domingo, 19 de outubro de 2014

Internacional X Corinthians

 
Chegou a hora da onça beber água. E com essa seca, água é uma coisa rara. Resta saber se a onça vai encontrar água pra beber nessa seca de vitórias que o nosso time vem sofrendo e nessa maré baixa que vem enfrentando. Eliminado VERGONHOSAMENTE da Copa do Brasil, em baixa com a torcida, com o time aparentemente rachado e numa péssima fase em campo, o Corinthians foi para Porto Alegre enfrentar o Internacional pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo acontecerá às 16 horas de domingo, dia 19/10, no estádio Beira Rio em Porto Alegre, RS. Em 6º lugar na tabela, com 46 pontos, terá como adversário o 3º colocado, com 50 pontos, mas com um jogo a menos que o vice líder São Paulo, que tem 52 pontos. 
Para cumprir a meta da diretoria e continuar vivo no campeonato, o Corinthians precisa iniciar imediatamente sua recuperação, o que implica, no mínimo, em não perder em Porto Alegre. O ideal seria uma vitória, mas o técnico Mano Menezes pensa diferente.
Para ele 'Mostrar a recuperação não significa obrigatoriamente chegar a Porto Alegre e vencer o Internacional, que é uma grande equipe e tem os mesmos objetivos que nós. Recentemente, (o Inter) passou por uma situação até pior que a nossa: tomou de cinco da Chapecoense. Essas coisas acontecem no futebol. O mais importante é o tipo de comportamento e a resposta que vamos dar na tentativa de conseguir algo melhor'.
Não sei se com essa declaração ele quer dizer que se contenta com um empate ou o que significa para ele o referido "tipo de comportamento". Só sei que se não vencer no sul, terá ainda maiores dificuldades de salvar a temporada.
Ficha Técnica - Internacional X Corinthians
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 19 de outubro de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Dewson Fernando de Freitas da Silva-PA (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 1: Kleber Lúcio Gil-SC (FIFA)
Árbitro Assistente 2: Carlos Berkenbrock - SC (ESP-1)
Quarto Árbitro: Marcio C Brum Coruja -RS (CBF-2)
Árbitro Assistente Adicional 1: Claudio Mercante Júnior - PE (ESP-2)
Árbitro Assistente Adicional 2: Emerson Luiz Sobral - PE (CBF-2)
Delegado: Paulo Jorge Alves -BRA (ASS)
Internacional: Dida; Wellington Silva, Paulão, Ernando e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex, D’Alessandro e Alan Patrick (Valdívia); Nilmar; Técnico: Abel Braga
Corinthians: Cássio, Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique, Elias, Petros, Jadson e Renato Augusto; Guerrero; Técnico: Mano Menezes
No Corinthians, também foram relacionados os goleiros Walter e Danilo Fernandes, os laterais Ferrugem e Wendel, o zagueiro Felipe, o volante Guilherme Andrade, os meias Danilo e Lodeiro e os atacantes Malcom, Luciano e Romero.
Estão fora, no Internacional, Juan com lesão no tendão do pé direito e o volante Wellington, que operou o tornozelo esquerdo na quinta, Luque, Eduardo Sasha e Muriel, em tratamento fisioterápico. Não há jogadores suspensos; no Corinthians, Ralf, com dores no joelho direito. Não há ninguém suspenso.
Estão pendurados com dois cartões amarelos, no Internacional, Cláudio Winck, Dida, Gilberto, Jorge Henrique, Juan, Nilmar, Paulão e Wellington Paulista; e no Corinthians, Anderson Martins, Cássio, Fagner e Paolo Guerrero.
Abel Braga contará com retornos importantes à equipe do Internacional: Wellington Silva e Jorge Henrique, recuperados de lesão, Aránguiz, que retorna após convocação para a seleção chilena, e Dida, que volta após cumprir suspensão. No entanto, a grande atração será a estreia de Nilmar como titular.
No Corinthians, embora tenha fechado o treino de sábado, Mano, na sexta feira, deu sinal de possíveis mudanças no time. Devido à falta de posse de bola na derrota para o Atlético-MG, o time treinou com mais jogadores no meio de campo. O meia Jadson substituiu o atacante Malcom e Guerrero foi o único atacante em campo. O zagueiro Gil e o volante Elias retornam ao time após a excursão com a seleção e Bruno Henrique deverá substituir Ralf, com dores no joelho.
Internacional e Corinthians duelarão em condições bastante diferentes. Enquanto o time gaúcho tem 50 pontos, a seis do líder Cruzeiro, e luta pelo título do Brasileirão, o Corinthians encontra-se em crise e jogará pressionado, necessitando da vitória para se recuperar, inclusive psicologicamente,  da eliminação na Copa do Brasil. A maior pressão da torcida é pela demissão do técnico Mano Menezes, que apesar de ter tido tempo suficiente para treinar, de ter a sua disposição excelente estrutura e de ter sido atendido na quase totalidade das solicitações de reforços, não conseguiu dar um padrão tático ao time, nem motivar os jogadores, que com raríssimas exceções, têm entrado em campo com uma postura apática e displicente. Vencer hoje é obrigação para o time continuar vivo no campeonato e até para o Mano manter o seu emprego.
Diante da irregularidade e da péssima atuação do time em Belo Horizonte, não consigo estar otimista. É claro que vou torcer, vibrar e rezar para o Corinthians ganhar e apoiar sempre. E desejar que as alterações deem certo e que todos no time, e não apenas o Cássio e o Guerrero, joguem com raça e que respeitem a camisa do Corinthians.

Créditos e fontes de imagens e vídeo
meutimao.com.br
Diego Guichard/globoesporte.globo.com
gazetaesportiva.net
gazetaesportiva.net
Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com
MAON
Fernando Dantas-Gazeta Press/gazetaesportiva.net/MAON

Nenhum comentário:

Postar um comentário