sábado, 29 de junho de 2013

No jogo treino, goleamos o Audax. Sabe o que isso significa? Quase nada.

Em fase preparatória para enfrentar o São Paulo pela Recopa, o Corinthians venceu o Audax por 4 a 1 em jogo treino, no CT Dr Joaquim Grava. No 1º tempo, os titulares venceram por 3 a 0, com gols de Émerson (2) e de Guerrero. Na etapa complementar, os reservas empataram por 1 a 1, com Pato marcando para o Corinthians.
O time titular, escalado com Cássio; Edenílson, Chicão, Gil e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Romarinho, Danilo e Emerson; Paolo Guerrero, ressentiu da falta de ritmo e só se encontrou em campo aos 20 minutos. Com a marcação falha do adversário, time que acabou de subir para a Série A do Paulista, o Timão não teve dificuldades para fechar o 1º tempo com 3 a 0.
No intervalo, os dois times foram completamente modificados e o Corinthians atuou com Júlio Cesar (Walter); Willian Arão, Felipe, Jocinei e Igor; Maldonado e Ibson; Léo (Paulo Victor), Douglas e Renato Augusto; Alexandre Pato. O jogo foi bem mais arrastado e em uma jogada individual, o Audax chegou ao gol. E, depois de perder uma chance clara, acertando a trave de pé esquerdo, Pato fechou a contagem, com um passe de Douglas.
O que significa essa goleada? Acredito que ela serviu para dar ritmo de jogo à bolerada, depois de quase um mês sem jogar. E só. O adversário é muito fraco e não serviu como teste. Um amistoso com um time de melhor qualidade e que pudesse oferecer algumas dificuldades serviria para um diagnóstico mais preciso das reais condições do elenco e para a correção dos aspectos mais falhos. Mas, contra o Audax, no CT e sem torcida, o jogo esteve muito mais próximo de um rachão do que de uma decisão de campeonato.
Outro ponto intrigante foi a escalação do Romarinho no time principal, tendo dois meias de ofício no elenco. Romarinho de meia é um meia boca. Como diz meu amigo Paulo Monteiro "Romarinho de meia fica aberto na direita, parece uma enceradeira, não cria, mas marca até morrer..."
Não vi o jogo e as informações aqui apresentadas foram as que saíram na imprensa. Mas, isso não invalida a conclusão de que, pela fragilidade do Audax, a goleada pouco significa. As duas decisões da Recopa, a 1ª no Morumbi e a 2ª no Pacaembu, terão um grau de dificuldade muito maior. 
Acho que  o Corinthians marcou bobeira ao não realizar um jogo treino com um adversário mais qualificado.

Crédito e fonte de imagem
facebook.com/loucoporticorinthians

Nenhum comentário:

Postar um comentário