segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Colhendo o que plantou - Vamos pra repescagem - Ops... Pré Libertadores

 
A última coisa que eu espero de um campeonato é comemorar vaga em outro
(Larissa Beppler)
O Corinthians até que jogou bem, venceu o rebaixado Criciúma por 2 a 1, mas não se livrou da repescagem para a Copa Libertadores. E não adianta xingar o árbitro do jogo do Internacional. Não fizemos a nossa parte, titubeamos diante de times rebaixados, perdemos pontos para os colocados na parte inferior da tabela, recuamos em muitos jogos, fomos displicentes em outros e estamos colhendo o que semeamos. Se o Corinthians fez sua parte no último jogo, não fez durante o ano todo e num campeonato de pontos corridos, os pontos perdidos interferem e são determinantes no resultado final. 
De positivo, a recuperação parcial do time no 2º turno, onde tivemos o melhor desempenho do campeonato, embora a goleada sofrida diante do Fluminense tenha sido decisiva para nos colocar no 4º lugar e tirar a vaga direta na fase de grupos do torneio continental.
Sobre o jogo, apesar de ter errado muitos passes, (49), e ter levado um gol, o Corinthians foi superior ao adversário. Com um time recheado de garotos, com muita energia e vontade, o Criciúma partiu para a correria, mas o Timão fez valer sua superioridade técnica e a experiência de seus jogadores. As jogadas mais perigosas foram sempre do Corinthians, que finalizou 23 vezes contra apenas 6 do Criciúma. Das finalizações alvinegras, duas foram gols, 3 na trave, 5 bloqueadas, 7 defendidas e 6 para fora. Das do adversário, uma foi gol e 5 foram para fora. O placar final poderia ser maior se nossos jogadores tivessem os pés mais calibrados, chutassem mais forte para dificultar as defesas do goleiro e não tivéssemos vacilado nas bolas paradas. Além de desperdiçarmos os escanteios e faltas a nosso favor, levamos mais um gol de bola parada, num vacilo do Fábio Santos e do Cássio.
Nas substituições, Mano Menezes errou ao trocar Malcom por Jadson e acertou ao substituir Petros por Danilo. Malcom movimentou-se bem, fez boas jogadas e era um dos melhores em campo, infernizando a defesa adversária, embora tenha falhado nas finalizações, fundamento que precisa evoluir muito. Jadson não justificou sua presença em campo. Petros, apesar de ter chegado ao ataque e ter feito a jogado do gol do Elias, já tinha cartão e estava muito nervosinho, procurando encrenca. Danilo, com sua tranquilidade, segurança e experiência, segurou mais a bola, melhorou a qualidade do passe e a la Sócrates, deu o passe de calcanhar para o Fábio Santos desempatar a partida. Elias fez um bom primeiro tempo, lembrando o Elias de 2010, apareceu de surpresa na área e abriu o placar, mas caiu de produção no 2º tempo. 
Foi o último jogo do Mano Menezes no Timão, técnico que não foi brilhante, mas que serviu para fazer a limpa do elenco acomodado, que dormindo sobre as conquistas de 2012, teve péssimo desempenho em 2013, inclusive com o time beirando a zona de rebaixamento no campeonato Nacional. Mesmo com a desclassificação precoce no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil e apesar da goleada sofrida diante do Fluminense e da típica retranca do futebol gaúcho, o técnico conseguiu acertar o time, que teve o melhor desempenho no 2º turno. Por isso, embora tenha sua parcela de responsabilidade pelo 4º lugar no Brasileirão e pela necessidade de disputar a repescagem do torneio continental, os jogadores também são responsáveis, pois muitos foram displicentes e em alguns jogos atuaram sem raça e sem determinação, subestimando os adversários e achando que ganhariam o jogo na hora que quisessem.
Se o resultado obtido no ano não foi o esperado e esteve muito aquém de nossas expectativas, ele reflete a irregularidade e as contradições do time durante toda a temporada, bem como o mau planejamento para o ano, onde o clube falhou, principalmente por não contratar jogadores para repor posições chaves do elenco. Além disso, pagamos, também o preço da acomodação de alguns jogadores e da pouca qualidade de outros, que não apresentam um mínimo de condições de jogar no Corinthians.
Queiramos ou não, gostemos ou não, disputar a repescagem para o torneio continental, eufemisticamente chamada de Pré Libertadores, foi o que nos restou. Mas, se não reforçarmos o elenco, corremos o risco de passar vergonha e de nem chegarmos à fase de grupos. E, se passarmos, ficar pelo caminho. Precisamos, pelo menos de um zagueiro e de dois atacantes, além de melhores reservas para as laterais. E que o Elias resgate seu bom futebol, que o Jadson seja o Jadson do Paulistão e que o Lodeiro justifique sua contratação. 
Melhores momentos
Gols
Ficha Técnica - Corinthians 2 X 1 Criciúma
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP) 
Data: 6 de dezembro de 2014, sábado
Horário: 16:30 horas
Árbitro: Dewson Fernando de Freitas da Silva – PA (ASP – FIFA)
Árbitro Assistente 1: Cleriston Clay Barreto Rios – SE (FIFA)
Árbitro Assistente 2: Marcio Gleidson Correia Dias – PA (ASP – FIFA)
Quarto Árbitro: Thiago Duarte Peixoto – SP (CBF – 1)
Árbitro Assistente Adicional 1: Antonio Denival de Moraes – PR (CBF – 1)
Árbitro Assistente Adicional 2: Rodolpho Toski Marques – PR (CBF – 1)
Delegado: Márcio Verri Brandão – SP (ASS)
Cartões amarelos: Petros, Elias (Corinthians); Rafael Pereira, Barreto (Criciúma) 
Público: 38.044 pagantes (total de 38.413)
Renda: R$ 2.753.362,50
Gols: Corinthians: Elias, aos 26 minutos do primeiro tempo. Fábio Santos, aos 26 minutos do segundo tempo; Criciúma: Roger Guedes, aos 15 minutos do segundo tempo
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias (Bruno Henrique), Petros (Danilo) e Renato Augusto; Malcom (Jadson) e Guerrero; Técnico: Mano Menezes
Criciúma: Bruno (Edson); Maicon Silva, Joílson, Iago Maidana e Giovanni; Rafael Pereira, Barreto e Ricardinho (Douglas); Roger Guedes, Gustavo (Gabriel) e Lucca; Técnico: Luizinho Vieira

Créditos e fontes de imagens e vídeos
facebook.com/Cris Girao
globoesporte.globo.com
Daniel Augusto Júnior/corinthians.com.br
Daniel Augusto Júnior/corinthians.com.br
Daniel Augusto Júnior/corinthians.com.br
Fernando Dantas/Gazeta Press/gazetaesportiva.net
twitter.com/@blogdosilvinho
globo.com/youtube.com
sportv.globo.com/youtube.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário