terça-feira, 23 de julho de 2013

Afogando o futebol

Minha certeza que o Mundial de Esportes Aquáticos estava sendo disputado em Barcelona, na Catalunha, sofreu um grande abalo ao ver pela TV as imagens do jogo de domingo em Curitiba. Nós, que tanto reclamamos dos brejos em que o Corinthians atuou  no Paulistão, não imaginávamos que a situação poderia ainda ser pior. Será que o Amarilla roubou, também, a drenagem daquela lagoa da Vila Capanema?
Mudaram as regras do polo aquático ou depois do futsal e do futebol americano criaram uma nova modalidade, a do futebol aquático?
Além do jogo não fluir naquele banhadão e prejudicar o time mais técnico, que trabalha as jogadas e faz a bola rolar, ainda aumentou muito o risco de lesão. Quanta irresponsabilidade da CBF de autorizar jogos nessas condições. E quanta incompetência da arbitragem em permitir que o jogo continuasse mesmo com o dilúvio e com o campo transformado em piscina.
Com um futebol impraticável, principalmente no 1º tempo, quando o jogador ia e a bola não corria, com tantos tombos de ambos os lados, fica difícil fazer uma análise do jogo, pois técnica e tática afogaram-se nas águas que caiam e nas poças que se formaram. Nadadeiras, máscara de mergulho e snorkel teriam sido muito úteis aos os jogadores.
Nessas condições, sem poder fazer uso da técnica mais aprimorada, do toque de bola, das jogadas mais trabalhadas, o chutão virou a única solução. E os gols saíram de lançamentos individuais em que os meias conseguiram achar os atacantes bem posicionados na área.
Para não variar, a arbitragem não deu um pênalti claro em cima do Ibson, derrubado dentro da área pelo Bruno Silva. Se já estava difícil jogar naquela lagoa, os erros da arbitragem potencializaram as dificuldades.
Apesar dos problemas, nossa defesa não poderia ter cometido tantos erros, principalmente pela esquerda onde se abriu um canal de navegação de trânsito livre. E na zaga, Paulo André continuou comendo bronha. E o Chicão continuou no banco. Será que o pintor continua em campo para depois poder pintar quadros dos gols que sofremos? Ou será para o Chicão não completar o 6º jogo e poder ser negociado?
Nossa defesa estava com tanta dificuldade que Tite preferiu improvisar o Alessandro pela esquerda e sacar o Fábio Santos. E o Igor, que é da posição, ficou no banco.
Os jogadores e o técnico reclamaram muito do gramado e admitiram que o jogo deveria ter sido interrompido. Tite justificou não ter utilizado os garotos nas substituições e ter optado pela improvisação pelo fato dos mesmos serem muito leves.
Pelas condições do jogo e pelo fato de não ter nenhum jogador gravemente contundido, não dá para lamentar muito o empate fora de casa com um adversário que, embora limitado, foi corajoso, atrevido e valente. Mas, se demorarmos muito para engrenar, vamos ter problemas e teremos que dar adeus ao hexa.
Melhores momentos
Ficha Técnica - Atlético-PR 1 X 1 Corinthians
Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 21 de julho de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Marcus Vinicius Gomes (ambos de MG)
Cartões amarelos: Pedro Botelho, Everton e Manoel (Atlético-PR); Renato Augusto, Danilo, Paulo André e Douglas (Corinthians)
Gols: Atlético-PR: Marcelo, aos 4 minutos do primeiro tempo; Corinthians: Alexandre Pato, aos 25 minutos do primeiro tempo
Atlético-PR: Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva, Juninho (Zezinho), Éverton e Paulo Baier; Marcelo e Marcão (Éderson). Técnico: Vagner Mancini
Corinthians: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos (Alessandro); Maldonado e Guilherme; Romarinho (Ibson), Danilo e Renato Augusto; Alexandre Pato (Douglas). Técnico: Tite

Créditos e fontes de imagens e vídeos
facebook.com/loucoporticorinthians
globoesporte.globo.com
sportv.globo.com
facebook.com/Bora Corinthians
Joka Madruga/Agência Estado/globoesporte.globo.com
Agência Corinthians/Divulgação/gazetaesportiva.net
globoesporte.globo.com
facebook.com/Salve o Corinthians
esporte.uol.com.br
facebook.com/loucoporticorinthians
esporte.uol.com.br
sportv.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário