terça-feira, 14 de maio de 2013

Ganhou, mas não levou. Ainda não...

Melhores momentos
Depois de um 1º tempo avassalador, em que poderia ter colocado a mão na taça, o Corinthians venceu por apenas 2 a 1 e deixou o campeonato em aberto. Embora com maior volume de jogo e com o time muito superior ao do Santos, o Timão pecou nas finalizações e  deu uma sobrevida ao adversário, que vai fazer de tudo para ressuscitar no jogo da volta.
O Santos só conseguiu ver a cor da bola no 2º tempo, quando Murici mexeu no time, mesmo assim, com o bailarino da baixada anulado, não conseguiu superar a intensidade do Timão. E só conseguiu fazer um gol devido a um vacilo do time da casa, que deixou o Durval subir sozinho, numa jogada de bola parada.
Paulinho, jogando com mais liberdade, foi o nome do jogo e Gil foi impecável. O time jogou muito bem, mas falhou nas finalizações, perdendo gols imperdíveis. E, como o que vale no futebol é bola na rede, falhou em algo essencial e fundamental, no gol.
Se o resultado não traduz o desempenho, pelo menos demonstrou que o time recuperou a antiga pegada, essencial para os desafios que virão. Um bom sinal para quem ainda não havia se encontrado  nesta temporada.
Os gols do Timão foram marcados por Paulinho e Paulo André e o do Santos por Durval. Portanto, nenhum por atacante. Só por zagueiros e volante. 
Embora reconhecendo que as falhas de finalizações não podem mais ocorrer, os jogadores, Tite e a crítica, aprovaram o desempenho do Timão. 
Entrevistas do Paulinho
Entrevista do Paulo André
Entrevista do Tite
Comentários da imprensa
No jogo de volta, um empate será suficiente. Mas, não podemos pensar pequeno e, apesar de visitantes e com a torcida adversa, temos que jogar pra ganhar, pois temos time para isso. Mas, antes disso, vamos calar o Boca e os meia bocas.
Ficha Técnica - Corinthians 2 X 1 Santos
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) 
Data: 12 de maio de 2013, domingo
Horário: 16 horas (horário de Brasília) 
Público: 36.306 pagantes
Renda: R$ 1.497.642,00
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP) 
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP) 
Cartões amarelos: Paulo André (Corinthians); Cícero e Léo (Santos)
Gols: Corinthians: Paulinho, aos 41 minutos do primeiro tempo; Paulo André, aos 29 minutos do segundo tempo; Santos: Durval, aos 37 minutos do segundo tempo
Corinthians: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Romarinho (Edenílson), Emerson e Danilo; Guerrero (Pato). Técnico: Tite
Santos: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Marcos Assunção (Felipe Anderson), Arouca e Cícero; Miralles (André) e Neymar. Técnico: Muricy Ramalho
Estatísticas

Créditos e fontes de imagens
facebook.com/A Grande Família Corinthiana
globoesporte.com
facebook.com/Paolu Gerrydo(Oficial)
globoesporte.com
republicadocorinthians.com.br
Créditos e fontes de vídeos
globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário