terça-feira, 31 de julho de 2012

Marcando bobeira

Lances do jogo
Não! Não me venham com essa que empate fora de casa é um bom resultado. No presente caso, foi mais uma empacada do que uma empatada. Sim, quando jogamos fora contra um time de nível semelhante, o empate pode ser considerado um bom resultado. mas, quando o adversário, além de ser técnica e taticamente inferior, tem um desfalque de 9 jogadores, inclusive de seus 2 expoentes máximos, (pasmem!) Souza e Lulinha, e mesmo assim empatamos, o resultado é péssimo. Não ganhamos 1 ponto, perdemos 2.
Não dá pra entender o que aconteceu. O time joga um bolão na 4ª feira contra um time bem mais articulado e bate cabeça no domingo contra um time fraco e desarticulado. Se tivéssemos jogado um terço do que jogamos contra o Cruzeiro teríamos ganho com folga. Time apático, desmotivado, disperso, desconcentrado, desatento, errando passes e finalizações. Pareciam estar de ressaca ou terem se empanturrado de vatapá e acarajé no almoço. 
O jogo me fez lembrar as peladas de de fins de semana, depois do churrasco regado a muita caipirinha e cerveja, ainda tão presente nas cidades do interior. Onde estavam aqueles jogadores guerreiros e lutadores que acabaram de ganhar a Libertadores? Será que ficaram em São Paulo e em vez do Timão mandaram pra Bahia o Corinthians Covers?
Na etapa inicial, apesar do futebol sem brilho, ainda tentaram fazer alguma coisa e teve um pênalti em cima do Romarinho, não assinalado pelo árbitro incompetente. Mas, no 2º tempo a maionese desandou, o leite derramou e o time apagou. Mesmo com 58% de posse de bola, o Corinthians não conseguiu a vitória. Errou muitos passes, (21,4%) e finalizações ( 6 certas, 7 erradas e nenhum gol).
Tite minimizou os erros, enalteceu o desempenho, justificou as falhas e achou que o Timão merecia ter ganho a partida.
Bastidores

Infelizmente, o desempenho do time não correspondeu ao entusiasmo, ao carinho e à alegria da torcida que, alucinada, tentava tocar nos jogadores como se toca em algo sagrado e divino. A Fiel merecia, pelo menos, uma goleada de 1 a 0.

Ficha Técnica - Bahia X Corinthians

Local: Estádio de Pituaçu, Salvador (BA)
Data: 29 de julho (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Márcio Eustáquio (Fifa-MG) e Fabiano Ramires (ES)
Assistentes adicionais: Rodrigo Nunes (BA) e Claudionor Junior (SE)
Cartões amarelos: Paulinho e Guerrero (Corinthians)
Bahia: Marcelo Lomba; Gil (Diones), Danny Morais, Titi e Ávine; Fahel, Fabinho, Hélder e Magno (Vander); Zé Roberto e Júnior (Rafael). Técnico: Caio Júnior
Corinthians: Cássio; Alessandro, Wallace, Paulo André e Fábio Santos; Paulinho, Ralf, Douglas (Ramírez) e Danilo; Romarinho (Guerrero) e Jorge Henrique. Técnico: Tite

Estatísticas

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br
globoesporte.com
globo.com
pedradeclariana.blogspot.com
passapalavra.info
meutimao.com.br
Rodrigo Coca /Agência Corinthians/globoesporte.com
TV Corinthians
TV Corinthians

sábado, 28 de julho de 2012

Bahia X Corinthians

video
Embalado pela vitória e pelo bom desempenho contra o Cruzeiro, o Corinthians enfrentará o Bahia, em Salvador, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2012. O adversário vem de uma vitória fora de casa, tendo saído da zona de rebaixamento, ao derrotar o Palmeiras por 2 a 0 na Arena Barueri.


Ficha Técnica - Bahia X Corinthians
Local: Estádio de Pituaçu, Salvador (BA)
Data: 29 de julho, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Márcio Eustáquio (Fifa-MG) e Fabiano Ramires (ES)
Assistentes adicionais: Rodrigo Nunes (BA) e Claudionor Junior (SE)
Bahia: Marcelo Lomba; Gil, Danny Morais, Titi e Ávine; Fahel, Fabinho, Diones (Hélder) e Zé Roberto; Vander e Júnior. Técnico: Caio Júnior
Corinthians: Cássio; Alessandro, Wallace, Paulo André e Fábio Santos; Paulinho, Ralf, Douglas e Danilo; Romarinho e Guerrero (Jorge Henrique). Técnico: Tite
O Corinthians terá três desfalques por lesão em sua equipe titular, Chicão, Émerson e Jorge Henrique, que voltou a sentir dores, além do reserva Edenilson. Wallace formará a zaga com Paulo André e o ataque será formado  por Romarinho e Guerrero, ficando Jorge Henrique como opção no banco de reservas. Douglas volta ao time, após ter cumprido suspensão no último jogo.
O Bahia não poderá contar com nove jogadores: 6 por lesão (Elias, Gabriel, Madson, Coelho, Jéferson e Mancine); 2 por suspensão (Ciro e Souza) e 1 por questão contratual (Lulinha).
video
Apesar dos nossos desfalques, menores que os do adversário, temos um time melhor qualificado e temos condições de voltar da Bahia com os 3 pontos. O que preocupa é a zaga, pois além de não possuir a mesma qualidade técnica do Chicão, Wallace é meio estabanado. Apesar de menos experiente, Marquinhos é mais técnico e mais centrado e seria uma opção mais confiável. No ataque, as mudanças são menos preocupantes, pois Romarinho tem atuado bem e Guerrero, nos poucos minutos que jogou, mostrou garra e habilidade. Mas, ainda sem estar em plenas condições, talvez não aguente jogar os 90 minutos.
video
Os jogadores estão motivados e dispostos a recuperarem os pontos perdidos no início do campeonato. Consciente da necessidade de correr atrás do prejuízo, de reajustar a equipe devido à troca de jogadores e às perdas eventuais por lesões e suspensões, Tite estipulou um plano de metas e tem procurado manter o mesmo esquema tático. Todos estão cientes de que o melhor preparo para o Campeonato Mundial é o bom desempenho no Campeonato Brasileiro. Por isso, ninguém pensa em jogar a toalha, mas sim em manter a concentração, o espírito de luta e a pegada.

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.com
Rodrigo Faber/globoesporte.com
gazetaesportiva.net
esporte.uol.com.br
Sérgio Barsaghi/Gazeta Press/gazetaesportiva.net
globoesporte.com
globoesporte.com
globoesporte.com
TV Lance/gazetaesportiva.net
facebook.com/fotos do mural

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Superando a ressaca e retomando a pegada


Melhores momentos
Foi um jogo pra ninguém botar defeito e o placar não condiz com o futebol jogado pelo Corinthians. Foi 2 a 0, fora o baile. O Cruzeiro até tentou reagir, mas sucumbiu diante de um time concentrado, consciente e melhor preparado. Ensaiaram até uns lances de MMA e o árbitro, complacente até demais, deixou passar. Até o treinador deles concordou que a arbitragem errou ao não dar o 2º cartão amarelo para o Sandro Silva, que cometeu o pênalti no Jorge Henrique.
O Timão foi superior ao Cruzeiro em todo o jogo e se não fosse a boa atuação do goleiro Fábio e os gols perdidos pelo Romarinho e pelo Émerson, poderia ter saído uma goleada. Bem marcado, Montillo não conseguiu armar o time e Borges e Wellington Paulista foram totalmente anulados.
Jorge Henrique, preciso na marcação, infernizou a defesa cruzeirense e acabou sofrendo o pênalti, que deu origem ao gol do Chicão. A dupla de volantes, Ralf e Paulinho, anulou o meio campo mineiro e Danilo, descansado, foi um dos destaques, marcando muito, armando o time e chegando ao ataque. E a defesa, retomando a consistência anterior, não deixou passar nada.
Gols



Aos 41 minutos do 2º tempo Tite promoveu a estreia do peruano Paolo Guerrero, que substituiu Émerson, que ainda não conseguiu demonstrar o bom futebol da Libertadores. Apesar de ter atuado pouco tempo, o peruano agradou o técnico, que elogiou sua disposição, boa vontade e espírito de luta. O jogador, cuja estreia foi notícia em seu país, ficou impressionado com a torcida e elogiou a atuação da Fiel.




E não poderia ser diferente, pois, apesar do péssimo horário e mesmo não sendo um clássico nem uma decisão, a Fiel compareceu e apoiou o time durante todo o jogo.
Após o jogo, torcida, jogadores e técnicos ficaram satisfeitos com o desempenho, como pode ser visto nas entrevistas abaixo. Paulinho, pela sua atuação, pelo gol que fez e por ser o aniversariante do dia foi o mais requisitado para entrevistas e o maior alvo das homenagens da torcida.


Paulinho
video

Homenagem da torcida

video
Tite
video
Paulinho - Cássio - Tite
Parece que finalmente foi decretado o fim da ressaca da Libertadores e o time está retomando o bom padrão de jogo exibido no campeonato continental. Aos poucos está recuperando os pontos perdidos e se aproximando da parte superior da tabela, apesar das mudanças no elenco. O importante é que todos compreenderam que o melhor preparo para a disputa do título mundial é jogar bem no campeonato nacional. E que para isso tem que manter a concentração  e retomar a pegada demonstrada na Copa Libertadores.
Ficha Técnica - Corinthians 2 x 0 Cruzeiro 
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 25 de julho de 2012 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília) 
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Nadine Schram Câmara Bastos e Kleber Lúcio Gil (ambos de SC)
Cartões amarelos: Paulo André e Alessandro (Corinthians); Sandro Silva, Ceará e Léo (Cruzeiro)
Gols: Corinthians: Chicão (pênalti), aos 22 minutos do primeiro tempo; Paulinho, aos 47 minutos do segundo tempo
Público: 28.759 pagantes
Renda: R$ 891.923,00
Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Jorge Henrique, Romarinho (Edenílson) e Emerson (Guerrero). Técnico: Tite
Cruzeiro: Fábio; Ceará (Marcelo Oliveira), Mateus, Léo e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Sandro Silva (Fabinho)(Souza), Willian Magrão e Montillo; Borges e Wellington Paulista. Técnico: Celso Roth
Estatísticas
Eventos

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br
globoesporte.com
sportv.globo.com
globoesporte.com
Ari Ferreira/lancenet.com.br
globoesporte.com
sportv.globo.com
globoesporte.com
lancenet.com.br
Ari ferreira/lancenet.com.br
Sabrina Ribeiro de Camargo/facebook.com/fotos do mural
sportv.globo.com
globoesporte.com
TV Lance/lancenet.com.br
TV Corinthians
republicadocorinthians.wordpress.com
esporte.uol.com.br
esporte.uol.com.br

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Corinthians X Cruzeiro


video

Depois da empacada diante da Lusa, o Corinthians vai em busca da recuperação no Campeonato Brasileiro diante do Cruzeiro no Pacaembu. Enquanto o adversário tenta se aproximar do topo da tabela, o Timão corre atrás do prejuízo para entrar na briga pelo título. Pagando o preço por ter priorizado a Libertadores, com o time se reajustando devido algumas trocas no elenco, o próximo jogo é decisivo para o time embalar de vez.



Ficha Técnica - Corinthians X Cruzeiro 
Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data e hora: 25/7/2012, às 21h50 
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS) 
Auxiliares: Nadine Schram Camara Bastos (Asp. Fifa-SC) e Kleber Lúcio Gil (Asp. Fifa-SC) 
Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Romarinho; Emerson Sheik e Jorge Henrique. Técnico: Tite. 
Cruzeiro: Fábio, Ceará, Léo (Mateus), Rafael Donato e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Willian Magrão, Tinga (Sandro Silva) e Montillo; Borges (Anselmo Ramon) e Wellington Paulista. Técnico: Celso Roth.



O Corinthians jogará quase completo. Danilo e Alessandro, poupados no jogo anterior para prevenir lesões, voltam ao time e a única baixa no time titular é Douglas, suspenso por ter recebido o 3º cartão amarelo. Tite armou o time no esquema 4 2 3 1, sem pivô, mas com Émerson que se desloca, com dois jogadores de velocidade, Jorge Henrique e Romarinho e com Danilo na armação.



Entrevista do Tite

video

Mas, a grande novidade é a presença de Paolo Guerreiro no banco de reservas, que poderá fazer sua estreia, caso haja necessidade de um homem de referência na área. 
Do lado do Cruzeiro, Celso Roth ainda tem algumas dúvidas na escalação. Borges com dores no joelho, Léo se recuperando de lesão e Tinga resfriado são dúvidas. Alex Silva está lesionado e Charles suspenso.


A volta de Alessandro e Paulo André readquirindo ritmo de jogo e mais entrosado com Chicão, dão mais consistência à defesa corinthiana, que precisa estar atenta com a rapidez de Wellington Paulista. Nos últimos jogos a nova zaga já demonstrou maior entrosamento e o fato de todo o time participar da marcação, muito contribui para essa maior consistência.
Jogando em casa, com o apoio da torcida e com o time quase completo, o Corinthians tem plenas condições de fazer desse jogo a retomada de uma trajetória vencedora e vitoriosa.

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.com
globoesporte.com
gazetaesportiva.net
globoesporte.com
esporte.uol.com.br
gazetaesportiva.net
topicos.estadao.com.br
globoesporte.com
globoesporte.com
corinthianos-10.blogspot.com

terça-feira, 24 de julho de 2012

Ora pois...Só a torcida foi no embalo - O time empacou... e só empatou


A bacalhoada veio muito azeitada e acabamos tendo um empate indigesto. Povoando o meio campo da Lusa, o Geninho deixou nossos atacantes isolados e o Émerson até reclamou que a bola não chegava. O 1º tempo foi todo deles e fomos pro vestiário perdendo por 1 a 0. Edenilson, voltando de cirurgia, ainda fora de forma e sem ritmo de jogo, pouco produziu, nossos laterais pouco ajudaram na armação e sem a boa atuação do Danilo, Douglas perdeu um pouco sua referência e foi obrigado a lançar direto para Émerson e Romarinho. Mas o meio campo congestionado da Lusa dificultava a armação. Tite tentou algumas mudanças, invertendo posições, mas o time estava meio travado, meio empacado, errando passes e finalizações.
No 2º tempo o Corinthians melhorou muito. Tite substituiu Edenilson por Jorge Henrique e logo no início, Douglas empatou numa bela cobrança de falta. Apesar da superioridade na etapa final, o resultado não se alterou, pois do outro lado, um velho conhecido nosso muito catou. Além disso, erramos muitas finalizações, nossos atacantes foram fominhas, deixando de passar a bola para um companheiro melhor posicionado e Douglas mandou uma bola no travessão. 
Se  o 1º tempo foi deles, o 2º, pelo que o time jogou e pelas oportunidades que criou foi nosso. Mas, como no futebol o que vale é bola na rede, o jogo acabou empatado e perdemos dois  preciosos pontos.
Entrevista do Tite
video
Embora tenha considerado o resultado justo, o técnico Tite afirmou que pelas oportunidades que criou e pela sua atuação no 2º tempo, o Corinthians merecia ganhar o jogo.
Sensacional foi a participação da torcida, que apesar do frio e do horário do jogo compareceu em peso para apoiar o time. Com um público de 31.106 pagantes (total de 33.186), a renda corintiana superou em R$ 376 mil a soma de jogos noturnos de sábado, conforme informação do site da Folha de São Paulo de 2ª feira, 23/07/2012 http://www1.folha.uol.com.br/esporte
Ficha Técnica - Corinthians 1 X 1 Portuguesa
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 21 de julho de 2012, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Marcio Luiz Augusto e Bruno Rizo (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Flávio Guerra e Marcelo Aparecido (ambos de SP)
Público: 31.106 pagantes (total de 33.186)
Renda: R$ 991.425,00
Cartões amarelos: Douglas e Romarinho (Corinthians); Héverton e Luís Ricardo (Portuguesa)
Gols: Corinthians: Douglas, aos 4 minutos do segundo tempo; Portuguesa: Héverton, aos 29 minutos do primeiro tempo
Corinthians: Cássio; Welder, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho (Cachito Ramírez), Douglas e Edenílson (Jorge Henrique); Romarinho e Emerson (Adílson). Técnico: Tite
Portuguesa: Dida; Luís Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Léo Silva, Guilherme e Moisés; Héverton e Diego Viana (Rodriguinho). Técnico: Geninho
Estatísticas
 Eventos

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br
globoesporte.com
sportv.globo.com
gazetaesportiva.net
domingossccp.blogspot.com
TV Lance/lancenet.com
Sabrina Ribeiro de Camargo/facebook.com/fotos do mural
domingossccp.blogspot.com
domingossccp.blogspot.com
esporte.uol.com.br
esporte.uol.com.br

sábado, 21 de julho de 2012

Corinthians X Portuguesa


Embalado por duas vitórias, uma em casa e outra fora, o Corinthians enfrentará hoje à noite o time da Lusa no Pacaembu. Com a volta de quase todos os titulares, o Timão vai em busca de mais três pontos para recuperar os pontos perdidos no início do Brasileirão, quando a prioridade era a conquistar o título da Libertadores.


Ficha Técnica - Corinthians X Portuguesa 
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) 
Data: 21 de julho de 2012, sábado 
Horário: 21 horas (de Brasília) 
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP) 
Assistentes: Marcio Luiz Augusto (SP) e Bruno Rizo (SP) 
Assistentes adicionais: Flávio Guerra (SP) e Marcelo Aparecido (SP) 
Corinthians: Cássio; Welder, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Paulinho, Ralf e Douglas; Edenílson, Romarinho e Emerson. Técnico: Tite 
Portuguesa: Dida; Gustavo, Lima e Valdomiro; Luís Ricardo, Guilherme, Léo Silva, Moisés e Marcelo Cordeiro; Héverton e Diego Viana. Técnico: Geninho 
Além dos titulares, também foram relacionados para o jogo e estão concentrados Danilo Fernandes, goleiro; Alessandro e Denner, laterais; Wallace e Marquinhos, zagueiros; Ramires e Giovanni, meias e Jorge Henrique e Adilson, atacantes.


No Corinthians duas novidades em relação ao time que venceu o Flamengo. Danilo e Alessandro serão poupados para evitar lesões, sendo que o meia nem foi relacionado. Serão substituídos, respectivamente por Edenilson, recuperado de cirurgia, e Welder. 
Enquanto o Corinthians busca o embalo necessário para superar o mau rendimento das primeiras rodadas do Brasileiro, a Portuguesa tenta se reorganizar em campo para não entrar de vez na briga contra o rebaixamento. Derrotada por 2 a 0 pelo Cruzeiro, na última quarta-feira, a equipe caiu para a 16ª colocação e agora soma os mesmos oito pontos do Figueirense, primeiro integrante da degola.

Treino do Corinthians
video
Treino da Portuguesa
video
Este jogo terá o reencontro do Dida, ex goleiro do Timão e detentor de vários títulos com a camisa alvinegra, com a equipe corinthiana, agora do outro lado, na defesa do gol adversário.
Entrevista de Cássio
video

Cássio, atual goleiro do Corinthians, é um admirador do Dida e teve nele uma de suas referências na posição. Em entrevista, ratificou sua admiração e disse que pretende trocar de camisa com ele.

Pelas condições das duas equipes, o Corinthians tem mais condições de sair vitorioso. Pelos desfalques que apresenta e pelos resultados obtidos no campeonato, o adversário já afirmou que o empate é um bom resultado. Mas, isso não significa que a partida está ganha. O Corinthians tem que entrar focado, concentrado e sem displicência. Viu Émerson! Tem que manter a pegada da Libertadores e não marcar bobeira.


Créditos e fontes de imagens
globoesporte.com
globoesporte.com
esporte.uol.com.br
pop.com.br
gazetaesportiva.net
gazetaesportiva.net
globoesporte.com
facebook.com/fotos do mural
lanceactivo.com.br