segunda-feira, 1 de abril de 2013

São Paulo X Corinthians

Ás vésperas de jogos decisivos da Copa Libertadores, Corinthians e São Paulo se enfrentam em pleno domingo de Páscoa, às 16 horas, no Morumbi. Com 26 pontos, o Corinthians ocupa a 6ª colocação do Campeonato Paulista, a quatro partidas do encerramento da primeira fase. Virtualmente classificado para as quartas de final no Estadual, o Timão não poupará nenhum jogador no clássico, mesmo voltando a campo já na próxima quarta-feira, contra o Millonarios no estádio El Campín, em Bogotá, pela quinta rodada da Copa Libertadores, onde é o vice líder do seu grupo, com sete pontos em quatro partidas. 
Já o São Paulo, embora líder absoluto do Paulistão, no campeonato continental encontra-se em pior situação  e enfrentará o Strongest, na quinta-feira, em La Paz, precisando da vitória para se manter vivo na Libertadores. Depois de um empate e uma derrota no torneio continental, o São Paulo precisa triunfar na Bolívia para afastar qualquer risco na competição. 
Apesar dos compromissos considerados prioritários pelas duas equipes, não adianta reclamar do Calendário, nem das longas viagens, pois nada vai mudar. Mas, nós torcedores, temos, pelo menos, o direito de lamentar a perda de um grande espetáculo, que poderia ser oferecido num clássico em que os dois times estivessem focados com exclusividade. É óbvio que, precisando da vitória na copa continental para a classificação para as oitavas de final, com exceção do Luiz Fabiano, suspenso naquele campeonato, nenhum outro jogador deverá se arriscar muito numa dividida. Em que pesem seus discursos contrários, vão se poupar para evitar desgaste e contusões e as torcidas, de ambos os times, vão ter que se contentar em assistir um treino de luxo e não um clássico.
Ney franco fala sobre o clássico
“Só vai atuar aquele que não tiver risco de lesão, mas vamos com força máxima”, informou o treinador são-paulino Ney Franco, enquanto seus atletas, mesmo tendo o conforto de estar classificado antecipadamente para o mata-mata do Paulistão e manifestado expectativa pelo clássico, também admitiram a preocupação com o jogo seguinte, contra o Strongest, na quinta-feira, em La Paz. 
São Paulo e Corinthians não escondem que a Copa Libertadores da América é o grande objetivo deste primeiro semestre e os dois times, através de seus técnicos, admitiram explicitamente que a data do clássico é inoportuna. Ney Franco e Tite pouparam vários atletas importantes na rodada anterior do Estadual e, tendo seus times descansados, prometem força máxima no confronto, dependendo apenas do aval de seus respectivos departamentos de preparação física.
Treino do Corinthians e entrevista do Tite
Mas, se para o Corinthians a situação é menos preocupante, pois apesar de ainda não ter sua vaga assegurada na Libertadores, está na zona de classificação do seu grupo, Tite escalou a base titular com a intenção de dar ritmo à equipe antes de encarar o Millonarios, na Colômbia, e não por estar preocupado com o Estadual.
“É um campeonato a parte (o clássico), mas em um momento inoportuno para as duas equipes em função dos jogos pela Libertadores”, avaliou o treinador corintiano. “A partida pode nos dar ritmo e uma melhor condição”.
Ficha Técnica - São Paulo X Corinthians
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP) 
Data: 31 de março de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP) 
Assistentes: Fabrício Porfírio de Moura e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva (ambos de SP) 
Assistentes adicionais: Luiz Flávio de Oliveira e Marcelo Rogério (ambos de SP)
São Paulo: Rogério Ceni; Rodrigo Caio, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Denílson, Maicon, Jadson e Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco
Corinthians: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Romarinho; Emerson e Alexandre Pato (Guerrero). Técnico: Tite
No Corinthians, também foram relacionados Danilo Fernandes, goleiro; Edenílson, lateral; Chicão, zagueiro; Guilherme Andrade e Guilherme, volantes; Jorge Henrique e Guerrero, atacantes, sendo que o centro avante será avaliado antes da partida e se tiver condições será titular no lugar de Pato. Ele sentiu dores na coxa direita, não treinou pela manhã de sábado e passou por tratamento no departamento médico.
A lista conta com as sete novidades, Cássio, Paulinho e Alexandre Pato que se recuperavam de problemas médicos distintos, além de Alessandro, Gil, Ralf e Danilo, poupados no empate por 1 a 1 com o Penapolense, quarta-feira. Se Guerrero não puder jogar, Pato será o titular no Majestoso.
Os desfalques serão Renato Augusto e Igor, machucados, e Douglas, em recuperação de lesão muscular. O substituto de Renato será Romarinho, que ganhou disputa com Jorge Henrique e será o responsável pelas jogadas no lado direito do ataque.
Assim, Giovanni, nosso único meia disponível, não estará nem no banco, enquanto os meias emprestados decidem nos times em que estão atuando. Matheuzinho faz gol no Bragantino e Luiz Ramires comanda o meio campo da invicta Ponte Preta.
Com a escalação de Romarinho,  o objetivo do Corinthians deve ser o de explorar o meio-campo cadenciado do São Paulo, que deverá ser formado por Denílson, Maicon, Ganso e Jadson.
No último treino, só com os titulares, Tite priorizou a agilidade na troca de passes, além das finalizações, cabeceios e bolas paradas.
Sendo um clássico, portanto, um campeonato à parte, a expectativa da torcida é que o Corinthians jogue com outra atitude, com garra e com vontade. E, que pelo menos por 90 minutos, o time esqueça da Libertadores.

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.com
gazetaesportiva.net
Arte GE.Net/gazetaesportiva.net
gazetaesportiva.net
gazetaesportiva.net
globoesporte.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians-globoesporte.com
Djalma Vassão/Gazeta Press/gazetaesportiva.net
Fernando Dantas/ Gazeta Press/gazetaesportiva.net

Fernando Dantas/ Gazeta Press/gazetaesportiva.net
facebook.com/fotos do mural

Nenhum comentário:

Postar um comentário