segunda-feira, 24 de abril de 2017

A caminho da Ponte

Melhores momentos
Mesmo sem apresentar um futebol bonito e com algumas oscilações, estamos na final do Campeonato Paulista. A quarta força superou a primeira, a segunda, a terceira e vai enfrentar a Macaca na decisão do Paulistão, a mesma Macaca que devorou a Baleia e derrubou a porcada da Ponte. Para quem começou a temporada desacreditada, chegar a final foi um cala boca na imprensa anti e nos secadores de plantão. 
Após vencer o São Paulo por 2 a 0 no Morumbi, o Timão empatou em casa por 1 a 1, carimbando o passaporte para a final, que será disputada em dois jogos, o primeiro no dia 30 de abril, domingo, às 16:00 horas, no estádio Moisés Lucarelli em Campinas, e o segundo no dia 07 de maio, domingo, às 16:00 horas, na Arena Corinthians, em Itaquera. 
Precisando da vitória para se classificar, o São Paulo foi mais ofensivo, mas embora com maior posse de bola, pecou pela desorganização e teve dificuldades na criação, o que levou o time a apelar para chuveiradas na área alvinegra. Nervosos, os tricolores abusaram da violência, irritando os corinthianos que, infelizmente, entraram na pilha adversária, o que resultou em alguns cartões amarelos. 
Mais organizado e bem defensivamente, o Corinthians optou em esperar o adversário e sair no contra ataque. Mas, não conseguiu ser brilhante como foi no Morumbi. Se foi bem nos desarmes, (26), errou muitos passes (59), finalizações (duas certas e 6 erradas), cruzamentos (2 certos e 8 errados) e lançamentos (16 certos e 26 errados). E bobeou no gol deles. Moisés perdeu a bola, Thiago Mendes lançou-a para Pratto, nossa defesa chegou atrasada e levamos o empate. 
Gols
O gol corinthiano saiu aos 46 minutos da etapa inicial. Jadson cobrou falta, Pratto tentou afastar e a bola sobrou para o Jô que mandou para o fundo da rede. Os tricolores reclamaram de impedimento, mas como Luccas Pratto, deliberadamente, tocou na bola, sua ação quebrou o impedimento. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/jo-estava-impedido-quando-fez-o-gol-veja-o-que-dizem-a-regra-e-os-especialistas.ghtml 
Com o resultado o Corinthians classificou-se para a final e manteve o tabu de nunca ter perdido para o São Paulo em Itaquera e, pela 7ª vez, eliminou os tricolores em mata mata. 
Pela primeira vez no ano, Carille terá uma semana inteira para treinar. É importante que aproveite o tempo para corrigir as falhas, treinar os fundamentos e recuperar os jogadores mais desgastados. E que o preparo seja efetivo porque na final o Timão irá enfrentar um adversário mais organizado e melhor preparado que os anteriores. 
Entrevista do Carille
Bastidores

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
globoesporte.globo.com-Djalma Vassão/Gazeta Press-MAON 
youtube.com/iFut Brasil-globo.com
@Patrick.sccp/meutimao.com.br-Djalma Vassão/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-MAON 
youtube.com/Edited Channel 
youtube.com/Os Donos da Bola 
youtube.com/Corinthians 

Nenhum comentário:

Postar um comentário