quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Vasco X Corinthians

Dependendo somente de si para levantar a taça do Brasileirão, o Corinthians foi para o Rio de Janeiro enfrentar o Vasco pela 35ª rodada do campeonato. Será o embate entre o líder do campeonato, com 76 pontos, 23 vitórias, 7 empates, 4 derrotas e 75% de aproveitamento, e o 19% colocado, com apenas 8 vitórias, 9 empates, 17 derrotas e 32% de aproveitamento. Será a disputa entre o melhor visitante e o pior mandante, entre o melhor ataque e a pior defesa, o que poderia dar a impressão de um jogo fácil e de um placar previamente definido. Mas, a arrancada do Vasco no 2º turno, bem como a necessidade de fugir do 3º descenso no campeonato, aliados ao mando de campo em São Januário, equilibram parcialmente as forças da partida. Além disso, os primeiros resultados da rodada impediram que o time carioca tivesse a possibilidade de deixar a zona de rebaixamento, aumentando ainda mais a pressão pela vitória sobre o líder. 
Para o Timão, basta uma vitória para ser campeão, mas mesmo se não vencer, ainda poderá obter o título, desde que o Atlético-MG não pontue no Morumbi. 
Ficha Técnica - Vasco X Corinthians
Local: estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de novembro de 2015, quinta-feira
Horário: 22:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco - RS (FIFA)
Árbitro Assistente 1: Alessandro A Rocha de Matos - BA (FIFA)
Árbitro Assistente 2: Fabiano da Silva Ramires - ES (ESP-2)
Quarto Árbitro: Nielson Nogueira Dias - PE (ESP-2)
Delegado: Nilson de Souza Monção - SP (000)
Quinto Árbitro: Dibert Pedrosa Moises - RJ (ESP-1) 
Vasco: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho, Serginho, Andrezinho e Nenê; Rafael Silva e Riascos; Técnico: Jorginho
Corinthians: Cássio; Edílson, Felipe, Edu Dracena e Guilherme Arana; Ralf, Bruno Henrique, Jadson, Rodriguinho e Malcom; Vagner Love; Técnico: Tite
No Corinthians, além dos possíveis escalados, também foram relacionados os goleiros Walter e Matheus Vidotto, os laterais Fagner e Uendel, os zagueiros Gil e Yago, os volantes Elias e Cristian, os meias Renato Augusto e Danilo, e os atacantes Romero, Lucca e Lincom.
Estão fora, no Corinthians, Luciano, que se recupera de cirurgia no joelho direito, e Rildo, que reiniciou trabalhos físicos nesta semana após cirurgia no ombro esquerdo. 
Estão pendurados, com dois cartões amarelos, no Vasco, Andrezinho, Emanuel Biancucchi, Julio dos Santos, Luan, Nenê, Rafael Vaz e Serginho; e no Corinthians, Cássio, Danilo, Guilherme Arana, Malcom, Renato Augusto e Vagner Love.
No Vasco, o técnico Jorginho deverá mandar ao gramado o mesmo time que venceu o Palmeiras. 
No Corinthians, as alterações possíveis estão na dependência de Gil, Elias e Renato Augusto, titulares no último jogo da seleção, terem condições de jogo. O mais provável, é que fiquem no banco e, se necessário, entrem no decorrer da partida. Suas vagas deverão ser ocupadas por Edu Dracena, Bruno Henrique  e Rodriguinho. Minha preocupação é a falta de ritmo de jogo de Bruno Henrique. A decisão final só será tomada após conversa de Tite com o Departamento Médico e com os jogadores. Nas laterais, Fagner e Uendel ainda não têm condições para 90 minutos de jogo e Edílson e Guilherme Arana iniciarão jogando. O único jogador da Seleção garantido no duelo é o goleiro Cássio, que ficou no banco de reservas na partida contra o Peru. 
No último treino, apenas com os possíveis titulares, Tite ensaiou contra ataques, cruzamentos e jogadas de bola parada.
Desesperada, a torcida vascaína tudo fez para desestabilizar o Corinthians, prometendo uma verdadeira guerra em São Januário. Provocações, intimidações e até ameaças de morte levaram o Timão a recorrer ao Ministério Público e a Polícia carioca a reforçar o esquema de segurança. Mas, experiente e centrado, nosso time vai estar focado no jogo e dentro das quatro linhas temos plenas condições de voltar do Rio com mais um título na bagagem. Meu maior temor é com a segurança da nossa torcida, pois, qual animais acuados, os vascaínos estão desesperados com a possibilidade de uma 3ª queda para a Série A. 
Peço a Deus que proteja todos os torcedores e que nada de grave aconteça. 

Créditos e fontes de imagens 
facebook.com-Renato Silva/webvasco.com/MAON  
meutimao.com.br 
Edgard Maciel de Sá-globoesporte.globo.com/Diego Ribeiro-globoesporte.globo.com/ MAON 
twitter.com/@Teleco1910 
Djalma Vassão- Gazeta Press/MAON 
facebook.com/AiltonSousadasilva Sousadasilva 

Nenhum comentário:

Postar um comentário