sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Mais três pontos

Nesta fase de reconstrução, somar pontos é lucro. Jogar bem, manter a regularidade, aí já é pedir demais. Mas, já dá pra perceber que estamos engrenando e que estamos evoluindo. Fizemos um bom primeiro tempo e tivemos uma atuação superior ao jogo de estreia. Dominamos totalmente a etapa inicial, com muita movimentação e forte marcação, finalizamos sete vezes contra apenas uma do adversário e o resultado só não foi melhor porque continuamos errando no arremate final. E ainda fizemos o gol que nos garantiu a vitória, marcado por Uendel, com passe de Rodriguinho. 
Gol
Após um primeiro tempo avassalador, o Timão apresentou uma queda física e técnica, recuou no campo de defesa e pouco ameaçou o Audax, aproveitando-se da pouca qualidade ofensiva do adversário para apenas administrar a magra vantagem de 1 a 0. Sonolento, chegou até a ser ameaçado pelo adversário e só voltou a ter o controle do jogo com as substituições de Danilo por Guilherme e Lucca por Marlone. No final, Willians entrou no lugar de Elias, que sentiu um desgaste muscular, fechando ainda mais o time. Estranhei essa substituição. Se Elias, segundo volante, saiu por problemas físicos, o natural não seria a entrada de Maycon, jogador da mesma posição? 
Na defesa, merece destaque a atuação segura e precisa do Yago, que vem se credenciando para substituir à altura o bom zagueiro Gil, vendido para a China. No meio campo, Elias foi pouco participativo no ataque, Danilo deu bons passes, embora seu físico já não mais acompanhe sua boa técnica, e Rodriguinho teve uma atuação bem superior aos jogos anteriores, inclusive dando o passe para o gol de Uendel. No ataque, Lucca perdeu mais uma oportunidade de mostrar serviço e Romero, como todo o time, caiu de produção na etapa final. Embora tenham atuado por pouco tempo, Guilherme e Marlone foram fundamentais para a retomada do controle do jogo. Com bons toques de bola e passes precisos, Guilherme tem tudo para dinamizar o meio campo e melhorar a transição para o ataque. Marlone, tem muita garra, mas ainda precisa diminuir a ansiedade para acertar o último passe.  Uendel, que não foi bem na estreia, tendo até que ser substituído pelo Arana, teve uma uma melhora substancial. Foi bem na marcação e no apoio, atuou bem no ataque e marcou o gol que garantiu os três pontos e o 100% do aproveitamento corinthiano no campeonato. 
Com o resultado, o Corinthians, com duas vitórias e 6 pontos, é o líder do Grupo D. Seu próximo compromisso será contra o Capivariano, na quinta-feira, dia 11/02, às 21:00 horas, na Arena Corinthians, em Itaquera. 
Melhores momentos
Ficha Técnica - Grêmio Osasco Audax 0 X 1 Corinthians
Local: Estádio José Liberatti, em Osasco (SP)
Data: 4 de fevereiro de 2016, quinta-feira
Horário: 19:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Árbitro Assistente 1: Herman Brumel Vani
Árbitro Assistente 2: Gustavo Rodrigues de Oliveira
Quarto Árbitro: Roberto Pinelli
Público: 6.399 pagantes
Renda: R$ 269.660,00
Cartões amarelos: Bruno Paulo (Grêmio Osasco Audax); Yago (Corinthians)
Gol: Corinthians: Uendel, aos 12 minutos do primeiro tempo
Grêmio Osasco Audax: Felipe Alves; Francis, André Castro (Márcio Diogo), Bruno Silva e Léo Bahia (Felipe Diadema); Tchê Tchê, Camacho e Rodrigo Andrade; Mike (Rodolfo), Ytalo e Bruno Paulo; Técnico: Fernando Diniz
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Elias (Willians), Romero Rodriguinho e Lucca (Marlone); Danilo (Guilherme); Técnico: Tite

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
globoesporte.globo.com/Sergio Barsaghi-Gazeta Press-gazetaesportiva.net/MAON 
Sergio Barsaghi/Gazeta Press/gazetaesportiva.net
youtube.com/globo.com 
Sergio Barsaghi-Gazeta Press/MAON 
Marcelo Braga/globoesporte,globo.com 
youtube.com/globo.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário