quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Parabéns decacampeões

Com nove vitórias e 100% de aproveitamento, o Corinthians conquistou seu 10º título na Copa São Paulo de Futebol Junior. O último jogo não foi tão fácil como prevíamos e a vitória só aconteceu nos minutos finais. A boa marcação do adversário, as defesas do goleiro do Batatais, bem como a ansiedade e o nervosismo dos corinthianos, interferiram negativamente no desempenho alvinegro. Mas aqui é Corinthians e mais uma taça já está no Memorial. Com mais chances, criávamos, mas errávamos o arremate final. E, quando acertávamos, tinha uma trave ou um goleiro para atrapalhar. Enquanto o Batatais tudo fazia para levar o jogo para os pênaltis, o Corinthians, mesmo nervoso, não desistia do gol, que, finalmente aconteceu. 
Gols
Coube ao Carlinhos, o artilheiro da competição, a abertura do placar. Pedrinho rolou para Marquinhos, que cruzou para Carlinhos, de cabeça, mandar para o gol. Alguns minutos após, Carlinhos deixou Marquinhos na cara do gol e ele não desperdiçou, ampliando o placar. Numa bobeada da defesa alvinegra, o Batatais diminuiu a diferença, causando, nos minutos finais do jogo, nervosismo no time e na torcida.
Com o apito final, o Pacaembu explodiu de alegria com a conquista do décimo título da Copinha. Além do título, o Timãozinho teve o artilheiro do campeonato, Carlinhos, com 11 gols, o craque da galera, Pedrinho, empatado com o goleiro Gerson, do Batatais, e quatro jogadores na seleção do torneio, Guilherme Romão, Mantuan, Pedrinho e Carlinhos. Filipe, Del'Amore, Renan Areias e Marquinhos são outros jogadores com grande atuação na Copinha. 
Numa campanha perfeita, Osmar Loss encerrou um ciclo vitorioso no comando do sub 20 do Corinthians, com 100% de aproveitamento, tendo vencido o Pinheiro-MA, Operário-MS, Taubaté, Mantiqueira-SP, Coritiba, Internacional, Flamengo, Juventus e Batatais. Na atual campanha, o Corinthians marcou 30 gols e sofreu 7. Os gols foram marcados por Carlinhos, Pedrinho, Mantuan, Marquinhos, Guilherme Romão, Fabrício Oya e Del'Amore. No clube desde o segundo semestre de 2013, Loss participou das edições de 2014, 2015, 2016 e 2017, chegando em todas as finais e conquistando dois títulos. Além disso, foram 31 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota, totalizando um aproveitamento de 94% dos pontos. Agora o comandante será auxiliar técnico de Carille no time principal, o que aumenta a esperança dos garotos revelados terem mais oportunidades. 
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 2 X 1 Batatais
Local: estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 25 de janeiro de 2017, quarta-feira
Horário: 16:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Cleber Luis Paulino (SP)
Assistentes: Bruno Salgado Rizzo e Luis Alberto Nogueira (ambos de SP)
Público: 34.381 pagantes
Renda: R$ 851.221,00
Cartões amarelos: Guedes (Corinthians); Léo Alves, João, Igor Tostes (Batatais)
Gols: Corinthians: Carlinhos e Marquinhos; Batatais: Douglas Pote
Corinthians: Filipe; Samuel (Guedes), Thiago, Vinícius Dell’Amore e Luisinho (Lucas Minele); Renan Areias, Guilherme Mantuan, Pedrinho (Vitinho), Fabrício Oya (Matheus) e Marquinhos (Lucas Amorim); Carlinhos; Técnico: Osmar Loss
Batatais: Gerson; Wislem Júnior, José Neto, Yuri, Léo Alves (Cadu) e Igor Tostes; Everton, João, Douglas Pote e Murilo; Thales (Victor Rafael); Técnico: Paulo Lippi; 
Bastidores
Pós jogo
Os 30 gols da Copinha

Créditos e fontes de imagens e vídeos
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/corinthians.com.br-meutimao.com.br-MAON
youtube.com/Futebol Clube-globo.com
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/corinthians.com.br
Fernando Dantas/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-MAON
youtube.com/Brasil in Soccer-globo.com
youtube.com/Corinthians
youtube.com/Corinthians
youtube.com/Corinthians 

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Travessuras alvinegras

O Moleque Travesso da Mooca não resistiu e sucumbiu diante dos nossos moleques e foram eliminados na semifinal da Copa São Paulo de Futebol Junior. Porque aqui também tem travessura e com muita gostosura. Quer maior travessura do que vencer todos os jogos e ter o artilheiro do torneio? Quer gostosura maior do que estar disputando a quarta final seguida e buscando o decacampeonato? Quer maior bruxaria do que ter o mago Osmar Loss dirigindo os nossos craques juvenis? 
Apesar do bom desempenho do Juventus e da sua marcação cerrada, o Corinthians foi superior e dominou a partida. Com maior posse de bola e controle do jogo, nossos garotos, no tradicional 4-2-3-1, demoraram para se impor e furar a barreira juventina e só aos 33 minutos de jogo o timãozinho abriu o placar. 
Gols
Guilherme Romão lançou a bola na área para Pedrinho, que chutou para o gol. O goleiro Vitor Omena fez a defesa, mas deu rebote e, na sobra, o atacante Carlinhos tocou para o gol e abriu o placar, marcando seu 10º gol na Copinha e se isolando como artilheiro do ano da competição. Aos 4 minutos da etapa final, após cobrança de escanteio do Juventus, Pedrinho, sem marcação, avançou e chutou para o gol. Vitor Omena fez a defesa, a bola sobrou para Marquinhos que bateu colocado no canto esquerdo, ampliando para o Corinthians. Aos 19 minutos, Mantuan puxou o ataque pela direita, tocou para Guedes, que levou a bola até perto da área e cruzou para o centro. Na entrada da área, Fabrício Oya chutou de primeira no canto esquerdo, marcando o terceiro gol alvinegro e carimbando o passaporte para a final. 
Guilherme Romão foi expulso ao atingir o adversário numa tentativa de dar uma bicicleta, mas mesmo com um jogador a menos, o Corinthians não foi ameaçado. 
A classificação deu ao Timãozinho sua quarta final de Copinha sob o comando do técnico Osmar Loss. Vitorioso em 2015 e derrotado em 2014 e 2016, ele busca mais um título em sua última participação na base corintiana, já que, após o encerramento do torneio, integrará a comissão técnica de Fábio Carille. Se for campeão dessa temporada, será o décimo título corintiano na Copa São Paulo de Futebol Junior. 
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 3 X 0 Juventus
Local: Arena Barueri
Data: 21/01, domingo
Horário: 19:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez
Assistente 1: Rogerio Pablos Zanardo 
Assistente 2: Eduardo Vequi Marciano
Quarto árbitro: Luiz Carlos ramos Júnior
Cartões amarelos: Guilherme Romão (Corinthians), Luiz Carlos (Juventus), Marquinhos (Corinthians) e Gustavo (Juventus).
Cartão vermelho: Guilherme Romão (Corinthians).
Gols: Corinthians: Carlinhos, Marquinhos e Fabrício Oya 
Corinthians: Filipe; Samuel (Guedes), Thiago, Vinícius Del’Amore e Guilherme Romão; Renan Areias e Guilherme Mantuan; Pedrinho (Lucas Amorim), Fabrício Oya (Franklin) e Marquinhos (Matheus); Carlinhos (Vitinho); Técnico: Osmar Loss
Juventus: Vitor Omena; Douglas (Fernando), Gustavo, Luiz Carlos e Thiaguinho; Barreto, Cesinha, Thiago Rocha, Cadu (Moicano), Gabriel (Nicolas) e Dener; Técnico: Edilson Chiari 

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
globoesporte.globo.com-Fernando Dantas/ Gazeta Press/gazetaesportiva.com-MAON 
Fernando Dantas/ Gazeta Press/gazetaesportiva.com-Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/corinthians.com.br-MAON 
youtube.com/Sou Corinthiano-globo.com 
Fernando Dantas/ Gazeta Press/gazetaesportiva.com
youtube.com/iLance 1Oi/globo.com

Após um bom começo, um tropeço

Contrariando o adágio "em time que está ganhando não se mexe", Fábio Carille mexeu e mexeu errado, quebrando a espinha dorsal do time que goleou o Vasco e tornando o Corinthians muito parecido com o vacilante time de 2016. Consequentemente, tivemos um 1º tempo horrível, em que não jogamos nada, com o time preso e aceitando a marcação tricolor. O time não armou, não chutou e não ameaçou a meta adversária. Com um meio campo mau posicionado, deu muito espaço para o adversário e só não tomou gol porque faltou qualidade ao ataque tricolor. Guilherme foi um zero à esquerda e a atuação da dupla Kazim/Jô foi prejudicada pela expulsão do primeiro, que mostrou ser bom de briga, mas ainda não descobriu que a melhor maneira de defender o time é ficar em campo e fazer gol e não ser expulso. Na etapa final, Carille procurou corrigir os erros da escalação inicial e, com as entradas de Marlone e Felipe Bastos, o time melhorou, criando algumas oportunidades de gol, todas perdidas por erros no arremate final. 
Terminando em 0 a 0, a decisão foi para os pênaltis. E aí já entramos em desvantagem. O goleiro Sidão é um bom pegador e o Cássio dos últimos anos, mais pesado que um paquiderme, sem mobilidade e, aparentemente sem muito entusiasmo, tem apresentado dificuldades nas defesas de penalidades. Assim, deu o esperado: Sidão brilhou, Cássio ainda pegou um e o São Paulo ficou com o título do torneio do Mickey, ao nos derrotar nos pênaltis por 4 a 3. 
Lamentável foi a atuação da arbitragem, despreparada e/ou tendenciosa, incapaz de conter os ânimos e ignorando regras básicas do futebol. 
Apesar do tropeço, a comissão técnica pode tirar algumas conclusões desses dois jogos disputados. Uma delas é que alguns jogadores voltaram com a mesma tiriça de 2016 e que devem ceder lugar no time para aqueles que tem vontade, inclusive para alguns que estão chegando e garotos da base. Marlone não pode ficar na reserva, Kazim precisa dar mais importância ao futebol que ao MMA, Jô é centro avante e não ponta. E é preciso treinar, à exaustão, cobranças de faltas, de pênaltis e finalizações. Gostei da atuação do Felipe Bastos e Paulo Roberto parece não ser tão ruim quanto pensávamos. Bem treinado, poderá ser muito útil. 
Ficha Técnica - Corinthians 0 (3) X 0 (4)
Local: Estádio Bright House Networks, em Orlando (EUA)
Data: 21 de janeiro de 2017, sábado
Horário: 21:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Jonathan Weiner (EUA)
Assistentes: Abdel Kuttaineh e Alexander DeRostaing (ambos dos EUA)
Cartões Amarelos: Camacho, Gabriel, Fagner e Moisés (Corinthians)
Cartões Vermelhos: Kazim (Corinthians) e Maicon (São Paulo)
Pênaltis: Corinthians: Giovanni Augusto, Paulo Roberto e Marlone; São Paulo: João Schmidt, Cícero, Junior Tavares e Gilberto
Corinthians: Cássio; Fagner (Léo Príncipe), Pedro Henrique (Vilson), Balbuena (Yago) e Moisés (Marciel); Gabriel (Paulo Roberto), Camacho (Fellipe Bastos), Jô (Ángel Romero), Guilherme (Marlone) e Marquinhos Gabriel (Giovanni Augusto); Kazim; Técnico: Fábio Carille
São Paulo: Denis (Sidão); Maicon, Douglas (Lucão) e Rodrigo Caio; Bruno (Junior Tavares), Thiago Mendes (Neilton), Cueva (Cícero) e Buffarini (Araruna); Wellington Nem (Wesley), Luiz Araújo (João Schmidt) e Andres Chavez (Gilberto); Técnico: Rogério Ceni

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.globo.com-esporte.uol.com.br 

domingo, 22 de janeiro de 2017

Corinthians X Juventus - Copa São Paulo de Futebol Junior

Após vencer o Flamengo, de virada, nas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Junior, com gols de Pedrinho e Del'Amore, o Corinthians vai enfrentar o Juventus na semifinal do torneio neste domingo, 22/11, às 19:45 horas, horário de Brasília, na Arena Barueri, em Barueri, SP. Invicto no campeonato, o Timãozinho, em suas sete partidas, obteve os seguintes resultados: 6 a 0 contra o Pinheiro-MA, 4 a 0 contra o Operário-MS e 3 a 2 diante do Taubaté na primeira fase, 5 a 1 contra o Manthiqueira na segunda fase, 2 a 1 diante do Coritiba na terceira fase, 3 a 1 contra o Internacional nas oitavas de final e 2 a 1 diante do Flamengo nas quartas de final. O adversário é o Juventus, que teve apenas uma derrota na competição, diante do Figueirense, pela primeira fase do torneio.
Ficha Técnica - Corinthians X Juventus 
Local: Arena Barueri
Data: 21/01, domingo
Horário: 19:45 horas (de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez
Assistentes 1: Rogerio Pablos Zanardo 
Assistente 2: Eduardo Vequi Marciano
Quarto árbitro: Luiz Carlos ramos Júnior
Corinthians: Filipe; Samuel, Thiago, Vinícius Del’Amore e Guilherme Romão; Renan Areias e Guilherme Mantuan; Pedrinho, Fabrício Oya e Marquinhos; Carlinhos; Técnico: Osmar Loss
Juventus: Vitor Omena; Fernando, Gustavo, Luiz Carlos e Alexandre; Thiaguinho, Thiago Rocha, Motta e Dener; Cesinha e Murilo; Técnico: Edilson Chiari 
Para o jogo de hoje, o Corinthians contará com dois importantes reforços que voltam ao time após cumprir suspensão: o volante Renan Areias, o motorzinho do time, e o atacante Carlinhos, artilheiro da competição.
Assim como fez no jogo entre Corinthians X Flamengo, a FPF (Federação Paulista de Futebol) impôs a cobrança de ingressos para os torcedores que desejarem acompanhar a partida in loco. A entidade definiu a comercialização de 28 mil entradas, nos valores de R$ 10 a R$ 40. Chama atenção a determinação de cobrança de ingressos ser aplicada somente no jogo do Corinthians – já que a outra semifinal, entre Batatais e Paulista, teve entrada franca, bem como a negação do pedido para que a partida contra o Juventus fosse disputado na Arena Corinthians em Itaquera, principalmente porque a entidade autorizou a realização da outra semifinal em Jundiaí. 
Três canais de televisão, SporTV, ESPN e Rede Vida, transmitem ao vivo o duelo na Arena Barueri. Assistirei o jogo com a televisão no mudo e com o som na Web Rádio Coringão (www.radiocoringao.com.br). 
Minha expectativa é de mais uma vitória, rumo à final e rumo ao decacampeonato.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Um bom começo

Confesso que o desempenho da equipe e o resultado do jogo surpreenderam-me positivamente. Com uma nova comissão técnica, com muitos jogadores novos no time, sem treinamento suficiente, sem um padrão tático estabelecido e testado, sem entrosamento e sem ritmo de jogo, pensei que teríamos mais dificuldades na estreia. Mesmo o adversário sendo fraco, início de temporada é sempre complicado, com jogadores voltando de férias após festividades do final de ano. O grande diferencial, em relação ao ano de 2016, foi a atitude dos jogadores, muito mais positiva e determinada. Brigando por titularidade, procuraram mostrar serviço, não se acomodaram e se empenharam durante a partida. Nem parecia jogo amistoso. As bolas foram disputadas e o jogo foi pegado. Mesmo ainda carecendo de entrosamento, o time apresentou compactação, trocas de passe e triangulações. 
Com dois times diferentes em cada tempo, Carille aproveitou para fazer observações, testar jogadores nas posições e colher informações para a montagem definitiva do time titular para a temporada. 
Gols
Os gols corinthianos foram marcados por Camacho e Marlone (1º tempo) e Kazim e Marquinhos Gabriel (etapa final). Éder Luis, com um chute despretensioso de fora da área, fez o gol de honra do Vasco. Cássio, adiantado e mau posicionado não conseguiu defender. Aos 20 minutos, Camacho, em rápido contra-ataque pelo meio, tabelou com Rodriguinho e, cara a cara com Martín Silva, bateu no canto rasteiro, abrindo o placar. Aos 45 minutos, Marlone tabelou com Romero e completou para o gol, desempatando a partida. Na etapa final, aos 36 minutos, Marquinhos Gabriel carregou a bola dentro da área até a linha de fundo e cruzou. Livre de marcação, Kazim cabeceou para dentro e praticamente sacramentou a primeira vitória corintiana na temporada. Aos 45 minutos, Guilherme roubou a bola e tocou para Kazim, que, livre de marcação, viu a passagem de Marquinhos Gabriel que dominou a bola e, sem goleiro, tocou para o fundo da meta vascaína, fechando a goleada. 
Dos estreantes, gostei das atuações de Moisés, Gabriel e Kazim. Jô ainda se ressente da falta de ritmo e Paulo Roberto surpreendeu positivamente. Não deve superar Gabriel, mas ganhará fácil de Cristian a posição de reserva de 1º volante. Os melhores em campo foram Camacho e Rodriguinho (1º tempo) e Kazim e Marquinhos Gabriel (etapa final). O meia voltou com mais vontade e demonstrou melhores condições físicas e técnicas que no ano anterior. O goleiro Caique foi muito seguro, fez boas defesas e não foi vazado.
Se ofensivamente o Corinthians foi bem, principalmente pelo meio do campo, a defesa continua com problemas e dificuldades, principalmente nos cruzamentos. Os laterais apresentaram pouco poder ofensivo e ficaram mais presos à marcação. 
De um modo geral, para uma estreia, voltando de férias, a atuação do time me agradou. Os reforços tiveram um bom desempenho e podem qualificar o elenco. Ainda não dá para se empolgar, mas a atitude e a postura em campo, mais propositiva e determinada, acendem uma chama de esperança.
Melhores momentos
Ficha Técnica - Vasco 1 X 4 Corinthians
Local: Estádio Bright House Networks, em Orlando (EUA)
Data: 18 de janeiro de 2017, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Esteban Rosano – (EUA) 
Árbitro assistente 1: Abdel Kuttaineh – (EUA) 
Árbitro assistente 2: Hassan Belmhania – (EUA)
Cartões amarelos: Julio dos Santos, Thalles e Rodrigo (Vasco); Gabriel e Paulo Roberto (Corinthians)
Gols: Vasco: Éder Luís, aos 24 minutos do primeiro tempo; Corinthians: Camacho, aos 20, e Marlone, aos 45 minutos do primeiro tempo; Kazim, aos 36, e Marquinhos Gabriel, aos 44 minutos do segundo tempo
Vasco: Martín Silva; Madson (Yago Pikachu), Luan (Rafael Marques), Rodrigo e Henrique (Alan Cardoso); Evander (Bruno Gallo), Guilherme (Escudero), Nenê e Julio dos Santos (Andrezinho); Thalles (Ederson) e Éder Luís (Mateus); Técnico: Cristóvão Borges
Corinthians: Cássio (Caique França); Fagner (Léo Príncipe), Pedro Henrique (Vilson), Balbuena (Yago) e Moisés (Marciel); Gabriel (Paulo Roberto), Camacho (Cristian), Romero (Giovanni Augusto), Rodriguinho (Guilherme) e Marlone (Marquinhos Gabriel); Jô (Kazim); Técnico: Fábio Carille

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
esporte.uol.com.br-twitter.com/@Pedro_34-MAON
AFP/globoesporte.globo.com-Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians/globoesporte.globo.com-Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians/corinthians.com.br-MAON 
youtube.com/ESPORTE NOTÍCIA 2-globo.com 
Reprocução TV/SporTV/globo.com 
youtube.com/Soccer Gols HD-globo.com

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Corinthians X Flamengo - Copa São Paulo de Futebol Junior

Pelas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Junior, o Corinthians enfrentará o Flamengo hoje, quinta feira, 19/01, às 19:30 horas, horário de Brasília, na Arena Barueri, em Barueri. O confronto eliminatório vale vaga na semifinal do torneio e será uma reedição da final de 2016, na qual o time carioca sagrou-se campeão nos pênaltis, após o empate de 2 a 2 no tempo normal. Invicto na atual edição, o Timãozinho terá por adversário um time com boa campanha na Copinha. O time carioca conquistou cinco vitórias e um empate, com 19 gols pró e três contra. Derrotou o Cruzeiro, por 2 a 1, no último domingo, com o gol da vitória marcado por Vinicius Júnior já nos acréscimos. O Corinthians terá dois desfalques que farão muita falta na partida: o volante Renan Areias e o atacante Carlinhos, artilheiro do torneio. O Flamengo terá três desfalques: os volantes Vinícius Souza e Hugo Moura e o zagueiro Rafael Santos. 
A arbitragem estará a cargo de:
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Árbitro assistente 1: Alex Ang Ribeiro
Árbitro assistente 2: Miguel Caetano Ribeiro da Costa
Quarto árbitro: Thiago Luiz Scarascat 
O Corinthians deverá entrar em campo com Filipe; Samuel, Thiago, Vinícius Del’Amore e Guilherme Romão; Roni (Ralo) e Guilherme Mantuan; Pedrinho, Fabrício Oya e Marquinhos; Matheus (Zé Gabriel). O técnico do Flamengo, Gilmar Popoca, não revelou a escalação, mas o time provável deverá ser Gabriel Batista, Kléber, Dener, Raphael e Moraes; Vinicius Souza, Hugo Moura; Jean Lucas, João Pedro e Vinicius Junior; Lincoln. 
Os corinthianos estão concentrados no CT Dr Joaquim Grava, utilizando-se na sua preparação, de todos os recursos disponíveis no local.
Após ter enfrentado dificuldades na realização do jogo contra o Internacional, a incompetente FPF decidiu, como medida de segurança, cobrar ingressos para o jogo de hoje. Mostrando todo o seu despreparo para realizar eventos de grande porte, ao invés de colocar um jogo dessa envergadura num local mais apropriado e alocar pessoal preparado, resolveu partir para o caminho mais fácil, tentando conter financeiramente o número de torcedores e penalizar as torcidas. São, realmente, os coveiros do espetáculo futebol. 
A expectativa é de um jogo equilibrado, pegado e que se decidirá nos detalhes. Embora negado por Osmar Loss, a partida terá um sabor de revanche e o vencedor será um forte candidato ao título. 
O jogo será transmitido pelos canais de televisão SporTV e ESPN e pela Web Rádio Coringão (www.radiocoringao.com.br). 

Créditos e fontes de imagens 
globoesporte.globo.com 
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/corinthians.com.br-MAON 

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Florida Cup - Vasco X Corinthians

O Corinthians faz sua estreia na temporada de 2017 com a participação na Florida Cup nesta quarta feira, 18/01, às 22:00 horas, horário de Brasília, contra o Vasco, no Bright House Networks Stadium, em Orlando (EUA). Se o Corinthians faz a sua primeira partida do ano, o adversário já foi testado no torneio e já venceu o o Barcelona de Guayaquil (EQU) ao avançar às semifinais do Playoff do Florida Cup. 
Ficha Técnica - Vasco X Corinthians
Local: Estádio Bright House Networks, em Orlando (EUA)
Data: 18 de janeiro de 2017, quarta-feira
Horário: 22:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Esteban Rosano – (EUA) 
Árbitro assistente 1: Abdel Kuttaineh – (EUA) 
Árbitro assistente 2: Hassan Belmhania – (EUA)
Vasco: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Alan Cardoso; Julio dos Santos, Evander, Escudero e Nenê; Muriqui e Thalles; Técnico: Cristóvão Borges
Corinthians: 
Primeiro tempo: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Moisés; Gabriel, Camacho, Romero, Rodriguinho e Marlone; Jô
Segundo tempo: Caíque, Léo Príncipe, Vilson, Yago e Marciel; Cristian, Paulo Roberto e Guilherme; Marquinhos e Giovanni Augusto; Kazim; Técnico: Fábio Carille 
Com pouco tempo para treinar, Carille optou por utilizar um time em cada tempo. Na etapa inicial, Gabriel é a esperança de proteção da zaga, e Jô é a esperança de gols. Na etapa final, Marciel atuará improvisado na lateral esquerda, Cristian e Paulo Roberto serão os volantes (Valha-nos São Jorge!) e Kazim fará sua primeira partida com a camisa corinthiana. 
Mais do que lutar pelo título, Carille, realista e ciente das dificuldades que deverá encontrar, pretende utilizar o torneio para impor sua filosofia de jogo e dar entrosamento aos jogadores, muitos deles recém-chegados. Dos sete reforços do clube que foram trazidos para Orlando, apenas o volante Fellipe Bastos e o atacante Luidy não devem estrear diante da equipe carioca. 
Infelizmente, minha expectativa para o jogo, bem como para a participação do Corinthians no torneio, não é das melhores. Com uma nova comissão técnica, com muitos jogadores novos no time, sem treinamento suficiente, sem um padrão tático estabelecido e testado, sem entrosamento e sem ritmo de jogo, temo por um vexame em terras americanas. Nas atuais condições, teria sido muito mais útil ter ficado treinando em São Paulo do que fazer turismo na Disney. Tomara que eu queime a língua, mas estou bem pessimista.

Créditos e fontes de imagens 
globoesporte.globo.com-Daniel Augusto Jr./Agência.Corinthians/meutimao.com.br-MAON 
Marcelo Braga/globoesporte.globo.com-Thiago Moreira/Vasco/gazetaesportiva.com-MAON 
globoesporte.globo.com 
Daniel Augusto Jr./Agência.Corinthians/corinthians.com.br-MAON 

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Olha o DVD Teen

Aquele que parecia ser o jogo mais difícil da Copinha não passou de um passeio dos nossos garotos, mesmo com a arbitragem errando muito e fazendo de tudo para ajudar o time gaúcho. Mas aqui é Corinthians e nem o árbitro nem a chuva, que caiu em Barueri na etapa final, conseguiram tirar nossa classificação. Osmar Loss deu um nó tático no técnico adversário, nossos garotos seguiram o script e 3 a 1 ficou barato para os fregueses do DVD. 
Com domínio total da partida, o Timãozinho matou o jogo já no primeiro tempo. Na etapa final o dilúvio que caiu em Barueri atrapalhou o show de bola e a arbitragem, despreparada e tendenciosa, bem que tentou, mas não conseguiu impedir a vitória e a classificação alvinegra. Inverteu faltas, inventou outras, deixou de marcar um pênalti claro e inventou uma penalidade para o Internacional. Mas nem assim conseguiu alavancar os piás, que perdidos em campo, decidiram trocar o futebol pelo MMA. E bateram tanto, que conseguiram tirar o atacante Carlinhos do sério e do próximo jogo. 
Aliás, nesse quesito, o competente Osmar Loss deu uma bobeada. Com o campo pesado e com o Carlinhos pendurado apanhando muito, deveria tê-lo substituído para evitar o cartão amarelo e poder ter o jogador disponível contra o Flamengo. O atacante, bem como o volante Renan Areias, também fora do próximo jogo, farão muita falta ao time alvinegro. 
Gols
O primeiro gol saiu aos 20 minutos, após cobrança de escanteio por Pedrinho, que lançou a bola na área e Fabrício Oya dominou, limpou o marcador e mandou para o gol. Um golaço. Aos 35 minutos Romão cruzou a bola na área, Carlinhos subiu e ajeitou de cabeça para tentar a bicicleta, a bola sobrou para Pedrinho, que saiu da marcação e mandou para o fundo do gol. Aos 36 minutos, Carlinhos pressionou o volante Marcelo, que escorregou. O atacante, sozinho contra o goleiro Luiz Felipe, com habilidade, tocou no canto direito do goleiro do Inter, ampliando o placar e definindo o jogo. Aos 38 minutos da etapa final, o árbitro arrumou um pênalti para o time do DVD, que foi convertido por Val. 
Classificado para as quartas de final, o Corinthians enfrentará o Flamengo na próxima quinta feira, 19/01, às 19:30 horas, na Arena Barueri. 
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 3 X 1 Internacional 
Local: Arena Barueri
Data: 16 de janeiro de 2017
Horário: 20:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araujo 
Árbitro assistente 1: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo 
Árbitro assistente 2: Vladimir Nunes da Silva 
Quarto árbitro: Diego Augusto Fagundes 
Gols: Corinthians: Fabrício Oya, Pedrinho e Carlinhos. Internacional: Val
Cartões amarelos: Corinthians: Renan Areias e Carlinhos. Internacional: Roberto e Val
Cartão vermelho: Internacional: Júnio
Corinthians: Filipe; Samuel, Thiago, Vinícius Del'Amore e Guilherme Romão; Renan Areias e Guilherme Mantuan (Roni); Pedrinho (Guedes), Fabrício Oya (Carlos) e Marquinhos (Lucas Amorim); Carlinhos (Matheus); Técnico: Osmar Loss
Internacional: Luiz Felipe; Júnio, Izael (Reverson), Matheus Maurício e Roberto; Bruno José (Desailly), Marcelo, Val, e Ramiro (Vitinho); Luís Felipe (Guilherme), Mila e André (Mila); Técnico: Carlos Leiria

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
meutimao.com.br-twitter.co,/@timaoagora-MAON 
twitter.com/@_Fabriciooya-Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/gazetaesportiva.com-Rodrigo Gazzanel-Agência Corinthians-meutimao.com.br-MAON 
youtube.com/C9C - Footbaal HD-globo.com
youtube.com/Soccer Play-globo.com 

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Corinthians X Internacional


Pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Junior, o Corinthians terá hoje seu teste mais difícil e o seu maior desafio contra o Internacional de Porto Alegre. O jogo será nesta segunda feira, 16/01, às 20:00 horas, na Arena Barueri. Será um jogo pegado e equilibrado, em que vencerá o time que mantiver a concentração. O time gaúcho, na primeira fase, conquistou três vitórias em três rodadas. Na segunda fase, goleou o Taboão da Serra-SP por 6 a 0 e para chegar às oitavas, superou o Ceará pelo placar mínimo.
O Corinthians deverá repetir o mesmo time e o mesmo esquema tático do jogo anterior e atuar no esquema 4-2-3-1 com Filipe; Samuel, Thiago, Vinícius Del'Amore e Guilherme Romão; Renan Areias e Guilherme Mantuan; Pedrinho, Fabrício Oya e Marquinhos; Carlinhos. Já o adversário, treinado por Carlos Leiria, deverá ter em campo Luiz Felipe; Júnio, Gabriel, Matheus e Reverson; Marcelo, Val, e Ramiro; Luís Felipe, Mila e André. 
A arbitragem estará a cargo de: 
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araujo 
Árbitro assistente 1: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo 
Árbitro assistente 2: Vladimir Nunes da Silva 
Quarto árbitro: Diego Augusto Fagundes 
Se passar do Internacional, o Corinthians enfrentará o Flamengo nas quartas de final, numa reedição da última final do torneio. 
O jogo terá a transmissão de três canais de televisão, SporTV, ESPN Brasil e Rede Vida e da Web Rádio Coringão (www.radiocoringao.com.br). Estarei assistindo com a imagem na televisão, com o som na Rádio Coringão e interagindo pelo twitter: @radiocoringao. 
Minha expectativa é que o Corinthians vença e que a arbitragem seja melhor que as dos jogos anteriores. Aliás, dois aspectos negativos têm sido recorrentes nesse torneio: a arbitragem despreparada e tendenciosa, ignorando as regras básicas do futebol, e a desumana escala de jogos, sem tempo hábil para descanso dos atletas e reposição das forças físicas.

Créditos e fontes de imagens 
twitter.com/@Corinthians-MAON
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/meutimao.com.br-MAON 

sábado, 14 de janeiro de 2017

VIRA, VIRA, VIRA...VIROU!!!

Se não foi o melhor jogo do Corinthians na Copinha, foi, sem dúvida, seu melhor teste. O time iniciou o jogo um tanto desligado, tomou um gol bobo logo aos 4 minutos e teve os desafios de jogar sob pressão, reequilibrar o jogo, tomar o controle da partida e reverter o placar adverso. O Coritiba, em vantagem, bem postado na defesa e com forte marcação no meio campo, dificultava muito as infiltrações do Corinthians, que tentava furar o bloqueio com bolas altas alçadas na área e chutes de longe. Ansiosos com a situação, nossos garotos criaram várias oportunidades, mas erravam no arremate final e somente aos 47 minutos conseguiu empatar a partida. 
Gols
Com um belo passe de Pedrinho, que mandou a bola alta no meio da área do Coritiba, Carlinhos recebeu a bola, brigou com os zagueiros do Coxa, arranjou espaço, e deu um voleio. A bola saiu fraca, desviou na zaga e o Corinthians empatou a partida. Aos 12 minutos da etapa final, numa bela jogada individual, Marquinhos roubou a bola no meio campo, arrancou com velocidade pela direita, invadiu a área e após limpar o zagueiro desempatou a partida para os alvinegros. 
Com os garotos do Coritiba cansados e sem o mesmo ímpeto anterior, o Timãozinho, com o total controle da partida não mais foi ameaçado. 
Após a virada, Loss fez a primeira mudança na equipe, tirando Mantuan, que já tinha tomado cartão amarelo, para a entrada de Guedes. Aos 23 minutos, Carlinhos deixou o campo para a entrada de Matheus, e Romão saiu para a entrada de Carlos na lateral.
Com o domínio da partida, aos 36 minutos, o técnico realizou as últimas alterações: Pedrinho, Marquinhos e Thiago deixaram o campo para as entradas de Vitinho, Lucas Amorim e Franklin. O Timãozinho ainda criou novas oportunidades, mas o placar não mudou. 
Com o resultado o Corinthians, classificado para as oitavas de final, vai enfrentar o Internacional na próxima segunda feira, 16/01, às 20:00 horas, horário de Brasília, na Arena Barueri. 
Ficha Técnica - Corinthians 2 X 1 Coritiba 
Local: estádio Joaquim de Morais Filho, o Joaquinzão, em Taubaté (SP)
Data: 13 de janeiro de 2017
Horário: 18:45 horas (de Brasília)
Árbitro: Adriano de Assis Miranda 
Árbitro assistente 1: Herman Bruniel Vani 
Árbitro assistente 2: Diogo Correia dos Santos
Quarto árbitro: Daniel Carlos Luciano Fernandes
Cartões amarelos: Corinthians: Thiago, Mantuan e Guedes; Coritiba: Romeu
Gols: Corinthians: Carlinhos e Marquinhos; Coritiba: Julio
Corinthians: Filipe; Samuel, Thiago (Franklin), Vinícius Del’Amore e Guilherme Romão (Carlos); Renan Areias e Guilherme Mantuan; Pedrinho (Vitinho), Fabrício Oya e Marquinhos (Lucas Amorim); Carlinhos (Matheus); Técnico: Osmar Loss
Coritiba: Gabriel, Thalisson, Romércio, Willian e Leonardo; Vitor (Romeu), Julio, Talysson (Nathan) e Matheus (Matheus Paraíba); Gustavo Soares e Gustavo Henric; Técnico: Sandro Forner

Créditos e fontes de imagens 
esporte.uol.com.br-Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/corinthians.com.br-MAON 
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/twitter.com/@Corinthians 
youtube.com/Ligados No Timão-globo.com
youtube.com/C9C - Footbaal HD-globo.com

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Hoje tem Timãozinho na Copinha

Esclareço que Timãozinho e Copinha são termos afetivos e referentes à pouca idade da garotada, que apesar de novos, estão jogando um futebol de gente grande e, no quesito raça, estão goleando os jogadores do time principal da última temporada.
Hoje, sexta feira, 13/01, o Corinthians sub 20 enfrentará o Coritiba, às 18:45 horas, horário de Brasília, no estádio Joaquim de Morais Filho, o Joaquinzão, em Taubaté. 
Após ter goleado o Manthiqueira por 5 a 1, com gols de Marquinhos, Mantuan, Pedrinho, Renan Areias e Carlinhos, o Timãozinho passou para a próxima fase com 100% de aproveitamento, com a melhor campanha e o melhor ataque do torneio, com 16 gols marcados.  Daniel, em cobrança de faltas já nos acréscimos, marcou o tento de honra do Manthiqueira. 
O adversário de hoje classificou-se após eliminar o Taubaté, vencendo por 3 a 0, e promete ser o primeiro adversário a encarar o Timão de igual para igual. 
O Corinthians deverá manter o mesmo time e o mesmo esquema tático do último jogo. Atuando no 4-2-3-1, deverão entrar em campo Filipe; Samuel, Thiago, Vinícius Del’Amore e Guilherme Romão; Renan Areias e Guilherme Mantuan (capitão); Pedrinho, Fabrício Oya e Marquinhos; Carlinhos. 
O Coritiba, sob o comando do técnico Sandro Forner, deverá atuar com Gabriel; Thalisson, Romércio, Willian e Leonardo; Vitor, Julio, Talysson e Matheus; Gustavo Soares e Gustavo Henric. 
A arbitragem estará a cargo de: 
Árbitro: Adriano de Assis Miranda 
Árbitro assistente 1: Herman Bruniel Vani 
Árbitro assistente 2: Diogo Correia dos Santos
Quarto árbitro: Daniel Carlos Luciano Fernandes 
O Corinthians tem plenas condições vencer o jogo. No entanto, precisa ficar mais atento e parar de levar gols bobos no final, por desconcentração. Tem que ficar ligado até o fim, até porque o adversário está motivado e promete fazer jogo duro. 
A partida será transmitida ao vivo na TV fechada pelos canais por assinatura SporTV e ESPN e pela Rádio Coringão (www.radiocoringao.com.br).
Estarei acompanhando o jogo pala TV no mudo, com imagem na televisão e som na Rádio Coringão. 

Créditos e fontes de imagens 
globoesporte.globo.com-Danilo Sardinha/globoesporte.com-MAON 


quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Corinthians X Manthiqueira

Com a segunda melhor campanha do torneio e o seu artilheiro, com a melhor campanha do Grupo 17 e invicto, o Timãozinho inicia hoje, quarta feira, 11/01, a sua participação na 2ª fase da Copa São Paulo de Futebol Junior, ao enfrentar o Manthiqueira, de Guaratinguetá, às 18:45 horas, horário de Brasília, no estádio Joaquim Morais Filho, em Taubaté. O adversário, 2º colocado no Grupo 19, não venceu nenhum de seus jogos e classificou-se com 3 empates. Nos três jogos disputados na fase de grupos empatou com o Itabaiana-SE (4 a 4), o Boavista-RJ (0 a 0) e Coritiba (1 a 1). A equipe, comandada pela técnica Nilmara Alves, comemorou muito a classificação, algo que pouco esperavam. 
A arbitragem do jogo estará a cargo de: 
Árbitro: Renan Carvalho de Faria 
Árbitro assistente 1: Daniel Paulo Ziolli 
Árbitro assistente 2: Paulo Cesar Modesto 
Quarto árbitro: Cesar Rodrigo Deolindo 
O Corinthians deverá enfrentar o Manthiqueira com Filipe, Samuel, Del'Amore, Thiago e Guilherme Romão; Renan Areias, Mantuan, Pedrinho, Fabrício Oya e Marquinhos; Carlinhos. A técnica adversária não divulgou a escalação, mas é provável que repita o time da última rodada: Yago; Matheus, Allan, Amaral e Silas; Jhonatan, Osmar, Dudu e Vandinho; Leléu e Bruno Henrique. 
No último treino, na tarde de terça (10/01), no campo do SESI Taubaté, Osmar Loss realizou um trabalho tático durante quase 50 minutos, além de atividades de bola parada. Ele orientou bastante o posicionamento dos atletas durante as duas partes do treino. 
Se vencer o Manthiqueira, o Corinthians enfrentará o vencedor do confronto entre Coritiba-PR e Taubaté-SP, que também acontece nesta quarta (11/01), às 16:00 horas, no Estádio Joaquinzão, em Taubaté.

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.globo.com
twitter.com/@Corinthians-MAON

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Timãozinho avança na Copinha

Com três vitórias, o time sub 20 do Corinthians classificou-se em 1º lugar do Grupo 17 da Copa Paulista de Futebol Junior e disputará a próxima fase contra o Manthiqueira, da cidade de Guaratinguetá, na próxima quarta feira, 11/01, às 18:45 horas, horário de Brasília, no estádio Joaquim de Morais Filho, o Joaquinzão. 
Muito superior ao adversário, o Taubaté, o Corinthians chegou a abrir 3 a 0 no placar, com dois gols de Carlinhos e um de Guilherme Romão, o que lhe garantiria a liderança da primeira fase. Mas, uma bobeada da defesa, devido a uma falha de concentração, e um erro do zagueiro reserva João Victor, ao repor uma bola após cobrança de lateral, permitiram o empate do Taubaté e nos fizeram perder a liderança geral da fase de grupos. 
O Timãozinho iniciou o jogo mantendo o 4-2-3-1 e com apenas uma mudança em relação aos jogos anteriores, com o zagueiro Franklin na vaga de Thiago. 
Gols
Aos 16 minutos da etapa inicial, o atacante Carlinhos, após receber belo passe de Pedrinho, abriu o marcador. Na comemoração, levou o cartão amarelo por provocar a torcida rival. O segundo gol do Timão saiu aos 35 minutos em nova jogada da dupla Pedrinho e Carlinhos, dessa vez em lance de jogada ensaiada. Com o placar de 2 a 0, as duas equipes foram para o intervalo. Na etapa final, Loss fez uma mudança tática na equipe. Carlinhos, deixou o campo para a entrada de Carlos e o lateral Guilherme Romão passou a atuar mais avançado. Jogando mais a frente, logo aos cinco minutos da segunda etapa, ele ampliou o placar em 3 a 0 para o Timão.
Com a vitória encaminhada, o técnico fez outras mudanças na equipe. Pedrinho deixou o campo para a entrada de Matheus, Manthuan saiu para dar lugar a Ralo e Areias foi substituído por Roni. As alterações e a vantagem no placar, deixaram a equipe alvinegra mais desatenta e após um erro na defesa, aos 29 minutos da etapa final, o Corinthians levou seu primeiro gol na Copinha. Logo após o gol do Taubaté, os jogadores das duas equipes se desentenderam após entrada dura de Erick em Fabrício Oya. Pelo desentendimento, ambos levaram o cartão amarelo. 
Mesmo criando boas oportunidades, o Corinthians não conseguiu ampliar o placar. Loss ainda fez duas últimas mudanças: Del'Amore saiu para a entrada de João Victor e Vitinho entrou no lugar de Guilherme Romão. Já nos acréscimos, com um erro de recuo de João Victor, o zagueiro marcou contra. o que deixou tenso os segundos finais da partida, que terminou em 3 a 2 para o Timão. 
O Corinthians foi superior durante todo o jogo, com destaque para as atuações do centroavante Carlinhos, com dois gols, e do meia Pedrinho, com duas assistências e muitos dribles. O destaque negativo foi o zagueiro reserva João Vitor e a desconcentração da defesa na etapa final.

Créditos e fontes de imagens e vídeo 
meutimao.com.br-twitter.com/@Fiel_Torcida_
twitter.com/@Corinthians-Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians-MAON 
youtube.com/Danilo Silva Gols HD/globo.com
facebook.com/Renato Silva

sábado, 7 de janeiro de 2017

Surpresa e superação

Apesar das dificuldades iniciais, o Timãozinho, jogando como Timão, conseguiu outra goleada na Copa São Paulo de Futebol Junior e a classificação antecipada para a próxima fase. O técnico Osmar Loss, e todos nós, ficamos surpresos com a qualidade do Operário-MS, que com boa organização defensiva e bons contra ataques, dificultou as ações corinthianas, principalmente no primeiro tempo. Com marcação alta, chegou a desnortear a equipe alvinegra nos momentos iniciais. Passado o susto, o Corinthians conseguiu equilibrar o jogo, mas quando chegava ao ataque errava o chute ou via a bola ser objeto de boas defesas do goleiro Lucas Macarrão.
Apesar de surpreendente, a postura aguerrida do do Operário-MS foi um ótimo teste para nossos garotos que, superando-se na adversidade, protagonizaram mais uma goleada, além de mostrarem muita raça, empenho e qualidade. E, mesmo ainda sendo atletas em formação, sem a experiência dos jogadores do time profissional, mostraram mais qualidade, comprometimento e profissionalismo. Com eles, não tem bola perdida, não se escondem atrás dos zagueiros e jamais fogem das divididas.
Gols
Mas, aos 31 minutos, saiu o primeiro gol numa bela jogada do centro avante Carlinhos, que puxou rápido contra-ataque pelo meio, com direito a lençol em um e meia-lua em outro, invadiu a área e bateu forte. Na sobra, Pedrinho só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede. No intervalo, Osmar Loss deve ter chamado a atenção dos jogadores e acertado o posicionamento, pois eles voltaram do vestiário esbanjando raça e concentração. E bastaram 50 segundos para, após passe de Mantuan, Carlinhos dominar a bola na entrada da área, tirar do goleiro e ampliar o marcador. Com o domínio da partida, aos 16 minutos, Carlinhos marcou o segundo dele e o terceiro do Corinthians. Mantuan deu belo lançamento para Fabrício Oya, que tocou para o centroavante, que driblou o goleiro e finalizou sem dificuldades. Já com Osmar Loss fazendo testes no jogo, aos 21 minutos da etapa final, Carlinhos driblou João Victor com o drible da vaca, cruzou para a área, Mantuan recebeu e chutou no ângulo do goleiro Lucas. Um golaço.
A partir daí, o técnico continuou a fazer teste e a dar rodagem a outros jogadores e o jogo tornou-se um treino para o Timão. 
Com o resultado, o Corinthians garantiu sua classificação antecipada à próxima fase junto com o Taubaté, que também venceu seus dois primeiros jogos no Grupo 17. 
Neste domingo, às 17:00 horas, os líderes se enfrentarão no estádio Joaquim de Moraes Filho, casa do Taubaté, com a vantagem do empate para a equipe de Parque São Jorge, que está à frente por causa do saldo de gols. Em 1º lugar na tabela, é importante manter-se na liderança para continuar jogando em Taubaté. 
Na tarde deste sábado, a equipe Sub-20 do Corinthians, devido ao mau tempo, precisou mudar seus planos na preparação para a terceira rodada da fase de grupos. Ao invés de treinar no campo do SESI Taubaté, como estava previsto, os atletas realizaram uma atividade na academia do hotel onde o grupo está hospedado. Os titulares da última rodada realizaram um trabalho regenerativo leve, enquanto os reservas e os não relacionados realizaram um treinamento de força. 
Confiante em mais uma vitória, estarei acompanhando o jogo com as imagens na televisão e o som na Rádio Coringão. (www.radiocoringao.com.br). 

Créditos e fontes de imagens e vídeo 
meutimao.com.br-Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians- Corinthians-meutimao.com.br-MAON 
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians-Corinthians-meutimao.com.br-Reprodução TV-meutimao.com.br-Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians- Corinthians-gazetaesportiva.com-MAON 
youtube.com/CAMFWAYNE WORLD-globo.com 
gazetaesportiva.com-MAON 
twitter.com/@Fiel_Torcida_-MAON

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

O massacre em Taubaté

Foi um verdadeiro massacre em Taubaté. O Pinheiro-MA quase não viu a cor da bola. Num jogo de ataque contra a defesa, vencemos de 6 a 0, mas poderia ser mais. Após um 1º tempo brilhante, na etapa final o Timãozinho tirou o pé, Osmar Loss mexeu no time para fazer testes e dar ritmo a outros jogadores e o adversário teve uma ligeira melhora. Com o jogo controlado e sem correr riscos, tinha mesmo que se poupar para o jogo de quarta feira à noite contra o Operário-MS. 
Gols
Os gols começaram a sair logo aos dois minutos de jogo.. Foram cinco no 1º tempo: Guilherme Romão, Carlinhos, Pedrinho, Mantuan, (2) e um, de pênalti, na etapa final, cobrado por Carlinhos. 
O jogo foi acompanhado por Fábio Carille, técnico do time principal, pelos seus auxiliares e pelo gerente de futebol, Alessandro. 
Pelo baixo nível técnico do adversário, a partida não ofereceu nenhuma dificuldade aos nossos garotos e serviu para dar ritmo de jogo à equipe alvinegra. Podemos dizer que foi um treino em situação de jogo. 
A goleada deixou o Timãozinho em 1º lugar no Grupo 17, com os mesmos 3 pontos do Taubaté, o 2º colocado. Na preliminar, o time anfitrião derrotou o Operário-MS por 1 a 0, com gol do meio-campista Gabryel.
O grupo 17 terá a sua segunda rodada na sexta-feira, 06/01. Enquanto o Pinheiro tentará se recuperar contra o Taubaté, o Corinthians enfrentará o Operário-MS, às 21:00 horas.

Créditos e fontes de imagens e vídeo
meutimao.com.br 
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/meutimao.com.br-MAON 
youtube.com/Esporte Notícia 2-globo.com

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Timãozinho estreia na Copinha

A 48ª edição da Copa São Paulo de Futebol Junior vai contar com a participação de 120 clubes, tornando-se a maior da história. Os clubes ficarão distribuídos em 30 cidades do estado de São Paulo, que sediarão os grupos da fase classificatória. Cada grupo terá 4 participantes. No ano passado 112 clubes participaram do torneio. Estão contempladas equipes de todas as unidades da federação e uma de fora do país: o Pérola Negra, do Haiti, que já havia participado na edição de 2016. Cada clube deve inscrever 25 jogadores e a competição pode receber até 3 mil atletas. A Copinha começa em 2 de janeiro e termina em 25 de janeiro, aniversário da capital paulista. 
Os dois melhores times de cada grupo avançarão para as etapas eliminatórias. Dos 60 times classificados, sobram 30, e os 15 vencedores irão para as oitavas de final junto com o eliminado de melhor campanha.
A Federação Paulista de Futebol ampliou para seis o número de substituições. Mas elas precisam ser feitas em até três paradas, para não acarretar em impacto no tempo de jogo.
O Corinthians está no grupo 17, sediado em Taubaté e fará sua estreia nessa 4ª feira, 04/01, às 18:45 horas, quando enfrentará o Pinheiro-MA, no Estádio Joaquim de Morais Filho, o Joaquinzão, em Taubaté (SP). O Timãozinho terá, também como adversários, o Operário-MS, (6ª feira, 06/01, às 21:00 horas) e o Taubaté, (domingo, 08/01, às 17,00 horas). 
Para a competição, o técnico Osmar Loss, convocou os seguintes jogadores:
Goleiros: Diego Riechelmann, Filipe e Luan
Zagueiros: Del’Amore, Franklin, João Victor e Thiago
Laterais: Carlos, Guedes, Guilherme Romão, Lucas Minele e Samuel
Volantes: Luisinho, Mantuan, Ralo, Renan Areias e Roni
Meias: Fabrício Oya, Marquinhos, Pedrinho e Vitinho
Atacantes: Carlinhos, Lucas Amorim, Matheus e Zé Gabriel
A arbitragem estará a cargo de:
Árbitro: Ricardo Bittencourt da Silva
Árbitro Assistente 1: Osvaldo Apipe de Medeiros Filho 
Árbitro Assistente 2: Vladimir Nunes da Silva 
Quarto Árbitro: Márcio André Moreira 
Maior ganhador da Copinha, com 9 títulos. o Corinthians vai em busca do decacampeonato. Com Loss, o Corinthians chegou às três últimas decisões da Copa São Paulo, perdendo para o Santos em 2014, derrotando o Botafogo-SP em 2015 e caindo nos pênaltis diante do Flamengo em 2016.
Com 10 jogadores remanescentes do time de 2016, Osmar Loss tentará seu último título no sub 20, pois, após o torneio, será auxiliar técnico de Fábio Carille no time profissional. Sucesso para ele e para os nossos garotos. 


Créditos e fontes de imagens
facebook.com/Renato Silva-EC Taubaté/globoesporte.globo.com-MAON 
Federação Paulista de Futebol-MAON
twitter.com/@_Fabriciooya-MAON