terça-feira, 30 de abril de 2013

Derrubando a Macaca da Ponte

Melhores momentos
video
Jogando na sua mata, a Macaca veio pra cima e nos 15 minutos iniciais nos atacou como se fôssemos um cacho de bananas. E só não abriu o placar devido a uma boa defesa do Danilo Fernandes. Mas, o Timão tratou de acabar com as macaquices e, tomando a mata de assalto, foi conquistando o território inimigo. E assim, o Bando de Loucos foi encurralando a Macacada que, acuada, escorregou nas cascas de banana e acabou caindo da Ponte, facilitando a nossa travessia para a semifinal. Tranquilamente passamos pela Ponte, que acabou caindo sob o peso do ataque do Timão.
video
Os gols não saíram de imediato, mas, quando abriu a porteira foram quatro: Romarinho, Émerson, Guerrero e Pato.
Guerrero roubou a bola na intermediária, voltou pro ataque, Danilo incorporou o Doutor Sócrates, mandou a bola de calcanhar, Guerrero chutou pro gol, Edson Bastos defendeu, Romarinho pegou o rebote e mandou pro fundo da rede. A Macaca tropeçou.
Noutra roubada de bola no meio campo, Fábio Santos encontrou Émerson. Experiente e sabendo lidar com a Macaca, ele não perdoou e chutou pro gol, ampliando o placar. A Macaca escorregou.
Na etapa final, num choque de Émerson com o zagueiro Cléber, o juiz marcou o pênalti, muito bem cobrado pelo Guerrero. A Ponte partiu. 
Nos minutos finais, Pato, que havia substituído Romarinho, após duas bolas defendidas pelo goleiro da Ponte, fez fila, driblou zagueiro e goleiro, fechando a goleada. A Ponte ruiu e a Macaca caiu.
Se Macaca adora banana, desta vez só ganhou um chocolate.
Um gol de cada atacante e uma vitória brilhante, provando que quando joga com seriedade e motivado, o Corinthians é deslumbrante. Pena que isso não acontece a todo instante.
Enquanto a Macaca sofria no gramado, o pau quebrava na arquibancada, com a torcida da Ponte brigando entre si, com a polícia e agredindo os profissionais da imprensa. 
Jogadores, técnico e comentaristas aprovaram o desempenho do Timão. Alguns até se surpreenderam com a goleada, mas, todos reconheceram que o Corinthians cresce nas decisões e quando entram determinados e concentrados é um páreo duro para o adversário.
Entrevista do Tite
video
Comentários da imprensa
video
video
No próximo domingo, às 16 horas, a semifinal será disputada contra o São Paulo, em partida única, no estádio do Jardim Leonor. Antes disso, tem o Boca Junior, em Buenos Aires, na Bombonera. 
Ficha Técnica - Ponte Preta 0 X 4 Corinthians
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 28 de abril de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Mauro André de Freitas e Renata Ruel Xavier de Brito (ambos de SP)
Público: 12.460 pagantes
Renda: R$ 509.892,03
Cartões amarelos: Cléber (Ponte Preta); Alessandro e Paulinho (Corinthians)
Cartão vermelho: Baraka (Ponte Preta)
Gols: Corinthians: Romarinho, aos 32, e Emerson, aos 38 minutos do primeiro tempo; Guerrero, aos 10, e Alexandre Pato, aos 44 minutos do segundo tempo
Ponte Preta: Edson Bastos; Artur, Cléber, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Bruno Silva (Rildo), Cicinho (Diego Rosa) e Chiquinho; Everton Santos (Xaves) e William. Técnico: Guto Ferreira
Corinthians: Danilo Fernandes; Alessandro (Edenílson), Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Romarinho (Alexandre Pato) e Danilo; Emerson e Guerrero (Douglas). Técnico: Tite
Estatísticas

Créditos e fontes de imagens e vídeos
meutimao.com.br
facebook.com/Imagens Timão
globoesporte.globo.com
globo.com
facebook.com/Corinthians
globo.com
facebook.com/BoraCorinthians
facebook.com/Bando de Loucos/FanPagePerfilTorcedorOFICIAL
gazetaesportiva.net
globo.com
globo.com
facebook.com/corinthians
esporte.uol.com.br
republicadocorinthians.wordpress.com

Um comentário: