quarta-feira, 27 de maio de 2015

Não venceu nem convenceu - Mas deu muito sono - E raiva

A foto acima retrata o que foi o último jogo do Corinthians. Nem o ídolo Rivelino aguentou ver o jogo. E bocejou... E cochilou...
Mas o maior cochilo foi o dos times no gramado. Parece que ninguém queria jogar futebol, só queriam ver o tempo passar e o jogo acabar.
No 1º tempo, o Corinthians com mais posse de bola, não sabia o que fazer com ela, e continuou não sabendo na etapa final. Somente a defesa funcionou e Cássio nos salvou várias vezes, garantindo o empate. No mais, nada de criação, raras finalizações e perda de gol até sem goleiro. Emerson e Guerrero, totalmente desconcentrados, e, possivelmente, já focados em negociar com outros times, demonstraram já estarem fora do Corinthians e que apenas cumpriam tabela. As substituições, tardias e nem todas adequadas, não surtiram efeito. 
Resumindo: foi um jogo xoxo, morno, com uma arbitragem tendenciosa, sem pegada, com o resultado garantido pelo Cássio. Na realidade, com o empate ficamos no lucro.
Ficha técnica: Fluminense 0 x 0 Corinthians
Local:
Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 24 de maio de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes - SC (FIFA)
Árbitro Assistente 1: Alessandro Rocha de Matos - BA (FIFA)
Árbitro Assistente 2: Fabrício Vilarinho da Silva - GO (FIFA)
Quarto árbitro: João Batista de Arruda - RJ (CBF-1)
Delegado: Sérgio Cristiano Nascimento - RJ (ASS)
Público: 14.932 pagantes (total de 17.419)
Renda: R$ 645.225,00
Cartões amarelos: Renato e Gum (Fluminense); Jadson e Petros (Corinthians)
Fluminense: Diego Cavalieri; Renato (Wellington Silva), Gum, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Gerson (Magno Alves), Wagner e Vinícius (Lucas Gomes); Fred; Técnico: Enderson Moreira
Corinthians: Cássio; Edílson, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique (Elias), Petros, Jadson (Danilo) e Mendoza (Emerson); Guerrero; Técnico: Tite

Créditos e fonte de imagem
globoesporte.globo.com
globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário