domingo, 6 de agosto de 2017

Matando o Leão

O Leão da Ilha chegou urrando e garantindo que iria tirar a invencibilidade do Timão, mas na realidade, o Leão foi apenas um gatinho assustado diante de um Corinthians compacto e organizado. O que falar desse Corinthians regular, taticamente disciplinado, de defesa sólida e precisa, que sabe marcar sem a bola e com ela é fatal? Desse time que não se afoba, que tem paciência, que troca passes, que deixa o adversário brincar com a bola, mas quando desarma é eficiente, que finaliza menos, mas acerta mais a meta adversária? O que falar que já não tenha sido dito pelos comentaristas e até por técnicos rivais? 
Que joga feio e que é retranqueiro? Que não fica com a bola? 
O que adianta ficar com a bola e não saber o que fazer com ela como tem ocorrido com nossos adversários? O importante é ser eficaz e eficiente, sabendo aproveitar as oportunidades e isso o Corinthians já mostrou ser capaz.
Jogo feio com tantas canetas e chapéus? Com gols reconhecidos como pinturas?
Retranqueiro ou eficiente sem a bola, com marcação precisa e segura? 
E quando tem a bola no pé, sabe o que fazer com ela e, por isso, ainda não perdeu no Brasileirão. E não perde há 34 jogos na temporada. E é líder invicto no Brasileirão e campeão do primeiro turno com  47 pontos. 
Gols
No último jogo ficou patente a força do jogo coletivo e a superioridade tática do Timão. E quando o conjunto vai bem, as individualidades aparecem e o talento dos jogadores evidencia-se na troca de passes, nos dribles, nos desarmes, no jogo quase sem falta (apenas duas) e nos gols. E assim aconteceu para fechar o turno com chave de ouro. Sei que ainda não tem nada ganho, mas se o time mantiver a pegada, a humildade, a concentração e a determinação é um sério candidato ao título. 
Em Itaquera, o Timão engoliu o Leão, vencendo a partida por 3 a 1, com gols do Guilherme Arana, Rodriguinho e Pedro Henrique. Thalisson fez o gol de honra do Sport. 
Clayson, com mais ritmo de jogo, foi um dos melhores em campo e mostrou já haver entendido o que se espera de um jogador do Corinthians. Rodriguinho, não só pelo belíssimo gol, também merece destaque, bem como Fagner, Arana e Pedro Henrique. 
Com o resultado, o Corinthians mantém-se na liderança com 47 pontos, 14 vitórias, 5 empates e 82% de aproveitamento, melhor marca da história dos pontos corridos e 8 pontos à frente do Grêmio, o 2º colocado.  O Sport, com 28 pontos, 8 vitórias, 4 empates, 7 derrotas e 49% de aproveitamento encerra o 1º turno em 6º lugar. 
O Corinthians terá duas semanas sem jogos antes de encarar a equipe do Vitória, no dia 19/08, sábado, às 16:00 horas (de Brasília) na Arena Corinthians em Itaquera, pois a partida contra a Chapecoense, que seria no próximo final de semana, foi reagendada para 23 de agosto. O Sport receberá a Ponte Preta, no próximo domingo, 13/08, às 16:00 horas (de Brasília), na Ilha do Retiro. 

Créditos e fontes de imagens e vídeo 
globoesporte.globo.com-Fernando Dantas/Gazeta Press 
Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com-Fernando Dantas/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com 
youtube.com/Futebol no Rádio-Radio Bandeirantes (narração:Ulisses Costa) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário