sexta-feira, 12 de abril de 2013

Romarinho - Eta moleque abusado!

video
video
O Corinthians venceu o fraquíssimo San Jose por 3 a 0 num Pacaembu lotado pela Fiel e manteve a liderança do grupo 5 da Copa Libertadores. Com um Romarinho abusado, com o Guerrero preciso como sempre e com o Émerson inspirado, num jogo de ataque contra defesa, o resultado até poderia ser melhor. Mas, além do árbitro ter deixado de marcar dois pênaltis claros, havia uma trave no meio do caminho. No meio do caminho havia uma trave...
Sabendo que não conseguiria vencer o jogo, o San José, desfalcado de seu principal jogador, a altitude, veio pra se defender e trouxe na bagagem a caixa de ferramentas. Bateu sem piedade e terminar o jogo perdendo de 3 a 0 e com 10 jogadores em campo saiu barato. E mais uma vez temos que lamentar a atuação do árbitro que deixou a pancadaria rolar solta.
video
A principal vítima foi o Romarinho, caçado durante todo o jogo. Mas, ele não se intimidou. Movimentou-se bem, marcou, ajudou na defesa, armou, driblou, bateu faltas e escanteios, infernizou a defesa boliviana, foi pra cima e abriu o placar. Eta moleque abusado! Sem firulas, sem simulações, sem fazer-se de vítima, sem dancinhas ridículas, sem chororó, sem mi mi mi, após cada pancada voltava pra partida e ia pra cima. Que fôlego! Que raça! Sem dúvida, o melhor em campo, o nome do jogo. Os jogadores do San Jose, até agora devem estar perguntando: "Por que faz isso Romarino?"
Émerson, voltando ao seu bom futebol, mesmo não tendo feito gol, foi decisivo, pois participou das principais jogadas e deu assistência para os gols de Romarinho e do Guerrero.
Guerrero, que quando a bola chegou não perdoou. Matou no peito e mandou pro fundo das redes. Perfeito no papel de pivô, também ajudou deixando companheiros na cara do gol. Em um desses momentos, Emerson foi derrubado, mas o juiz fingiu que não viu o pênalti.
E o terceiro gol foi marcado pelo Edenílson, com um passe açucarado do Pato. 
O resultado poderia ter sido mais elástico se o chute de Danilo não tivesse ido para cima do travessão, se a trave não tivesse atrapalhado a cabeçada de Gil e o chute do Pato e se Torrico não tivesse tirado uma bola de Jorge Henrique em cima da linha. E se o árbitro tivesse marcado os dois pênaltis indiscutíveis.
No setor defensivo, Júlio Cesar está devendo o ingresso, pois assistiu a partida em local privilegiado, a zaga teve pouco trabalho, o mesmo ocorrendo com os volantes e os laterais, que até poderiam ter sido mais ofensivos.
video
Antes do jogo houve a manifestação dos torcedores pedindo a libertação dos 12 brasileiros sequestrados pela Polícia boliviana em Oruro. Eles são acusados pela morte do torcedor boliviano e permanecem presos, embora o verdadeiro culpado já tenha se apresentado às autoridades brasileiras e, por ser menor de idade, não deverá ser extraditado para aquele país e julgado no Brasil. As manifestações pela liberdade também ocorreram dentro do Pacaembu, durante o jogo.
video
Aliás, mais uma vez a torcida se fez presente e foi um espetáculo à parte. Apoiou, cantou, pediu a liberdade dos manos presos na Bolívia e saiu feliz com a vitória, a classificação e o 1º lugar do grupo.
Diante do fraco adversário, a goleada poderia ter sido maior. Se a partida não foi um grande show de bola, pois ainda continuamos errando passes, lançamentos, cruzamentos e finalizações, valeu pelo resultado e mostrou que o time está se entrosando e encontrando o padrão de jogo alcançado no ano passado e que não temos apenas 11 titulares.
Jogadores, técnico e comentaristas saíram satisfeitos, conforme podemos ver nos vídeos abaixo.
video
video
video
Agora é aproveitar o final do Paulistão para os ajustes que faltam, recuperar os lesionados e aguardar o adversário das oitavas de final, no início de maio. E venha quem vier, vamos pra cima porque:
Ficha Técnica - Corinthians 3 X 0 San Jose
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Data: 10 de abril de 2013 (quarta-feira)
Árbitro: Mauro Vigliano (Argentina)
Assistentes: Ernesto Uziga (Argentina) e Julio J. Fernández (Argentina)
Público: 32.408 pagantes
Renda: R$ 2.245.637,50
Cartões amarelos: Luis Torrico, García e Carrizo (San José)
Cartão vermelho: Tordoya (San José)
Gols: Romarinho, aos 25 minutos do primeiro tempo, Guerrero, aos 14 minutos do segundo tempo, e Edenílson, aos 47 minutos do segundo tempo
Corinthians: Julio Cesar; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho (Edenílson); Romarinho, Emerson e Danilo (Alexandre Pato); Guerrero (Jorge Henrique). Técnico: Tite
San Jose: Lampe; Burton, Tordoya, Luis Torrico e García; Didí Torrico, Sejas, Padilla e Reyes (Saucedo); Marcelo (Carrizo) e Flores. Técnico: Marcos Ferrufino
Estatísticas

Créditos e fontes de imagens
facebook.com/Marcos Oliveira Sccp
globoesporte.globo.com
globoesporte.com
gazetaesportiva.net
globoesporte.com
folha.uol.com.br
folha.uol.com.br
facebook.com/BrahmaTimão
Sérgio Barsaghi/Gazeta Press/gazetaesportiva.net.
esporte.uol.com.br
domingossccp.blogspot.com
folha.uol.com.br
youtube.com
globoesporte.com
sportv.globo.com
sportv.globo.com
facebook.co,/fotos do mural
corinthians.com.br
republicadocorinthians.wordpress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário