quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Se não for sofrido, não é Corinthians

Não foi o jogo dos sonhos. Embora vindo do Egito, o Al Ahly não é um time de múmias e nos deu muito trabalho. Até começamos bem, mas depois do gol, quando tudo parecia favorável, o Al Ahly veio pra cima, o Corinthians recuou e na 2ª etapa foi pressionado até os últimos momentos. 
Se o jogo não foi dos melhores, o resultado foi bom, por ter nos colocado no final do Mundial. Apesar das dificuldades, conseguimos transpor as pirâmides interpostas no caminho e obter a classificação.
Agora, o importante é corrigir as falhas e mudar a postura no jogo da final. Danilo reconheceu que a estratégia do 2º tempo foi equivocada e os jogadores admitiram que na etapa final o jogo ficou complicado. Por outro lado, o Corinthians sempre cresce nas decisões e, contra times mais qualificados, sempre tem um bom desempenho. 
Apesar do sufoco, temos que dar um desconto pelo cansaço, pelo clima diferente, pelo fuso horário e pela ansiedade da estreia. Embora seja meio estranho que a ansiedade tenha sido maior após estarmos vencendo e no 2º tempo.
O dia do Timão
A festa da Fiel
Opinião dos jogadores
video

Gol do Guerrero
Sobre o jogo tudo já foi dito e devidamente mostrado pela mídia. Mas, não poderia deixar de destacar o belo passe do Douglas e o gol do Guerrero, bem como a atuação magnífica da nossa zaga. E de lamentar que Paulinho e Danilo não estivessem nos seus momentos mais brilhantes.
Coletiva do Tite
Apesar do sufoco, o técnico Tite aprovou o desempenho da equipe, elogiou a atuação do 1º tempo e atribuiu as dificuldades encontradas no 2º tempo à ansiedade do peso da estreia.
Outro grande destaque do jogo foi a presença da Fiel que, desde o embarque do time, não parou de dar show e que, num feito inédito, conseguiu transplantar o Pacaembu para o Japão.
Quadra da Gaviões da Fiel
Quadra da Gaviões da Fiel
video
Mas, a festa não ficou só lá, pois, em cada canto do país e em várias partes do mundo, a Fiel se reuniu para o grande momento, para torcer, vibrar, sofrer e, finalmente, comemorar a vitória e a ida para final.
Passado o 1º embate, agora é recuperar as energias, recarregar a bateria, acertar o time para a última batalha e vencer a guerra do Mundial.
E que venha o Chelsea!

Ficha Técnica - Al Ahly 0 X 1 Corinthians
Local: Toyota Stadium, em Toyota (Japão)
Data: 12 de dezembro de 2012, quarta-feira
Horário: 8:30 horas (de Brasília) 
Árbitro: Marco Rodríguez (México) 
Assistentes: Marvin Torrentera e Marcos Quintero (ambos do México) 
Público: 31.417 pagantes 
Gol: Guerrero, aos 29 minutos do primeiro tempo 
Al Ahly: Ekramy (Elseoud); Fathi, Gomaa, Naguib e Kenawi; Rabia, Ashour, Said (Aboutrika) e Soliman e Hamdi; Gedo (Meteab).  Técnico: Hossam El Badry 
Corinthians: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho, Danilo e Douglas (Jorge Henrique); Emerson (Romarinho) e Guerrero (Guilherme Andrade). Técnico: Tite

Estatísticas
Melhores momentos e comentários
video

Créditos e fontes de imagens e vídeos
meutimao.com.br
fifa.com
globoesporte.com
globoesporte.com
Ari Ferreira/lancenet.com.br
globo.com
globoesporte.com
youtube.com
facebook.com/fotos do mural
Fernando Roberto/lancenet.com
Alexandre Braga/facebook.com/fotos do mural
Lance TV/lancenet.com
fotolog.com
gazetaesportiva.net
esporte.uol.com.br
gazetaesportiva.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário