sexta-feira, 4 de novembro de 2016

São Paulo X Corinthians

Pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrentará o São Paulo neste sábado, 05/11, à 19:30 horas, no estádio do Morumbi. Sétimo colocado na tabela de classificação, com 50 pontos, 14 vitórias, 8 empates, 11 derrotas e 51% de aproveitamento, o Timão terá como adversário o 12º colocado com 42 pontos, 11 vitórias, 9 empates, 13 derrotas e 42% de aproveitamento. Ainda com esperança de classificar-se para a Copa Libertadores, o Corinthians vai em busca da vitória. Já o São Paulo, embora em pior situação no campeonato, busca apagar o mau resultado da última rodada quando perdeu de 1 a 0 do América-MG, afastar-se de vez da Z4 e até, numa combinação de resultados pouco provável, beliscar uma vaga no torneio continental. 
Ficha técnica - São Paulo X Corinthians
Local: estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data: 5 de novembro, sábado
Horário: 19:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva – SE (ESP) 
Árbitro assistente 1: Guilherme Dias Camilo – MG (FIFA)
Árbitro assistente 2: Nadine Schramm Camara Bastos - SC (FIFA)
Quarto árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza – SP (CBF-1)
São Paulo: Denis; Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Thiago Mendes, Wesley, João Schmidt (Kelvin), Cueva e David Neres; Chavez; Técnico: Ricardo Gomes
Corinthians: Cássio; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Willians, Romero, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Guilherme; Técnico: Oswaldo de Oliveira
Além dos possivelmente escalados, também foram relacionados:
No São Paulo: o goleiro Renan Ribeiro, os zagueiros Lugano e Lyanco, o volante Wellington, os meias Daniel e Jean Carlos, e os atacantes Pedro, Luiz Araujo, Gilberto e Robson.
No Corinthians: os goleiros Matheus Vidotto e Caique, os laterais Guilherme Arana e Léo Príncipe, o zagueiro Pedro Henrique, os volantes Camacho, Cristian e Marciel, o meia Marlone e os atacantes Gustavo, Lucca e Rildo.
Estão fora, no São Paulo: Hudson, Breno, Ytalo e Lucas Fernandes, no Departamento Médico, e Carlinhos e Bruno, aprimorando a forma física. No Corinthians: Walter, Yago, Danilo e Bruno Paulo, no Departamento Médico.
Estão pendurados com dois cartões amarelos, no São Paulo: Chavez, Carlinhos, Denis, Hudson, Kelvin, Lyanco, Mena e Michel Bastos; e no Corinthians: Lucca, Giovanni Augusto, Balbuena, Vilson, Guilherme e Uendel.
No São Paulo Ricardo Gomes fechou o último treino na sexta-feira, no CT da Barra Funda e quando a imprensa foi liberada, 12 jogadores, possíveis titulares, observavam o trabalho dos reservas. Estavam fora da atividade em campo reduzido: Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio, Mena, João Schmidt, Wesley, Thiago Mendes, Cueva, Kelvin, David Neres, Pedro e Chavez. O técnico tem várias opções para o jogo. Pode usar Buffarini na direita, com Wesley no meio, na vaga de João Schmidt, se quiser manter um esquema mais ofensivo, ou no lugar de um dos pontas (David Neres ou Kelvin), caso pense em uma formação mais cautelosa.
No Corinthians Oswaldo de Oliveira não fez mistério e revelou a escalação do time. Cássio substituirá Walter no gol, Balbuena, preservado no último jogo por estar pendurado e poder jogar o clássico, entrará na zaga e Pedro Henrique voltará para o banco, William, com mais pegada, substituirá Camacho na cabeça de área. No ataque, Guilherme está de volta após cumprir suspensão e jogará centralizado, com Marquinhos Gabriel na esquerda e Romero na direita. 
Durante os treinamentos da semana, Oswaldo enfatizou muito as bolas paradas defensivas, a saída de bola da defesa e as triangulações. E para manter o foco no clássico, antecipou a concentração para quinta feira.
Vencer o jogo é imprescindível para se atingir o único objetivo que restou ao time alvinegro, a classificação para a Copa Libertadores. Não será uma tarefa fácil. O adversário vem mordido com sua derrota para o então lanterna e vai jogar com o total apoio de sua torcida nessa excrecência de jogo com torcida única. Embora numa situação mais complicada que o Timão no Brasileirão, clássico é sempre um campeonato a parte e tudo pode acontecer. Será um jogo equilibrado, com os dois times buscando a vitória e precisando vencer. Todo cuidado é pouco e o Corinthians não pode vacilar nem se afobar. Tem que entrar focado, manter a concentração, fechar os espaços, aproveitar as oportunidades que surgirem e não errar ao finalizar. Nem cometer pênaltis e faltas por afobação. E se não for na técnica, que seja na raça.

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br-noticiasspfc.com.br-MAON
Fernando Dantas/Gazeta Press-Luis Moura/Wpp/Gazeta Press-MAON
facebook.com/Carlos César Sanchez‎/DEMOCRACIA CORINTHIANA
Djalma Vassão/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-MAON
blogsobreocorinthians.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário