domingo, 9 de novembro de 2014

Corinthians X Santos

Pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrentará o Santos neste domingo, 09/11, às 19:30 horas, na Arena Corinthians, em Itaquera-SP. O Timão precisa da vitória para se manter na briga por uma vaga na Libertadores, bem como a invencibilidade nos clássicos em Itaquera. Já o Santos, eliminado pelo Cruzeiro no meio da semana, e sem possibilidades de alcançar o G4, vê no clássico a oportunidade de se reabilitar diante de sua torcida e de ser o 1º rival a vencer um clássico em Itaquera.
Ficha Técnica - Corinthians X Santos
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 9 de novembro de 2014, domingo
Horário: 19:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan - SP (CBF-1)
Árbitro Assistente 1: Anderson José de Moraes Coelho - SP (CBF-1)
Árbitro Assistente 2: Carlos Augusto Nogueira Junior – SP (CBF-1)
Quarto Árbitro: Rodrigo Guarizo F. do Amaral - SP (CBF-1)
Árbitro Assistente Adicional 1: Marcelo Aparecido R de Souza - SP (CBF-1)
Árbitro Assistente 2: Marcio Henrique de Gois - SP (CBF-2)
Delegado: Roberto Perassi - SP (ASS
Corinthians: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins (Felipe) e Fábio Santos; Bruno Henrique, (Ralf), Elias, Petros, Renato Augusto e Danilo; Guerrero; Técnico: Mano Menezes
Santos: Aranha; Cicinho, Bruno Uvini, Edu Dracena e Mena; Alison, Arouca e Lucas Lima; Rildo, Gabriel e Jorge Eduardo (Leandro Damião); Técnico: Enderson Moreira
No Corinthians, além dos possíveis escalados, também foram relacionados os goleiros Walter e Danilo Fernandes, os laterais Ferrugem e Uendel, o zagueiro Felipe, o volante Ralf, os meias Jadson e Lodeiro e os atacantes Malcom, Luciano, Romero e Gustavo Tocantins. 
Estão fora, no Santos, Robinho, David Braz e Thiago Ribeiro, lesionados.
Estão pendurados com dois cartões amarelos, no Corinthians, Anderson Martins, Elias, Gil, Luciano e Petros e no Santos, Alan Santos, Cicinho, Edu Dracena, Jubal, Mena, Neto e Vladimir.
No Timão, Guerrero e Fábio Santos voltam de suspensão, Anderson Martins e Ralf, embora relacionados, serão avaliados na concentração e não estão confirmados para iniciar o jogo. O zagueiro não treinou durante a semana e o volante, embora tenha participado dos treinos, somente iniciará jogando se tiver condições de atuar pelo menos em 70% do tempo de jogo.
Embora tenha fechado boa parte do treino para a imprensa, Mano Menezes experimentou duas formações diferentes. Inicialmente ele colocou em campo Bruno Henrique, Elias, Petros e Danilo, com Renato Augusto e Guerrero no setor ofensivo. Depois, sacou Bruno Henrique e colocou Ralf para aumentar o poder de marcação.
O Santos, após ser eliminado pelo Cruzeiro na Copa do Brasil na 4ª feira, folgou na 5ª, reapresentou-se na 6ª para um treino regenerativo dos titulares e um treino técnico dos reservas. Com vários desfalques, seu treinador terá que utilizar reservas para várias posições e não revelou qual será o time.
O grande problema do Santos são os desfalques, principalmente do Robinho, seu principal jogador, com um edema na coxa esquerda. Com sua ausência, José Eduardo, ou Leandro Damião, deverá atuar enfiado entre os zagueiros corinthianos, com Gabriel e Rildo pelos lados do campo. No lugar de David Braz, que não se recuperou de uma hérnia cervical, deverá atuar Bruno Uvini.
O grande trunfo do Corinthians é a volta de Guerrero, o seu melhor jogador. Embora fundamental, o peruano não joga sozinho. O sucesso no clássico dependerá muito da atuação do meio campo e do avanço dos laterais. Sem criação e armação, diminuem as chances de gol. A entrada de Danilo deverá dar maior posse de bola, mas Elias precisa voltar a atuar mais solto e aparecer como elemento surpresa. E a defesa precisa para de vacilar e tomar bolas nas costas.
Vencer hoje é obrigação. Com o time completo, jogando em casa e com uma semana inteira para recuperar os jogadores e treinar, estes têm que fazer a sua parte, principalmente diante de um adversário mais cansado e desfalcado. E se a arbitragem tentar atrapalhar, tem que superar correndo o dobro e para cada pênalti não dado ou gol anulado, esforçar-se para marcar outro. E parar de errar passes e finalizações.

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br
globoesporte.globo.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Carlos Eduardo de Quadros/Foto Arena/foxsport.com.br
Carlos Augusto Ferrari/globoesporte.globo.com
facebook.com/Corinthians Amor Eterno

Nenhum comentário:

Postar um comentário