segunda-feira, 14 de abril de 2014

Comentando

Só treinando
Com uma inter temporada forçada, o Corinthians aproveitou para treinar o posicionamento com dois meias, entrosar o grupo, corrigir os erros e se preparar para o início do Brasileirão e a continuidade da Copa do Brasil. Frustrando a torcida, não conseguiu viabilizar os amistosos desejados e realizou apenas jogos treinos no CT Dr Joaquim Grava, apenas para a imprensa. Nos dois jogos realizados, venceu os fracos adversários, a Ponte Preta por 2 a 0 e o Grêmio Osasco Audax por 2 a 1.
Só deu Romarinho 
Em ambos os jogos, mesmo não sendo contra os porquinhos, brilhou a estrela do Romarinho. Fez o gol dos titulares contra a Macaca, (o dos reservas foi do Felipe) e os dois contra o Osasco Audax. Goleador máximo da equipe de Mano Menezes em 2014, com oito gols em jogos oficiais, o atacante aproveitou falhas do Audax e definiu a vitória no jogo-treino. Um erro na saída de bola do Audax deu origem ao primeiro gol, quando Romarinho roubou a bola após um descuido do zagueiro e tocou na saída do goleiro, fazendo 1 a 0, no início do segundo tempo. Pouco depois, Ítalo empatou para o Audax. Mano Menezes mexeu na equipe e Malcom substituiu Luciano, Zé Paulo entrou na vaga de Jadson, e Petros, estreante, na de Renato Augusto. Com essa formação, o Corinthians chegou ao segundo gol, aos 39 minutos, quando o Audax voltou a errar na saída. Guilherme roubou a bola na intermediária e deu bom passe para Romarinho, que mais uma vez tocou na saída do goleiro.

Reforços chegando
Destaque do Penapolense no Paulistão, o meio campista Petros, de 24 anos, chegou ao Timão prometendo muita garra e doação ao time. Cheio de confiança, o volante, que se considera bom se passe e com facilidade de chegar bem ao ataque, vem para para disputar posição no meio campo. Ferrugem, lateral direito e volante, um dos destaques da Macaca no Paulistão, é outro reforço do Corinthians para a temporada. Meio campista de origem, ele chegará para brigar por uma posição na lateral direita com Fagner, atual titular da posição e, também poderá ser utilizado como reserva de Ralf.
A volta do filho pródigo
"Eu voltei agora pra ficar
Porque aqui, aqui é meu lugar
Eu voltei pras coisas que eu deixei
Eu voltei
(...)
Onde andei não deu para ficar
Porque aqui, aqui é meu lugar
Eu voltei pras coisas que eu deixei
Eu voltei"
Com juras de amor ao Timão e disposto a assinar um contrato de 10 anos, assim chegou o Elias, em sua volta ao Corinthians. Embora sem sirene tocando, não deixou de ter uma recepção de pop star, com direito à presença de vários diretores, de entrevista com 35 torcedores selecionados através do Programa Fiel Torcedor e sala da imprensa lotada. Após tumultuada negociação com o Sporting de Portugal e por um custo maior que o preço de sua venda ao Atlético de Madri, ele chegou para ser protagonista e qualificar o meio campo. Por ter perdido o prazo da janela de transferência de jogadores do exterior, ele só poderá ser utilizado em jogos oficiais com a abertura da janela, após o término da Copa do Mundo. Sem jogar desde o término do Brasileirão 2013, ficará cerca de 8 meses apenas treinando. Apesar de bom jogador, de ser muito corinthiano, de ter muita garra e dedicação, não é um jogador excepcional e a falta de ritmo de jogo atrapalhará muito seu desempenho nos seus primeiros jogos. Tomara que seu retorno corresponda às expectativas da comissão técnica e da torcida.
Enquanto uns chegam, outros vão embora
Em continuidade à reformulação do elenco corinthiano, que se iniciou pela troca do técnico Tite pelo Mano Menezes, outros jogadores estão deixando o Corinthians. Fora dos planos da comissão técnica, Émerson Sheik, o herói da Libertadores e Rodriguinho, pouco aproveitado pelo Tite e sem chances com o Mano, foram emprestados, respectivamente, para o Botafogo e para o Grêmio. Para conseguir se livrar do atacante, assim como faz com Alexandre Pato e Douglas, o Timão continuará pagando metade do seu salário. Estranha política essa, de pagar para reforçar os adversários. Na verdade, paga-se o preço da incompetência das contratações e renovações equivocadas. Quanto ao polêmico Sheik, lamento o fato de, após ter nos dado tanta alegria, ter caído de produção e não marcar um gol desde outubro. Embora indisciplinado, enquanto rendeu em campo, seus pecados sempre foram relevados pelo clube e pela torcida. Creio que se estivesse fazendo gols, quase ninguém estaria preocupado com seus atrasos, com seu selinho no amigo nem com suas baladas. Tinha tudo para tornar-se um ídolo. Não sei se foi o extra campo que interferiu na queda do seu desempenho e acho estranho a repetição do que ocorre com ele em diferentes clubes. Chega, faz gols, ganha títulos, conquista a torcida e não mais consegue se manter no time. Lamento pelo jogador, mas, principalmente, pelo ser humano Márcio Passos de Albuquerque.

Entrega da Arena Corinthians pela Odebrecht e retomada da construção das arquibancadas provisórias
Na próxima terça-feira, dia 15 de abril, será feita, pela Odebrecht, a entrega da Arena Corinthians para o clube, embora os trabalhadores ainda continuarão trabalhando na finalização dos últimos detalhes da obra. Se o laudo do Corpo de Bombeiros sair em tempo hábil, o Corinthians fará no dia 23/04 seu 1º evento com a torcida, com vários jogos ao longo do dia, envolvendo atletas e ex-atletas do clube. Esse evento terá no máximo 20 mil pessoas na Arena. O que será entregue ainda não contempla as arquibancadas provisórias e nem as estruturas temporárias exigidas pela Fifa para que o estádio abrigue o jogo de abertura da Copa do Mundo. Com todos os equipamentos de segurança instalados, foram liberadas pela Superintendência do Ministério do Trabalho, as obras de construção das arquibancadas provisórias para a Copa do Mundo 2014, que haviam sido paralisadas depois da morte do operário Fabio Hamilton da Cruz, de 23 anos, que caiu de uma altura de cerca de oito metros no último dia 29 de março. Apesar da torcida ininterrupta do Fiel Secador, vai ter Copa e sua abertura será em nossa casa, na Arena Corinthians, em Itaquera, em nossa querida Zona Leste.
Copa do Brasil
Após eliminar o Bahia da Feira na 1ª fase da Copa do Brasil, o Corinthians enfrentará o Nacional nos dias 23/04 (em Manaus) e 30/04 (em São Paulo). A 1ª partida será na Arena da Amazônia, estádio da capital amazonense para a Copa do Mundo. O jogo, que terá capacidade máxima, 44 mil torcedores, será o quinto evento-teste do novo estádio. Nosso adversário garantiu sua classificação vencendo o São Luiz-RS por 2 a 1. No ano passado, o Nacional chegou às oitavas de final do campeonato, tendo eliminado o Coritiba e a Ponte Preta. O Timão terá uma semana movimentada, jogando dia 20/04 em Uberlândia, dia 23/04 em Manaus e dia 27/04 em Chapecó, Santa Catarina.

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.globo.com
Rodrigo Coca/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/globoesporte.globo.com
Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Gero/Futura Press/esportes.terra.com.br
Gero/Futura Press/esportes.terra.com.br
Gero/Futura Press/esportes.terra.com.br
Fabrício Marques/globoesporte.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário