domingo, 10 de julho de 2016

Superando as perdas e avançando, porque AQUI É CORINTHIANS

Apesar das dificuldades e do desmanche do time, pelos tsunamis chinês e francês, e dos desfalques na comissão técnica, pela saída do técnico para a seleção da cbf, o Corinthians vai se colocando entre os primeiros colocados no Campeonato Brasileiro e se credenciando para buscar o hepta campeonato nacional. Ainda têm muitas rodadas pela frente, mas se conseguir manter a regularidade dá para sonhar e conquistar mais um título. Perdeu meio time, perdeu o técnico, perdeu assistentes, perdeu gerente, mas não perdeu a essência, e, qual fênix, renasce e volta a incomodar seus adversários. E após alguns percalços, engata quatro vitórias seguidas com o novo técnico, duas fora de casa e com o mérito de ter derrubado a invencibilidade do Chapecoense na Arena Condá. 
O jogo teve um início ruim, começou feio, com muitos erros de passe, com muita marcação dos dois lados, com pouca criação, com o Corinthians dando muito espaço e com dificuldades de infiltrar na área adversária. E ainda teve a infelicidade da contusão do Pedro Henrique. 
No segundo tempo o Corinthians, com nova postura em campo, melhorou muito, teve maior posse de bola, pressionou o adversário e dominou o jogo. Logo aos dois minutos teve um gol mau anulado pelo auxiliar, que viu um impedimento inexistente em cabeçada certeira do Balbuena, após cobrança de escanteio. 
Gols
Mas, o Timão continuou insistindo e, aos 14 minutos, em uma troca de passes pelo meio, Giovanni Augusto rolou a bola para Rodriguinho, que cortou a zaga, chutou de esquerda e abriu o placar para o time visitante. Mesmo tendo melhorado a posse de bola e aumentado as chances com as entradas de Danilo e Guilherme, substituindo Luciano e Giovanni Augusto, o segundo gol só saiu nos acréscimos. Aos 46 minutos, Fagner fez um lançamento para Marquinhos Gabriel, que esperou a saída de Marcelo Boeck e tocou por cima do goleiro, ampliando o placar na Arena Condá. 
Com mais posse de bola, (56%), mais passes certos, (277 contra 180 do adversário), mais finalizações, (14 contra 8) e mais chances reais de gol, (6 contra 4), o Corinthians foi melhor na partida, principalmente na etapa final, quando empurrou o Chapecoense para o campo de defesa, diminuindo-lhe as possibilidades ofensivas. Mas, errou muitos passes, 37, sendo 22 no primeiro tempo. 
Entrevista
Aos poucos, Cristóvão vai dando sua "cara" na equipe. Os toquinhos de lado foram substituídos por lançamentos longos, o time está mais ofensivo e, após fazer o gol, não se preocupa em administrar o placar e sim em ampliar o resultado. Estou gostando muito da nova postura do time. 
Individualmente, merecem destaque as atuações de Balbuena e de Marquinhos Gabriel. Rodriguinho, apesar de errar muitos passes, fez sua melhor partida no campeonato, e queimou muitas línguas, inclusive a minha. Bruno Henrique teve um bom desempenho, foi bem nos desarmes e iniciou a maioria das jogadas ofensivas. Romero, muito marcado, não conseguiu fazer gol, mas foi importante taticamente, movimentou-se bastante e participou da marcação. Luciano destoou do time, continua afobado e ansioso. Suas condições psicológicas estão interferindo negativamente no seu desempenho técnico e tático. Tem perdido gols que antes não perdia. 
Cristóvão Borges vem se destacando no comando alvinegro. Aqueles que esperavam que com a ausência de Tite e do mini desmanche da comissão técnica o time iria degringolar, foram surpreendidos pela eficácia da nova direção e pela eficiência dos jogadores. O técnico tem conseguido arrumar o time no intervalo e garantir bons resultados.
O aspecto negativo do jogo ficou por conta da arbitragem, que inverteu faltas e cobranças de lateral, anulou um gol legítimo e errou em vários lances. Não sei se por incompetência ou por má fé, ou se por ambas as razões, mas a atuação foi desastrosa e prejudicial ao Corinthians. 
Com o resultado, o Corinthians chegou aos 28 pontos, mesmo número do líder Palmeiras, que lidera pelo saldo de gols, (16 a 14) e, nesta rodada, enfrentará o Santos na terça feira no Allians Parque. O Chapecoense, com 18 pontos, está em 11º lugar. 
Na próxima rodada, o Timão fará o clássico contra o São Paulo, às 16:00 horas (de Brasília) no domingo, 17/08, na Arena Corinthians, em Itaquera e o Chapecoense enfrentará o Figueirense, no mesmo dia e horário, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. 
Melhores momentos
Ficha Técnica - Chapecoense 0 X 2 Corinthians 
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 9 de julho de 2016, sábado
Horário: 16:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)
Árbitro assistente 1: Pablo Almeida da Costa – MG (ASP- FIFA)
Árbitro assistente 2: Celso Luiz da Silva – MG (CBF-1)
Quarto árbitro: Ronan Marques da Rosa – SC (CBF-2)
Público: 11.615 pagantes
Renda: R$ 380.345,00
Cartões amarelos: Thiego (Chapecoense); Luciano (Corinthians)
Cartão vermelho: Thiego (Chapecoense)
Gols: Corinthians: Rodriguinho, aos 15, e Marquinhos Gabriel, aos 47 minutos do segundo tempo 
Chapecoense: Marcelo Boeck; Gimenez, Demerson, Thiego e Denner; Sérgio Manoel, Gil (Martinuccio) e Cleber Santana; Silvinho (Arthur Maia), Bruno Rangel (Kempes) e Ananias; Técnico: Caio Júnior 
Corinthians: Cássio; Fagner, Pedro Henrique (Yago), Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho, Romero, Giovanni Augusto (Guilherme) e Marquinhos Gabriel; Luciano (Danilo); Técnico: Cristóvão Borges 
Estatísticas 
Posse de bola: Chapecoense 44% x 56% Corinthians
Finalizações: Chapecoense 8 x 14 Corinthians
Chances reais de gol: Chapecoense 4 x 6 Corinthians
Cabeçadas: Chapecoense 2 x 2 Corinthians
Bolas levantadas na área: Chapecoense 18 x 15 Corinthians
Escanteios: Chapecoense 3 x 4 Corinthians
Faltas: Chapecoense 16 x 13 Corinthians
Passes errados: Chapecoense 32 x 37 Corinthians
Passes certos: Chapecoense 180 x 277 Corinthians
Desarmes: Chapecoense 44 x 46 Corinthians
Roubadas de bola: Chapecoense 14 x 10 Corinthians
Impedimentos: Chapecoense 3 x 3 Corinthians
Jogadas de linha de fundo: Chapecoense 5 x 5 Corinthians
Fonte dos dados:
http://globoesporte.globo.com/sc/futebol/brasileirao-serie-a/jogo/09-07-2016/chapecoense-corinthians/
Bastidores

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
globoesporte.globo.com-Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians-MAON 
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/gazetaesportiva.com 
youtube.com-globo.com 
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians 
youtube.com-SCCP TV 
bloguedoesporto.com 
youtube.com-globo.com 
youtube.com/Corinthians 

Nenhum comentário:

Postar um comentário