quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Goleada de 1 a 0 com gol contra - Valeram os três pontos

A essa altura do campeonato cada time tem que correr atrás do que lhe resta. Enquanto uns sonham com o título, no outro extremo, outros se contentam em permanecer na Série A, muitos apenas cumprem tabela  e alguns buscam uma vaga no torneio continental. Ao Corinthians restou apenas esta última opção e, embora não estejamos num estacionamento, nem disputando o ENEM, lutamos por uma vaga na desorganizada Copa Cucaracha, mais conhecida como Copa Libertadores da América. Pagamos o preço de omissões, de um mau planejamento e até de uma certa displicência do time. Mas, é o que restou, é o que temos pra hoje, na tentativa de salvar o ano de 2014.
Ao vencer o Goiás por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Mangueirão, em Belém, pela 35ª rodada, o Timão foi a 63 pontos, subindo para a terceira posição, garantindo-se entre os quatro primeiros colocados, mas ainda correndo o risco de cair para a quarta posição, se o Grêmio vencer o Cruzeiro, nesta quinta feira, em Porto Alegre.
Mesmo desfalcado e remendado, o Corinthians controlou o jogo e foi superior ao Goiás, mas pecou no último passe, no arremate final e precisou de um gol contra para voltar pra casa com a vitória, os três pontos e a vaga no G4. Ainda erramos muitos passes, (33) e perdemos muitas bolas, (14), mas nosso ponto nevrálgico continua sendo as finalizações. O meio campo, com Elias mais solto e com mais liberdade, e com Renato Augusto criando boas jogadas, armou bem o time e o ataque não pode reclamar que a bola não chegou. Ela chegou, tanto que tivemos 19 finalizações, 6 defendidas, 5 bloqueadas e 8 para fora, contra apenas duas do Goiás, sendo uma defendida e uma bloqueada, mas precisamos de um gol contra para garantir a vitória. O gramado, alto e irregular, foi a justificativa dos jogadores para os erros de passes e de finalizações. No entanto, muitas finalizações não passaram de recuo de bola para o goleiro Renan, além de faltar pontaria no chute final.
 
Os melhores do Corinthians foram Renato Augusto e Malcom, que correu, driblou, deu chapéu, infernizou a defesa adversária e cobrou o escanteio que deu origem ao gol. O garoto Gustavo Tocantins entrou no final da partida e em pouco tempo de jogo, mostrou seu potencial e quase fez um gol.
Pela primeira vez na competição, o Timão venceu três partidas seguidas (Santos, Bahia e Goiás), aumentando suas chances de conseguir bater a meta da diretoria, a classificação para a Libertadores. Já o Goiás, com 44 pontos, segue em 12º lugar, apenas cumprindo tabela na competição. 
Importante ressaltar que, embora visitante, o Corinthians teve torcida de mandante. Cerca de 25 mil torcedores, a maioria de corinthianos fizeram do Mangueirão um verdadeiro caldeirão alvinegro. 
No próximo domingo, o Corinthians terá um confronto direto na busca pela vaga na Libertadores, quando enfrentará o Grêmio, às 19:30 horas, na Arena Corinthians em Itaquera.
Ficha Técnica - Goiás 0 X 1 Corinthians
Local: Estádio Mangueirão, em Belém (PA)
Data: 19 de novembro de 2014, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden -RS (FIFA)
Árbitro Assistente 1: Fabio Pereira -TO (FIFA)
Árbitro Assistente 2: Marcio Gleidson Correia Dias - PA (ASP-FIFA)
Quarto Árbitro: Gustavo Ramos Melo – PA (CBF-2)
Árbitro Assistente Adicional 1: Andrey da Silva E Silva - PA (CBF-1)
Árbitro Assistente Adicional 2: Ranilton Oliveira de Sousa - MA (CBF-2)
Delegado: Fernando Jose de Castro Rodrigues -PA (ASS)
Público: 24.431 pagantes
Renda: 1.239.800,00
Cartões amarelos: Felipe Macedo e Amaral (Goiás)
Gol: Felipe Macedo (contra), aos 44 minutos do primeiro tempo
Goiás: Renan; Felipe Macedo (Samuel), Jackson (Alex Alves), Pedro Henrique e Felipe Saturnino; Amaral, Rodrigo, Thiago Mendes,Ramon e Esquerdinha (Bruno Mineiro); Erik; Técnico: Ricardo Drubscky
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Bruno Henrique (Danilo), Elias e Renato Augusto (Gustavo Tocantins); Malcom (Jadson) e Luciano; Técnico: Mano Menezes

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br
globoesporte.globo.com
Tarso Sarraf/AGIF/Gazeta Press/esportes.terra.com.br
Tarso Sarraf/AGIF/Gazeta Press/esportes.terra.com.br
Gazeta Press
youtube.com
Diego Ribeiro/globoesporte.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário