sábado, 26 de novembro de 2016

Corinthians X Atlético-PR

Pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians receberá o Atlético-PR, neste sábado, 26/11, às 21:00 horas, em sua Arena em Itaquera. Será um confronto decisivo para a classificação para a Pré Libertadores. Em 7º lugar na tabela de classificação, com 54 pontos, 15 vitórias, 9 empates, 12 derrotas e 50% de aproveitamento, o Timão terá por adversário o 5º colocado com 55 pontos, 17 vitórias, 4 empates, 15 derrotas e 51% de aproveitamento. Em 6º lugar está o Botafogo também com 51 pontos. Faltando apenas dois jogos para o término do Brasileirão, o time que vencer terá a chance de permanecer no G6. 
Ficha Técnica - Corinthians X Atlético-PR
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 26 de novembro de 2016, sábado
Horário: 21:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden - RS (FIFA)
Assistente 1: Elio Nepomuceno de Andrade Júnior - RS (CBF-1) 
Assistente 2: Lúcio Beiersdorf Flor - (CBF-1)
Quarto árbitro: Márcio C. Brum Coruja - RS (CBF-2)
Corinthians: Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Cristian, Marquinhos Gabriel, Camacho, Rodriguinho e Marlone; Romero; Técnico: Oswaldo de Oliveira
Atlético-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Lucas Fernandes, Lucho González e Pablo; André Lima; Técnico: Paulo Autuori
Além dos possivelmente escalados, também foram relacionados
No Corinthians, o goleiro Cássio, os laterais Guilherme Arana e Léo Príncipe, os zagueiros Léo Santos e Pedro Henrique, os volantes Jean e Marciel, os meias Giovanni Augusto e Guilherme, e os atacantes Gustavo, Lucca e Léo Jabá.
No Atlético-PR, o goleiro Santos, os laterais Rafael Galhardo e Renan Lodi, os zagueiros Marcão e Wanderson, os volantes Deivid e Mattheus Rosseto, os meias João Pedro, Marcos Guilherme e Nikão, e os atacantes Luan e Yago.
Estão fora, no Corinthians: Rildo, Yago, Danilo, no Departamento Médico; e no Atlético-PR: Lucas Macanhan, Cleberson, Juninho e Nicolas, no Departamento Médico.
Estão pendurados com dois cartões amarelos, No Corinthians: Giovanni Augusto, Guilherme e Uendel; e no Atlético-PR: Weverton, Marcão, Hernani, Nikão, Pablo, Luan.
No Corinthians, com o retorno de Rodriguinho que cumpriu suspensão no último jogo, Wendel volta para a lateral esquerda e o meia assume a armação do time. Desejando um time mais rápido, Oswaldo optou pela mesma formação do jogo anterior, com Marlone e Marquinhos Gabriel pelos lados e Romero de falso 9. No último treino, o técnico enfatizou as bolas paradas ofensivas e defensivas.
O que esperar desse jogo decisivo para salvar a temporada? Apenas a vitória. Jogando em casa, contra o pior mandante do campeonato, qualquer outro resultado será um desastre, não só pela perda da vaga na pré Libertadores, mas pelo conjunto da obra. Se não fossem os vacilos, estaríamos numa situação mais confortável. Agora o time tem que correr atrás do prejuízo e o mínimo que se espera é que joguem com raça e determinação, que coloquem o coração na ponta das chuteiras e que encarem o jogo como uma decisão. A classificação só depende do Corinthians, que se fizer sua parte, vencendo os dois jogos que faltam, conseguirá acabar a temporada com um mínimo de dignidade.

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br-facebook.com/Monikita SCCP-MAON
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/meutimao.com.br-Marco Oliveira/-Atlético-PR/globoesporte.globo.com-MAON
Fernando Dantas/Gazeta Press/gazetaesportiva.com
timaodecoracao.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário