sábado, 22 de outubro de 2016

Flamengo X Corinthians

Pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians foi para o Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo neste domingo, 23/10, às 17:00 horas, no estádio Maracanã. Sétimo colocado na tabela de classificação, com 48 pontos, 14 vitórias, 6 empates, 11 derrotas e 52% de aproveitamento, o Timão terá por adversário o vice líder com 60 pontos, 18 vitórias, 6 empates, 7 derrotas e 65% de aproveitamento. Distante 4 pontos do líder Palmeiras, o Flamengo ainda tem possibilidades de conquistar o título brasileiro, enquanto ao Corinthians resta apenas a chance de conseguir uma vaga para a Pré Libertadores. O time da Gávea, que perdeu de virada do Internacional, deverá vir com tudo para recuperar-se no campeonato diante de sua torcida na volta ao Maracanã. O Corinthians, embora tenha vencido os dois últimos jogos no Brasileirão, quando enfrentou os dois últimos colocados na tabela, vem de uma derrota para Cruzeiro que o eliminou da Copa do Brasil e precisa vencer o jogo para se recuperar e se manter na briga pela vaga no torneio continental.
Ficha Técnica - Flamengo X Corinthians
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de outubro de 2016, domingo
Horário: 17:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco – RS (FIFA)
Árbitro Assistente 1: Rafael da Silva Alves – RS (ASP-FIFA)
Árbitro Assistente 2: Elio Nepomuceno de Andrade Junior – RS (CBF-1)
Quarto Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto – RS (CBF-1)
Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Diego e Mancuello; Emerson Sheik (Marcelo Cirino) e Paolo Guerrero; Técnico: Zé Ricardo
Corinthians: Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Camacho, Giovanni Augusto, Romero, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Guilherme; Técnico: Oswaldo de Oliveira
No Corinthians, além dos escalados, também foram relacionados os goleiros Cássio e Matheus Vidotto, os laterais Guilherme Arana e Léo Príncipe, o zagueiro Léo Santos, os volantes Cristian e Camacho, o meia Marlone e os atacantes Gustavo, Lucca e Rildo.
Estão fora: no Flamengo, Ederson e Everton, lesionados; e no Corinthians, Yago, Bruno Paulo e Danilo, lesionados, e Pedro Henrique, suspenso.
Estão pendurados com dois cartões amarelos: no Flamengo Alan Patrick, Marcelo Cirino, Diego, Rafael Vaz e Mancuello; e no Corinthians Balbuena, Vilson, Uendel e Guilherme.
No Flamengo, o técnico José Ricardo fechou o último treino para a imprensa e fez mistério da escalação, mas deverá vir com o que tem de melhor disponível. O meia argentino Mancuello poderá ganhar a vaga de Gabriel para dividir com Diego a armação, na tentativa de municiar melhor Paolo Guerrero. O também armador Everton, com a coxa direita lesionada, poderá ser substituído por Emerson Sheik ou Marcelo Cirino.
No Corinthians, Oswaldo de Oliveira não fez mistério e definiu o time com algumas mudanças. Gustavo, recuperado de lesão, voltou a ser relacionado, mas ficará como opção no banco de reservas, pois o técnico optou por manter Guilherme como falso 9. Na zaga, Vilson substituirá o suspenso Pedro Henrique. Na cabeça de área, o volante Willians entrará no lugar de Camacho, para aumentar o poder de marcação no meio de campo, e no setor ofensivo, Marquinhos Gabriel e Romero atuarão abertos pelos lados do campo de ataque.
No último treino na manhã de sábado, Oswaldo, para testar as novas opções, trocou o tradicional treino tático por um coletivo, enfatizando as jogadas de bolas paradas e as triangulações pelos lados do campo. Durante a atividade ele cobrou precisão nas bolas aéreas, triangulações ofensivas em velocidade, chegada dos meias e finalizações de fora da área.
Com ambos os times precisando da vitória, o jogo deverá ser bastante pegado e disputado. Em melhor situação no campeonato e aspirando o título, jogando em casa e com o apoio da torcida, o Flamengo deverá ir pra cima, dando trabalho para nossa defesa que, depois das saídas de Gil e Felipe, tem sido uma verdadeira mãe. Temos que ser firmes na marcação, razão pela qual Oswaldo optou por um 1º volante de ofício em detrimento da melhor qualidade do passe de Camacho. Mas, o Willians não pode confundir firmeza na marcação com violência. A presença de Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel, pelo que ambos vêm demonstrando em campo, é preocupante. Considero que Camacho e Marlone seriam melhores opções. Mas, como simples torcedora, proibida de acompanhar os treinos no bunker Dr Joaquim Grava, espero e desejo estar enganada, que eles justifiquem suas presenças e se não produzirem o esperado, sejam rapidamente substituídos. Pelas dificuldades esperadas ninguém pode bobear nem vacilar. Espero que Fagner já tenha esgotado sua cota de vacilos na temporada e que volte a ser o jogador de referência que era antes da "maldição" da seleção. Para não perdermos pontos no Maracanã é indispensável não perder o foco. O time tem que manter total concentração e, no mínimo, não tomar gol. E que São Jorge nos proteja.

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br-Getty Images/esporte.uol.com.br-MAON
Gilvan de Souza/Flamengo/extra.com.br-Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians/gazetaesportiva.com-MAON
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/meutimao.com.br-Djalma Vassão/Gazeta Press-Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians/corinthians.com.br-MAON
facebook.com/Corinthians AMOR Eterno

Nenhum comentário:

Postar um comentário