segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Feliz Natal

Embora nosso presente tenha vindo adiantado, não poderia deixar de desejar a todos os loucos do Planeta, e porquê não do Universo, um feliz Natal. E pensando no sentido do Natal, lembrar que Natal e Corinthians tem tudo a ver.
Natal e natalidade é nascimento, é esperança e disso ninguém mais do que nós, entende e representa. Somos o time capaz de nascer e renascer após percalços e dificuldades e, mesmo desacreditado por muitos, ressurgir com maior glória e esplendor, Só para lembrar, em quatro anos, nossa trajetória representou o maior renascimento da história do futebol mundial, quando emergimos do fundo do poço para o topo do mundo. Quando nos consideravam derrotados, terra arrasada e território devastado, não perdemos a esperança, trabalhamos duro, com confiança e reconquistamos o Estado, o País, conquistamos a América e reconquistamos o Mundo. Fizemos o nosso Natal, contra tudo e contra todos, com muita luta, trabalho, empenho e determinação.
Natal é amor. E por falar em amor, não existe no mundo uma torcida com mais amor do que a nossa. Uma torcida que não mede esforços e sacrifícios só para ver o time jogar, para estar junto, para apoiar e incentivar. Uma torcida que não abandona nos maus momentos, que acredita sempre, que cobra, mas apoia, que atravessa o mundo para testemunhar um amor sem limites, um amor incondicional, um amor eterno...
 
Natal é vida. E o Corinthians vivifica nossa existência, nos faz ter uma vida plena ao nos ensinar ser fortes nas dificuldades, a vencer desafios e ultrapassar obstáculos e barreiras. O Corinthians nos fortalece para enfrentar a luta do dia a dia e nos ensina a não esmorecer diante das dificuldades. Quando tudo parece desabar ao nosso redor, buscamos uma força interior acumulada no exercício do nosso corinthianismo, respiramos fundo, estufamos o peito, erguemos a cabeça e gritamos AQUI É CORINTHIANS! E se é Corinthians, não podemos recuar nem desanimar.
Natal é fraternidade. E não existe nada mais fraternal que nossa Nação Corinthiana. O Corinthians possui essa magia que nos faz abraçar desconhecidos na hora do gol, que nos une para torcer, para comemorar, que faz com que possamos nos sentir irmãos de quem não conhecemos pessoalmente, que faz com que sejamos uma grande família, uma imensa Nação. O Corinthians nos ensina a superar preconceitos de raça, de cor e de classe social. Quando dizemos "é nóis mano" esse mano está na favela e nos condomínios de luxo, é branco, é negro, é amarelo, é pele vermelha, é morador de rua, é operário, é executivo, é publicitário e nós a todos eles nos igualamos, nos irmanamos...
Natal é felicidade. E o Corinthians tem esse dom de nos fazer felizes, independente de títulos e de vitórias, embora sempre almejamos alcançá-los. 
Nesta véspera de Natal, refletindo sobre o que é o Corinthians na minha vida e no que representa o corinthianismo para a Nação, sonhei com a possibilidade de ampliar para o mundo todo esse sentimento de amor que vivencio no exercício do meu corinthianismo. E, num exercício de imaginação, pensei como seria o mundo povoado por esse sentimento. E percebi que o mundo seria muito melhor, se todo esse amor que temos pelo Corinthians pudesse se espalhar para toda a Humanidade.
 
Um mundo povoado pelo amor seria um mundo mais feliz, um mundo mais fraterno, um mundo em que nossas rivalidades e diferenças ficassem dentro do campo, em que todos pudessem vibrar mais pelas próprias vitórias do que pelas derrotas dos adversários, em que as disputas fossem leais e respeitosas, os erros de arbitragem fossem apenas erros e a justiça pautasse o comportamento dos árbitros, em que torcedores não se matassem, enfim onde em nossos corações o amor fosse tão grande que não sobraria nenhum lugarzinho para o ódio.
Por mais que eu ame o Corinthians não sinto necessidade de odiar outros times nem seus torcedores. Vejo-os como simples adversários, não como inimigos. Adversários que sempre vou querer vencer com lealdade, com justiça e com respeito. Para a grandeza do esporte, para a nossa própria grandeza.
E, com muito amor e com todo o meu corinthianismo desejo a você leitor, corinthiano ou não, um Feliz Natal.

Créditos e fontes de imagens
facebook.com/fotos do mural
facebook.com/fotos do mural
facebook.com/fotos do mural
facebook.com/fotos do mural
facebook.com/fotos do mural
facebook.com/fotos do mural
mariodemori.blogspot.com
facebook.com/fotos do mural
facebook.com/fotos do mural

Nenhum comentário:

Postar um comentário