sábado, 15 de fevereiro de 2014

Corinthians X Palmeiras

Sob intensa pressão e correndo atrás do prejuízo, o Corinthians enfrentará o Palmeiras neste domingo, dia 16/08, às 16 horas, no estádio do Pacaembu, pela 8ª rodada do campeonato Paulista.
Sem vencer há cinco jogos e em último lugar no Grupo B, o Timão precisa da vitória para não correr grandes riscos no campeonato. Este clássico será um divisor de águas; ou alavanca a necessária reação ou agrava a situação. 
Estamos pagando o preço da inércia e da omissão. As providências necessárias não foram tomadas em tempo hábil e só tardiamente a direção, que dormia sobre os louros das conquistas passadas, acordou. 
Com um elenco renovado, mas desentrosado, sem alguns dos medalhões acomodados, com o meio campo reforçado e com um discurso afinado, o time promete raça. 
Do lado do adversário, as águas são calmas e o céu é de brigadeiro. Com mais de 90% de aproveitamento no Paulistão, o Palmeiras está tranquilo e é o favorito do derby. 
Ficha Técnica - Corinthians X Palmeiras
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) 
Data: 16 de janeiro de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse
Corinthians: Walter (Cássio); Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Guilherme, Bruno Henrique (Danilo) e Renato Augusto (Jadson); Romarinho e Guerrero; Técnico: Mano Menezes
Palmeiras: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Wellington e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Valdivia e Mazinho; Leandro e Alan Kardec; Técnico: Gilson Kleina
Além dos possivelmente escalados, Mano relacionou, também, o goleiro Júlio César, o lateral Diego Macedo, o zagueiro Cléber, o volante Jocinei, os meias Ramires, Rodriguinho e Zé Paulo e o atacante Paulo Victor.
video
Com uma semana toda para treinar, Mano ensaiou várias formações, mas só vai revelar a escalação final na hora do jogo.
Provavelmente, teremos novidades no meio campo, com as possíveis participações dos recém contratados Bruno Henrique e Jadson e de Renato Augusto que, devido ao seu histórico de contusão, teve uma pre temporada mais prolongada.
Com três volantes, a marcação será reforçada e a zaga estará menos vulnerável. Nos treinos, Mano surpreendeu com a utilização de Felipe, zagueiro um tanto afobado e desastrado, que prima em fazer faltas, pênalti e até gol contra. Ficaria mais confiante com a escalação do Cléber ou mesmo do garoto Pedro Henrique.
Outra surpresa, pode ser a volta do Cássio, recuperado de lesão.
No ataque, Guerrero volta ao time titular e fará dupla com o Romarinho. Oxalá este esteja inspirado e repita a performance de exterminador de porquinhos.
Ao contrário do Mano, Kleina, com seu time em ótima fase, não fez mistério, promovendo apenas a volta de Juninho de suspensão.
Embora tudo pareça conspirar contra o Corinthians, clássico é sempre um campeonato à parte. Jadson e/ou Renato Augusto, poderão resolver o problema da criação e municiar melhor os atacantes. Três volantes deverão deixar a zaga menos exposta. Mas, o grande diferencial poderá ser a postura do time. A raça e a determinação poderão compensar as deficiências físicas e técnicas e sabemos que, geralmente, o coração no bico da chuteira é uma das armas mais poderosas.

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
gazetaesportiva.net
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians/globoesporte.globo.com
corinthians.com.br
facebook.com/SC Corinthians Paulista
facebook.com/Torcedores Corinthianos/vaicorinthians

Nenhum comentário:

Postar um comentário