:
Telê Santana


Créditos e fontes de imagens
Vídeos: youtube. com
Fotos
todopoderosotimao.com
futebolmensagemsena.esquadrointerativo.com.br

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

800 mil por mês: Tite surtou?

video
Pretendia continuar comemorando e emendar a festa dos títulos com os feriados de Natal. Mas, como Aqui é Corinthians! logo acontece um imblóglio fenomenal. 
Justamente entre aqueles que sempre apareceram na mídia como "Bem Amigos..." Parece que o Penta subiu na cabeça do técnico e, seu empresário, que é Veloz até no nome, um alto salário pediu, pondo fim a uma lua de mel que outrora existiu. E o Adenor Leonardo Bacchi que, finalmente, com a conquista do Pentacampeonato começava a ganhar a torcida, acabou levando um baque. E começou o Tite ti.
Isso é coisa de empresário, disseram uns. Ele quer o mesmo salário do Felipão, disseram outros. Agora ele é top, ganhou o Brasileirão... e muitos saíram em sua defesa. 
Mas, sem ser unanimidade, não faltou quem se indignou. E, no twitter até apareceu: #Titesurtou E, muita gente retwittou.
No programa Resenha da Rádio Coringão, a renovação foi tema recorrente. Muito debate, opiniões divergentes, mas um único consenso. É um salário muito alto para quem, antes do Penta, perdeu outros três campeonatos. É claro que ele merece um aumento, mas é muita grana em jogo pra quem nos fez passar por tantos tormentos. O  Brasileirão de 2010, em que não conseguimos ganhar dos rebaixados e nem a classificação direta pra Libertadores, o vexame da eliminação da dita cuja, que tanto nos fez sofrer, a perda do Campeonato Paulista e o sufoco que passamos para chegar ao Penta jamais serão esquecidos. No conjunto da obra, dois campeonatos perdidos, uma eliminação vexatória e um campeonato ganho no sufoco, com derrotas vergonhosas, inclusive no Pacaembu, com muita retranca, sem nenhuma ousadia, com um futebol sem galhardia, perdendo pontos pra rebaixados e pra times sem qualidade e correndo risco até o momento final. 
video
É claro que o Tite também tem suas qualidades. Embora com um linguajar meio empolado, ele é simpático, educado e bom de papo. É bom de grupo, mais parece um paizão pros jogadores, é bem quisto pelo pessoal do CT, peitou alguns medalhões e os colocou no banco (nem todos) quebrando a panela, conseguiu trabalhar com um elenco quase sem craques e fazê-los dar o máximo, mesmo e apesar das frequentes incorporações do Professor Pardal.
Durante o campeonato cheguei a afirmar que teríamos que optar pelo título ou pela dispensa do Tite. É óbvio que preferimos o título, mesmo sabendo que com ele teríamos que enfrentar mais um ano de sustos e de sufoco, de tormentos e de sofrimentos, de empates ou goleadas de 1 a 0 e de 2 a 1 como regra e um possível 5 a 0 como exceção, desde que possamos ter uma ajudinha dos técnicos da seleção.
Com o pentacampeonato, a manutenção do Tite tornou-se questão de reconhecimento e de gratidão. Mas, sem loucuras no salário, sem alucinação de empresário... Dizem que o Tite nada sabia e que isso é coisa do seu empresário. Se isso é verdadeiro e o Gilmar Veloz agiu por conta própria, este merece ser dispensado pelo tumulto que causou. Se ele blefou sem ter as cartas na mão, encontrou um adversário que tinha um royal flush. Aí ficou feio e se eu estivesse no lugar do Tite, eu optaria por ficar no Corinthians e, muito ligeiro, trocaria de parceiro. O que não pode é dar impressão que com ele foi conivente ou que não é dono de sua carreira. Ou será que tem algo que a gente ignora, alguns petrodólares no horizonte e o blefe foi para criar uma situação que viabilizasse sua saída?
Tite nunca foi o técnico dos meus sonhos nem da maioria da Fiel. Não tem perfil pra dirigir um time guerreiro. Um técnico que, com o time invicto no topo da tabela, em todas as entrevistas afirma que um dia o time vai perder, plasma a própria queda, ao passar para os seus comandados, numa linguagem subliminar, que eles devem esperar uma derrota. Além disso, respeita excessivamente o adversário, mesmo aquele que que tecnicamente é muito inferior. E, diante de jogos mais difíceis, busca sempre o empate e, mesmo em casa, opta por jogar no contra ataque. Aliás, essa é uma característica da escola gaúcha, do futebol pragmático, de quem joga com o regulamento do campeonato debaixo do braço. Por isso muito me assusta ouvir falar do Dunga como alternativa possível. Se não tiver acerto com o Tite, prefiro que venha alguém menos badalado, mas que tenha espírito guerreiro do que ter que aturar mais um gaúcho retranqueiro. E, além de tudo, grosso e mal educado.

Créditos e fontes de imagens
Vídeos
youtube.com/esporte.uol.com.br
youtube.com/sportv.globo.com
Fotos
Fotoarena/esporte.uol.com.br
Agência Estado/esporte.r7.com
blogdomarcelo.com.br

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Continuo comemorando - Campeão também no Futebol Americano


video

Assim como o Lula, não entendo de Futebol Americano, mas vou ter que aprender, pois, tudo que existe no Corinthians, passa a me interessar. E esse nosso time, o Corinthians Steamrollers, já entrou pra nossa história. No mês de novembro, em partida válida pela última rodada do torneio Touchdown, o 1º campeonato nacional do Brasil, o Corinthians Steamrollers venceu o Santos Tsunami por 79 a 0, classificando-se para os playoffs com o melhor desempenho da competição. No último domingo, uma semana após a conquista do campeonato brasileiro de futebol, o time do futebol  com a bola oval foi o responsável por mais um título do Timão ao vencer  o Torneio Touchdown III, batendo o Vila Velha Tritões por 41 a 3. Assim, depois de transformar o Santos Tsunami numa poça de água parada, nossa equipe despachou os capixabas que, depois da lavada, devem ter voltado pra casa com um novo nome, Vila Velha Tristões.
O ex presidente Lula, que compareceu para torcer pelo Corinthians Steamrollers, em evento que tem o seu filho Luiz Cláudio, o Lulinha, como um dos organizadores, dispensou seguranças e acompanhou o jogo na área reservada à imprensa, tirou cara e coroa antes da decisão e foi saudado pelos cerca de 3 mil torcedores presentes, que cantaram "El, el, el, Lula é da Fiel".
Antes da partida, os jogadores  homenagearam o Sócrates e o ex-presidente. Após o Hino Nacional, jogadores e torcida fizeram um minuto de silêncio com o braço para cima. O ex-jogador Vladimir, companheiro do Doutor nos tempos de Corinthians, recebeu uma camisa com o nome do amigo. Lula também ganhou uma camisa com o seu nome gravado.
A equipe paulista conquistou o título com uma campanha invicta. Foram sete vitórias durante a competição. Essa é a terceira edição do Torneio Touchdown e conta com 17 times de todo o Brasil.
Parabéns ao  Corinthians Steamrollers, campeão do Torneio Touchdown III

Fontes de imagens
espn.com.br
icidadania.org

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Alô Nação Corinthiana! Ainda estou comemorando. Análises? Só na próxima semana.

Já fui cobrada porque ainda não analisei o último jogo nem o campeonato. Acontece que entrei numa semana sabática, além de ter perdido minha corneta nas comemorações. Afinal, não é todo dia que nosso time é pentacampeão. Por isso, nada de análises do jogo, do time, nem do campeonato... Até começar a Copinha, sem ver o Corinthians jogar, vai sobrar tempo para analisar, questionar, criticar, elogiar e especular. Por hora, eu só quero comemorar e reviver intensamente os momentos de alegria e de felicidade.
Um dia que começou cheio de tristeza e saudade pela partida do Magrão, terminou com muita alegria e felicidade, com o Corinthians Pentacampeão. A gente nem lembrava ou não sabia do pedido do Doutor, mas seu desejo foi nesse dia atendido pelo Criador. Sem ter o título brasileiro, Sócrates entrou em campo e jogou a partida, além de estar presente, também na torcida. Antes do apito inicial, que cena mais emocionante. Quase 40 mil Sócrates presentes no Pacaembu. 
Depois de tanta emoção, muita expectativa e alguns sustos. Mas, esse papo eu deixo pra depois. Agora o que interessa de fato é reviver a alegria do torcedor. É sentir novamente a emoção de ser pentacampeão.
Embora fosse um Campeonato Brasileiro, nosso título ultrapassou nossas fronteiras, chegou ao vizinho Uruguai e ganhou o mundo, nas TVs, na internet e nos jornais.
Mas, como aqui é Corinthians! não poderia faltar a irreverência, a provocação... Embora o jogo fosse com o Palmeiras, nada de imitar o Porco, isso o Viola já fez. Embaixadinhas, isto é coisa do Capetinha e São Jorge poderia não gostar... Tinha que ser algo original, mas com a cara do Palmeiras atual. 



E não é que o Jorge Henrique encontrou a solução. E o vácuo dos títulos  do rival resolveu chutar. Só que da homenagem eles não gostaram e armaram a maior confusão.
Mas a nossa torcida gostou e o nosso herói, até homenageou.
video
Mas, não só isso. As comemorações aconteceram em toda parte, na capital, no interior, em outros estados e no exterior. Eis uma pequena amostra da alegria da Fiel.
Mas, como não abrimos mão de ser maloqueiro, como somos o time do povão, nada melhor que este rap pra animar a comemoração.




Créditos e fontes de imagens
Vídeos: youtube. com
Charges: Meutimao.com.br
Fotos:
@lucasrichers
meutimao.com.br

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O Penta é pra você Magrão

  video

Além do dom da vida, Deus me deu vários presentes, entre eles a oportunidade de apreciar coisas bonitas e grandes acontecimentos. Nesta categoria de dádivas coloco o privilégio de ter visto o Sócrates jogar futebol. Quem pode vê-lo em campo testemunhou a ação de um dos remanescentes do futebol arte. Ele sim, pode ser considerado o verdadeiro mago da bola. Com ela nos pés, era um verdadeiro artista. Cada jogada sua era uma pintura e cada gol uma canção melodiosa a alegrar nossos corações. 
E, ninguém como ele, entendeu o que é o Corinthians, a Fiel torcida e a essência da alma corinthiana. Perguntado sobre o que é o Corinthians, ele afirmou que "o Corinthians não é só um time e uma torcida; é um estado de espírito." Em diferentes ocasiões manifestou seu carinho e respeito pela Nação Corinthiana, em declarações marcantes: São afirmações suas:
"Todos sabem o que essa torcida representa. Parece que Deus deu uma paradinha lá no Parque São Jorge e transformou o time e a torcida no que eles são."
"A grande força do Corinthians é a emoção que a torcida passa para o time, algo numa dimensão que nenhuma outra passa."
"O Time do Corinthians não ganha jogo. Quem ganha jogo é a torcida do Corinthians."
Assisti sua última participação no programa Cartão Verde da TV Cultura, onde ele enalteceu mais uma vez a força da torcida corinthiana e a grandeza do Timão.
video

Apesar de ter jogado em outros times, nunca deixou de ser Corinthiano e ídolo da Fiel. Por isso, domingo, a Nação amanheceu mais triste. Sócrates partiu para o mundo espiritual, deixando em todos nós uma sensação de perda e uma imensa tristeza. 
A Nação alvinegra amanheceu de luto, chorando a separação do seu ídolo inesquecível que partiu do jeito que ele pediu: "Quero morrer num domingo e com o Corinthians campeão." Sua vontade foi atendida e ele nos deixou na madrugada do dia em que o Corinthians sagrou-se pentacampeão brasileiro.
Mas, não foi só dentro de campo, com suas jogadas geniais e com seu calcanhar mágico, que Sócrates foi importante e decisivo. Sua liderança ultrapassou os gramados e os próprios limites do Sport Clube Corinthians Paulista. 
Liderando o movimento mais significativo do esporte nacional, possivelmente até mundial,  a Democracia Corinthiana, suas idéias repercutiram na sociedade brasileira e contribuíram imensamente no processo de redemocratização do país. Como idealizador e líder da Democracia Corinthiana, fez do futebol uma alavanca e um canal de mobilização em prol da luta pelo restabelecimento das eleições diretas para presidente do país, além de estimular a participação e a organização popular. Sócrates, sonhador e revolucionário apaixonado, era guiado pela utopia de uma sociedade mais justa. Polêmico fora do campo, jamais abriu mão de seus sonhos; franco e direto, não fazia média com ninguém e não abdicava de suas ideias e valores.
video


Vítima de seus próprios atos e invigilância, seu corpo físico não aguentou e morreu precocemente, deixando um vazio, não só na Nação Corinthiana, mas no coração de todos os que tiveram o privilégio de acompanhar sua trajetória profissional e política. 
Por isso, nada mais justo do que as homenagens póstumas que recebeu no Pacaembu, palco de suas jogadas de gênio, de seus gols inesquecíveis e de tantas vitórias. E nada mais justo e merecedor do que lhe dedicar o título do pentacampeonato. Este não é um sentimento pessoal, embora dele eu também compartilhe, mas sim, um sentimento global de toda a Nação e da torcida do Timão. E, ninguém mais que o Doutor soube entender o significado da Fiel Torcida. E é por isso, que como torcedora do Corinthians, neste momento em que a dor da separação e a saudade se fazem presentes em nossa Nação, eu declaro solenemente:
                   O Penta é pra você Magrão                                                   


Créditos e Fontes de imagens
youtube.com
blogdofsilva.blogspot.com
Emanuel Colombari/terra.com.br
youtube.com
facebook.com/Fotos do mural
youtube.com
lanceactivo.com.br
Agência Estado/esporte.ig.com.br
facebook.com/Fotos do mural

domingo, 4 de dezembro de 2011

Corinthians X Palmeiras - Pré-jogo

No limiar da batalha final da guerra pelo pentacampeonato, só resta um jogo e só falta um ponto. Dependemos só de nós e basta um empate pra colocarmos as mãos na taça. O campo da batalha será a nossa casa, o Pacaembu, diante da nossa torcida que, com muita antecedência, esgotou todos os lugares. O adversário da vez, nosso velho conhecido, anda meio baleado, mas virá com tudo.  Para o Palmeiras, este é o jogo da salvação de um ano de fiascos e eliminações sucessivas e uma vitória sobre nós terá o valor simbólico de recuperação de um ano perdido. A diretoria prometeu aos jogadores um bicho de dragão, levando-os a supor que estarão jogando uma final de campeonato. Só se esqueceram que nosso padroeiro é São Jorge, o exterminador de dragões. 
Durante toda a semana a imprensa anti agitou, provocou, criou factoides, espinafrou a vontade, alimentando a intriga e a fofoca. A torcida adversária foi engrossada com torcedores de outros times que nada mais aspiram no campeonato. A torcida vascaína foi potencializada com a adesão daqueles que não tendo time para torcer, não relutam ao final de cada campeonato em adotarem um time diferente para poderem fazer a catarse de suas frustrações.
Vamos para o jogo com alguns desfalques importantes. Ralf, Danilo  e Émerson estão suspensos e serão substituídos, respectivamente por Wallace, Alex e Jorge Henrique. O zagueiro Wallace, por ser forte na marcação e eficiente na bola aérea, atuará improvisado como 1º volante. Tite explicou que os volantes de origem, Moradei e Bruno Octávio, estão sem ritmo de jogo, além de necessitar compensar a altura nas bolas altas do adversário, devido as ausências de Ralf e Danilo. O Adversário tem como sua principal arma a bola parada e Wallace é um bom cabeceador. Como  1º volante, ele será o responsável pelo início das jogadas, desempenhando, também papel importante na bola aérea. Deverá ficar mais posicionado enquanto Paulinho jogará com mais liberdade. Com a entrada de Alex, o time ganha em movimentação, criação e nas jogadas de bola parada, pois ele é um exímio cobrador de faltas e de escanteios. 
Com Jorge Henrique há ganhos na marcação e perda na ofensividade. O esquema tático será o mesmo dos jogos anteriores, o 4 2 3 1,  com Alex na armação, William e Jorge Henrique pelas pontas e Liedson como homem de referência na área. Mas, com Jorge Henrique ele, em determinados momentos, poderá mudar para um 4 4 2. Além disso, com o atacante mais voltado para a marcação, ao contrário de Émerson que avançava mais para o ataque, William terá que se movimentar e avançar mais. O time precisa estar atento para não cometer faltas próximo da área, pois esta é a jogada mais perigosa do adversário. E anular o Valdívia pra que a bola deles não chegue ao ataque. Na ausência do Ralf Pitbull, esta tarefa será de Wallace, de quem esperamos a raça, a braveza e o devotamento de um Rottweiler. 
Ficha Técnica: Corinthians X Palmeiras
Local: Estádio Municipal do Pacaembu, São Paulo, Estado de São Paulo
Data: 04/12/2011, domingo
Horário: 17 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Auxiliares: Émerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse
Corinthians: Júlio César; Alessandro, Paulo André, Leandro Castán e Fábio Santos; Wallace, Paulinho e Alex; Jorge Henrique, Liedson e William. Técnico: Tite
Palmeiras: Deola; Cicinho, Thiago Heleno, Leandro Amaro e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção,Patrick e Valdívia; Luan e Ricardo Bueno. Técnico: Luiz Felipe Scolari
O banco de reservas do Corinthians terá os seguintes jogadores: Danilo Fernandes (goleiro), Chicão (zagueiro), Welder (lateral), Moradei (volante); Edenilson e Ramires (meias) e Adriano (atacante).
O final do último treino do time foi fechado para a imprensa.
Neste momento decisivo a Nação Corinthiana encontra-se inquieta e ansiosa. Até parece que somos nós que entraremos em campo. E não poderia se diferente. Estamos muito próximos do título, pois dependemos só de nós. Hoje não estamos reféns das entregadas, mas, sabemos que não podemos vacilar. Vamos jogar em nossa casa, com a nossa torcida apoiando e dependemos só de um empate para o pentacampeonato. No entanto, não podemos jogar pra empatar, nem ficar esperando pra jogar no contra ataque. Temos que tomar a iniciativa do jogo e mostrar logo quem manda no Paca. Nosso time é muito superior ao time do adversário e precisamos fazer valer essa superioridade. Ir pra cima, mas sem afobação. Ser firme na marcação e evitar faltas nas proximidades da área para que eles não se beneficiem da única jogada que pode nos ameaçar. 
De fundamental importância para a vitória, o controle emocional vai fazer a diferença. Esperamos do time a frieza de um iceberg, além de muita garra e determinação. Somos superiores na técnica, temos um esquema tático que vem dando bons resultados, mas, na hora do "vamo vê," o diferencial vai ser o coração. Eles jogam para destruir nosso sonho e nossa esperança. Nós jogamos pelo título e vamos jogar com confiança. Eles jogam por uma saída honrosa de um campeonato fracassado. Nós jogamos pelo Pentacampeonato. Eles jogam por um bicho por eles comparados a um dragão. Nós somos protegidos por Jorge da Capadócia, o destruidor de dragões. Eles brigaram o ano inteiro. Nós temos um grupo amigo, coeso, unido e companheiro. Eles tem uma torcida de modinha, que para se realizar, quando chega o fim do ano, sai em busca de outro time pra ter o que comemorar. Nós nos realizamos apenas por sermos corinthianos.
Ficaria a noite inteira enumerando nossas diferenças. Mas, não é preciso. Nós nos conhecemos e sabemos que podemos ser campeões. Nós não apenas temos um time para torcer. Nós somos uma Nação que, neste momento decisivo, está unida e irmanada por um único desejo, por um único pensamento e pelo mesmo sentimento, ver o Corinthians mais uma vez, ser campeão. E será com esse desejo e com muita paixão, que daqui a algumas horas, seremos mais de 30 milhões de pessoas vibrando e torcendo pela vitória de nosso Timão. Nas mãos, nos pés e na cabeça de cada jogador depositamos nossa esperança, nosso sonho e nossa confiança, na certeza de que o trabalho realizado possibilitar-nos-á soltar o grito de  campeão!


Créditos e fontes de imagens
esporte.uol.com.br
twitter.com
Miguel Schincariol/lancenet.com.br
Renato Cordeiro/lancenet.com.br
esporte.uol.com.br
fielitapira.blogspot.com
timaodecoraçao.com.br
Jorge Araújo/Folha Press/esporte.uol.com.br
lunaticosfc.com.br