quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

A hora do pesadelo


Melhores momentos
video
Nem o mais pessimista conseguiria admitir a situação vexatória pela qual passa o Corinthians. Sete pontos em sete jogos, quatro derrotas, último lugar no Grupo B e beirando a zona de rebaixamento. Se fosse um filme poderia chamar-se "A hora do pesadelo". Mas, não é sonho, é real. Dormindo, só o futebol letárgico que temos visto em campo, pois, embora alguns até corram, futebol que é bom, somente no sonho dos torcedores.
Apesar da virada do ano, 2013 não acabou. Ainda com a síndrome dos empates, teve jogador que saiu satisfeito. Mais lúcido que a maioria, Ralf afirmou que a torcida já teve paciência até demais. E, para quem achou o empate um bom resultado, lembremos que para esse mísero pontinho conquistado, foi preciso a ajuda do adversário.
Mirita foi o artilheiro do jogo e marcou um gol para cada lado. Num escanteio batido por Edson Ratinho, Gil errou o tempo da bola, Paulo André ficou grudado no chão, não subiu, e Mirita ficou livre para cabecear na risca da pequena área: 1 a 0. Minutos depois, finalmente uma boa jogada pela esquerda, com Ramires e Romarinho. Uendel recebeu na área, bateu forte, rasteiro e Mirita, tentando cortar, marcou contra.
Mas, apesar do resultado insuficiente, a equipe melhorou no 2º tempo, com a entrada do veterano Danilo, chegando a criar algumas oportunidades, todas desperdiçadas. Parece que de tanto que tiveram que marcar os adversários em 2013, os atacantes esqueceram-se como se faz para marcar o gol.
Mas, se faltou gol, não faltou o 3º cartão para o Émerson, já nos acréscimos e a consequente folga por suspensão, no clássico do próximo domingo. 
Émerson, vá pentear macaca!!!
De positivo no jogo, um pouco mais de vontade em campo, mas, insuficiente para reverter o resultado, devido aos erros de finalizações nas oportunidades criadas.
A torcida apoiou durante o jogo, mas não deixou de cobrar. Desta vez, o alvo principal foi o omisso presidente Mario Gobbi, aquele mesmo que quando era diretor de futebol, confessou não entender do assunto.
video
Mano viu progressos no time, afirmou que um dos objetivos - estancar as derrotas - foi alcançado, reconheceu que o time tem que se impor mais e aliviou a barra do Émerson.
Mesmo com ligeira melhora do time, pelo conjunto da obra, a situação atual do Corinthians continua preocupante.
 
 
Ficha Técnica - Mogi Mirim 1 X 1 Corinthians
Local: estádio Romildão, em Mogi Mirim (SP)
Data: 9 de fevereiro de 2014
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Alessandro Darcie
Assistentes: Márcio Luiz Augusto e Ricardo Pavanelli Lanutto
Cartões amarelos: Serginho, Fábio Sanches e Elanardo (Mogi Mirim); Paulo André e Emerson (Corinthians)
Cartão vermelho: Mirita (Mogi Mirim)
Gols: Mogi Mirim: Mirita, aos 37 minutos do primeiro tempo; Corinthians: Mirita (contra), aos 42 minutos do primeiro tempo
Mogi Mirim: Reynaldo; Valdir, Álvaro, Mirita e Leonardo (Fábio Sanches); Magal e Elanardo; Morato (Everton Sena), Edson Ratinho e Serginho; Fernando Baiano (Rivaldinho); Técnico: Aírton Silva
Corinthians: Walter; Fagner, Paulo André, Gil e Uendel; Ralf, Guilherme, Cachito Ramírez (Guerrero) e Zé Paulo (Danilo); Romarinho e Emerson; Técnico: Mano Menezes

Créditos e fontes de imagens e vídeos
meutimao.com.br
globoesporte.globo.com
googlevideo.com
Gazeta Press
Rodrigo Coca/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Rodrigo Coca/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Rodrigo Coca/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
sportv.globo.com
Gazeta Press
Gazeta Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário