terça-feira, 22 de novembro de 2016

"Ai, CORINTHIANS, Quando és o vencedor, Pobre fica milionário Rindo da própria dor".

Reafirmo que Corinthians é PAIXÃO que desafia qualquer indício de racionalidade. Em alguns momentos até consigo ser racional, fazer análise tática, técnica e que tais, questionar o time, sugerir estratégias, questionar jogador... Geralmente isso acontece quando o time vai mal, acumulando insucessos e fazendo meu coração sangrar. Talvez, no desespero e na ânsia de ajudar, procuro ser racional. Mas, basta uma vitória para emergir a paixão, ressuscitar a alegria, a emoção e reabastecer-me de esperança. Para fazer sentir-me feliz, alegre e contente. Nessas horas fico embriagada de amor e sinto todo o efeito da cachaça do torcedor. Saio do inferno e mergulho no céu, em todo o seu esplendor. A felicidade me visita e a alegria contagia. Digo adeus à racionalidade, distancio-me dos problemas e procuro apenas usufruir o momento, vivenciando integralmente sua magia. Se é provável que ele pode não perdurar pra sempre, procuro potencializá-lo ao máximo, para não perder nem um segundo dessa onda de euforia. Tudo se ilumina, a felicidade me afaga e tento vivê-la intensamente. Com a esperança resgatada, passo a vislumbrar novas vitórias, novas conquistas, novos momentos de glória. Esqueço os problemas, minimizo as dificuldades, sinto-me milionária e como diz a canção, rio da própria dor.
Num piscar de olhos, passo da água ao vinho, do inferno ao céu, da tristeza à alegria, inebriada de amor e de magia. A razão não explica. Mas, quem disse que a paixão é racional? A paixão é o tempero da vida nos momentos sem sal. Ela faz pulsar forte o coração. Só a paixão explica o que sinto pelo Coringão.
Se todos aqueles que atuam no Corinthians conseguissem entender essa paixão do torcedor, e também por ele se apaixonassem, todos seríamos mais felizes. Muitos do que nele atuaram a sentiram intensamente, como o nosso ídolo Sócrates Sampaio de Souza Vieira de Oliveira, o Doutor da bola e da Democracia. 

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.globo.com-Fernando Dantas/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-MAON 
facebook.com/Raul Corrêa Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário