quinta-feira, 6 de abril de 2017

Bom resultado. Desempenho nem tanto.

Valeu o resultado que nos faz esperar no Chile um jogo menos dramático e uma partida mais tranquila. É certo que não tem nada ganho, mas basta não levar gol para garantir a classificação e se conseguir marcar no estádio do rival, tudo ficará mais tranquilo e favorável. Em Itaquera, o Universidade de Chile não se intimidou, assumiu a iniciativa do jogo, teve mais posse de bola, criou várias oportunidades, mas não foi capaz de aproveitá-las e transformá-las em gol, em parte pela ação da defesa corinthiana. O Corinthians, com uma postura reativa, nem parecia estar jogando em casa até que num bate e rebate na área chilena aconteceu o gol que veio dar tranquilidade ao alvinegro e confiança ao time que voltou melhor no segundo tempo, melhorando o seu desempenho. Os chilenos sentiram o cansaço da intensidade do primeiro tempo, os corinthianos imprimiram maior dinamismo às suas ações, melhorando a troca de passes e a atuação do meio campo e sendo mais eficientes nos contra ataques. E assim saiu o 2º gol. E poderiam ter saído outros, se houvesse maior frieza e precisão nos arremates finais. 
Gols
O primeiro gol foi marcado aos 41 minutos do primeiro tempo, numa jogada que envolveu Jadson, Romero, Maycon, Jô, Arana, Gabriel, a zaga adversária, a trave, defesas do goleiro Herrera e terminou com o chute certeiro de Rodriguinho para abrir o placar em Itaquera. O segundo aconteceu aos 24 minutos da etapa final. Jadson bateu falta, Jô desviou de cabeça para Rodriguinho que, na entrada da área, com um simples toque devolveu para Jadson mandar para o fundo da rede. Um golaço! 
Com o resultado, o Corinthians joga a partida de volta, dia 10 de maio, no Chile, com a vantagem de poder até perder por um gol de diferença para avançar à segunda fase da Copa Sul-Americana. Se fizer ao menos um gol, o Timão obriga os chilenos a vencerem por quatro tentos de diferença. Caso os adversários triunfem por 2 a 0, a decisão irá para as penalidades. 
Antes desse jogo decisivo, o Timão terá o confronto contra o Botafogo-SP, pela volta das quartas de final do Campeonato Paulista, no domingo, também em Itaquera, além de dois jogos com o Internacional, válidos pela quarta fase da Copa do Brasil, marcados para os dias 12 e 19 deste mês.
Lamentável no jogo foi o comportamento da torcida visitante quebrando cadeiras e atirando-as nos corinthianos e na polícia, além de depredarem o setor a ela reservado e um dos banheiros. O fato resultou em forte repressão policial, torcedores e policiais feridos e 24 torcedores presos. 
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 2 X 0 Universidad de Chile
Local: Arena Corinthians em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 5 de abril de 2017, quarta-feira
Horário: 21:45 horas (de Brasília)
Árbitro: Dario Herrera (ARG)
Árbitro Assistente 1: Ezequiel Brailovsky (ARG)
Árbitro Assistente 2: Ariel Scime (ARG)
Quarto Árbitro: Fernando Espinoza (ARG)
Público: 22.661 pagantes
Renda: R$ 982.780,90
Cartões amarelos: Guilherme Arana, Léo Príncipe e Jadson (Corinthians); Castellanos (Universidad)
Gols: Corinthians: Rodriguinho, aos 41 minutos do primeiro tempo, e Jadson, aos 24 minutos do segundo tempo
Corinthians: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Rodriguinho (Clayton), Jadson (Pedrinho) e Romero (Camacho); Jô; Técnico: Fábio Carille
Universidad de Chile: Johnny Herrera; Rodríguez, Vilches, Jara e Schultz; Reyes, Espinoza (Pizarro) e Lorenzetii; Rozas (Ontivero), Ubilla (Castellanos) e Mora; Técnico: Guillermo Hoyos
Entrevistas

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
globoesporte.globo.com-Mauro Horita/Gazeta Press-MAON 
Gil Guzzo/Mafalda Press/Gazeta Press-Luís Moura/Wpp/Gazeta Press-MAON 
youtube.com/CAMFWAYNE WORLD-foxsports.com.br
youtube.com/Ligados no Timão-foxsports.com.br 
youtube.com/Os donos da Bola BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário