sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Depenando o Galo

Contrariando os prognósticos de anticorinthianos da imprensa e dos secadores de plantão, o Timão fez um belo jogo em Belo Horizonte e depenou o Galo no Mineirão. Com gols de Jô e de Rodriguinho, com boa marcação, mesmo com desfalques (Pablo, Jadson e Romero) e com jogadores desgastados, (Guilherme Arana e Maycon), o Corinthians manteve o padrão de jogo e voltou para São Paulo com mais três pontos na bagagem, com o artilheiro isolado do Brasileirão, Jô, e manteve a liderança e a invencibilidade no campeonato. 
Com o predomínio do jogo coletivo, efetiva troca de passes e organização tática, o Corinthians teve uma vitória sem sustos, enquanto o Galo Mineiro, tendo maior posse de bola (58%) não sabia o que fazer com ela e, mesmo finalizando mais, quinze finalizações contra 12 do Timão, não conseguiu vazar a melhor defesa do Brasileirão. 
Gols
Embora tenha predominado o jogo coletivo, merecem destaque as boas atuações do Jô, Fagner, Rodriguinho, Clayson, Balbuena, Maycon e Cássio, que completou 300 jogos no Timão. Infelizmente, Giovanni Augusto, novamente, não aproveitou sua oportunidade. 
Com o resultado, o Corinthians, com a invencibilidade de 33 jogos na temporada, mantém-se na liderança do campeonato com 44 pontos, (oito a mais do vice líder Grêmio), 13 vitórias, 5 empates e 81% de aproveitamento, e o Atlético-MG, com 23 pontos, 6 vitórias, 5 empates, 7 derrotas e 43% de aproveitamento ocupa o 11º lugar na tabela de classificação. 
Na próxima rodada, o Corinthians enfrentará a equipe do Sport, às 19:00 horas (de Brasília) neste sábado, 05/08, na Arena Corinthians em Itaquera. Para o jogo, já foram vendidos 35500 ingressos. O Atlético-MG enfrentará o Grêmio, no domingo, 06/08, às 16:00 horas (de Brasília), em Porto Alegre. 

Créditos e fontes de imagens e vídeo 
facebook.com/FanatiCorinthians-globoesporte.globo.com-twitter.com/@brunocassucci 
Cristiane Matos/Futura Press/globoesporte.globo.com-Pedro Vale/Estadão/globoesporte.globo.com 
youtube.com/Futebol no Rádio-Ulisses Costa-Rádio Bandeirantes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário