sábado, 7 de novembro de 2015

Corinthians X Coritiba

Pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrentará o Coritiba, neste sábado, dia 07/11, em sua Arena, no bairro de Itaquera, em São Paulo. Líder do campeonato, com 73 pontos, 22 vitórias, 7 empates, 4 derrotas e 74% de aproveitamento, o Timão terá como adversário o 18º colocado, com 33 pontos, 8 vitórias, 10 empates, 15 derrotas e 34% de aproveitamento. Se vencer o jogo e o Atlético-MG não ganhar do Figueirense no domingo, o Corinthians poderá sagrar-se campeão nesta rodada. Apesar da diferença existente na pontuação entre os dois times, Tite pediu respeito ao adversário, e o meia Renato Augusto, além de descartar a volta olímpica se o Corinthians vencer o jogo, declarou: “Precisamos respeitar o Coritiba, vai ser um jogo difícil. É complicado enfrentar um time que está brigando para não cair. Como vai fazer volta olímpica se você não é campeão? Primeiro, temos que respeitar o Coritiba e conseguir o resultado.”
Ficha Técnica - Corinthians X Coritiba
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 7 de novembro de 2015, sábado
Horário: 19:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva - PA (FIFA)
Árbitro Assistente 1:    Guilherme Dias Camilo - MG (FIFA)
Árbitro Assistente 2:    José Javel Silveira - RS (ESP-2)
Quarto Árbitro:     Igor Junio Benevenuto - MG (ASP-FIFA)
Delegado:    Márcio Verri Brandão - SP (ASS)
Quinto Árbitro:     Daniel Paulo Ziolli - SP (ASP-FIFA)
Corinthians: Cássio; Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Técnico: Tite 
Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Juninho, Rafael Marques e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos, Ruy e Juan; Henrique Almeida e Kleber; Técnico: Pachequinho
No Corinthians, além dos escalados, também foram relacionados, os goleiros Walter e Matheus Vidotto, os laterais Fagner e Uendel, os zagueiros Edu Dracena e Yago, os volantes Bruno Henrique e Cristian, os meias Danilo e Rodriguinho e os atacantes Romero, Lincom e Lucca.
Estão fora, no Corinthians, os atacantes Luciano, recuperando-se de cirurgia no joelho direito, e Rildo, recuperando-se de cirurgia no ombro. No Coritiba, Walisson Maia, suspenso e Keirrison, afastado pela diretoria.
Estão pendurados, com dois cartões amarelos, no Corinthians, Cássio, Danilo, Guilherme Arana, Malcom, Renato Augusto e Vagner Love; e no Coritiba, Alan Santos, Fabrício Baiano, João Paulo, Kleber, Luccas Claro, Lúcio Flávio, Paulinho, Rafael Marques e Rafhael Lucas.
Na sexta feira, no CT Dr Joaquim Grava, o técnico Tite optou por trabalhar só com os titulares e treinou jogadas de bola parada, saídas de bola e cobranças de pênaltis. No time titular, a única alteração é a volta do volante Elias, que cumpriu suspensão no último jogo. Mas, as novidades estão no banco de reservas. Os laterais Fagner e Uendel, recuperados de lesão, mas ainda sem condições de atuarem 90 minutos, estão relacionados e ficarão como opção para entrarem durante a partida.
O Coritiba, após ter demitido o técnico Ney Franco, enfrenta problemas, principalmente no comando da equipe. O técnico interino Pachequinho teve apenas quatro dias para trabalhar com seus jogadores. Além disso, o zagueiro Walisson Maia cumpre suspensão pelo terceiro amarelo e Keirrison, afastado pela diretoria, não atuará mais no campeonato. Sem Walisson Maia, suspenso, o zagueiro Rafael Marques retorna para a defesa. No meio-campo, saem Cáceres, Lúcio Flávio e Esquerdinha para as entradas de Alan Santos, Ruy e Juan.
Os maiores problemas no Corinthians serão controlar a ansiedade e a euforia e manter o foco no jogo. Apesar da situação favorável e do time estar com a "mão na taça," sabemos que equipes em situação desesperadora vêm pro tudo ou nada e podem surpreender. Não nos esqueçamos que empatamos com o Coritiba no 1º turno e que esse time venceu o Flamengo por 2 a 0, no estádio Mané Garrincha lotado de rubro negros.
Mas, esses fatos não deverão amedrontar o Timão, mas sim servirem de alerta para evitar a empolgação e comemorações antecipadas. Nosso time é superior física, técnica e taticamente e nosso estádio é um caldeirão. O desafio de hoje será vencido se o time entrar concentrado e  jogar o que sabe. Explorar os pontos fracos e o desespero do adversário, manter o foco e mostrar, desde o início, que quem manda no jogo é o Timão. Com a casa lotada e com o time focado, não vai ter pra mais ninguém. Vamos colocar as duas mãos na taça e aguardar o domingo para levantá-la.

Créditos e fontes de imagens
facebook.com-Renato Silva/facebook.com-Carlos Godoy/MAON
Daniel Augusto Júnior-Agência Corinthians-globoesporte.globo.com/Divulgação-Coritiba-bemparana.com.br/MAON
Sergio Barzaghi-Gazeta Press-gazetaesportiva.net/Rodrigo Coca-Agência Eleven-Gazeta Press/MAON
Divulgação/CFC/gazetaesportiva.net
Fernando Dantas-Gazeta Press-gazetaesportiva.net/MAON

Nenhum comentário:

Postar um comentário