terça-feira, 13 de dezembro de 2016

O futsal lavou nossa alma

Após tanta tristeza e decepção, com o campo e com a diretoria, o futsal deu mais uma alegria para a Fiel, ao conquistar o título de campeão da Liga Nacional de Futsal. Com mais esse título, deu um exemplo de raça, de garra e de superação, mostrando que um planejamento eficaz e um técnico competente conseguem vencer as adversidades e os problemas financeiras. Mesmo tendo seu orçamento reduzido à metade, perdido jogadores importantes e o seu técnico, conseguiu dar a volta por cima e conquistar títulos importantes. Mesclando a experiência dos mais velhos com o vigor da sua base, formou um time raçudo e vencedor, um time que respeita a camisa e o clube que paga seus salários.
E o coroamento do trabalho chegou com a conquista da LNF num Parque São Jorge lotado, com uma torcida capaz de encantar até os adversários. Uma torcida que reconhece e aplaude aqueles que honram e respeitam o manto sagrado, aqueles que fazem da quadra um santuário e nela testemunham o mais autêntico corinthianismo. 
Exemplo de profissionalismo e de comprometimento, comprometimento capaz de superar uma tragédia pessoal, como a do goleiro Guitta, e de colocar o coletivo acima do individual. Nossa admiração e respeito ao Guitta, aos demais jogadores e à comissão técnica, comandada pelo competente Bié. Parabéns aos campeões, pelo título, pela raça, pela garra e pela dedicação. Hoje é na quadra, e não no campo, que encontramos a essência do corinthianismo e a alma corinthiana. 

Créditos e fontes de fotos
facebook.com/Alex Dinarte
Rodrigo Coca/Agência Corinthians/meutimao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário