terça-feira, 18 de outubro de 2016

Matando um Coelho com duas cajadadas

Precisando do resultado contra o lanterna do Brasileirão, o Corinthians foi à caça e, sem dificuldade, matou o Coelho no 1º tempo e depois só administrou o resultado. Superior em todo o jogo, dominou totalmente a partida, atuando com muita movimentação e velocidade, num jogo que, pela superioridade técnica do Timão, poderia acabar em goleada. Não sei se foi para se poupar para o jogo em Belo Horizonte contra o Cruzeiro pelas quartas de final da Copa do Brasil, ou se foi por cansaço, a verdade é que o Corinthians satisfeito com o resultado, tirou o pé, uma vez que o adversário não oferecia perigo. 
Gols
Os gols saíram no 1º tempo. Aos 16 minutos, Rodriguinho deixou Guilherme livre na área, que rolou para Romero empurrar para o fundo gol, abrir o placar em Itaquera e tornar-se o maior goleador da Arena Corinthians, com 16 gols, superando o traíra mercenário (15 gols). Aos 38 minutos, num contra ataque, Guilherme tocou de peito para Uendel, que arrancou em velocidade e devolveu para o camisa 10, que cruzou na medida para Rodriguinho finalizar marcando um golaço.
Com o jogo controlado e sem que o América-MG oferecesse algum perigo, o Corinthians diminuiu o ímpeto e o placar manteve-se alterado até o final da partida. Com 60,4% de posse de bola, o Timão poderia ter saído com um placar mais elástico, não fossem as boas defesas do goleiro adversário. Do lado alvinegro, Walter não teve muito trabalho, mas quando solicitado, no único lance de perigo do América-MG, fez uma bela defesa.
Merecem destaque as atuações de Guilherme, com boa movimentação, ajudando na armação da equipe e as assistências aos dois gols, bem como as de Romero e Rodriguinho. O garoto paraguaio, além do gol, mostrou muita raça e ajudou na marcação, com carrinhos precisos. Rodriguinho iniciou a jogada do primeiro gol, marcou um golaço e distribuiu bons passes. 
Entrevista
Talvez pelo efeito Oswaldo e para mostrar serviço ao novo técnico, os jogadores demonstraram mais vontade em campo. Oxalá esteja de volta a velha raça corinthiana. A torcida voltou a prestigiar o time, comparecendo e apoiando. Com pouco tempo no Timão, o novo técnico ainda não pode imprimir sua marca no time, a não ser em relação ao aspecto psicológico, motivando os jogadores. Mesmo assim, Marlone credita a ele o acerto de algumas jogadas de bola parada, que deram certo, como as diagonais do Guilherme, e as passagens dos laterais.
Com o resultado, o Corinthians subiu da nona para a sétima colocação, com 48 pontos, os mesmos do Atlético-PR, última equipe dentro do G6, zona de classificação para a Copa Libertadores da América de 2017. 
Pelo Campeonato Brasileiro, o Timão volta a campo no próximo domingo, 23/10, à 17:00 horas (de Brasília) para enfrentar o Flamengo, possivelmente, no Maracanã. Antes, porém, vai encarar o Cruzeiro pelo duelo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, 19/10, às 21:45 horas, no Mineirão. Após vencer o primeiro encontro por 2 a 1, em Itaquera, a equipe paulista joga pelo empate em Belo Horizonte.
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians X América-MG
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 16 de outubro de 2016, domingo
Horário: 18:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva - PA (FIFA)
Assistente 1: Márcio Gleidson Correia Dias - PA (ASP-FIFA)
Assistente 2: Hélcio Araújo Neves - PA (CBF-1)
Quarto Árbitro: Paulo Schleich Vollkoph - MS - (CBF-1)
Público: 25.965 torcedores no total
Renda: R$ 1.285.708,00
Cartão Amarelo: Giovanni Augusto e Pedro Henrique (Corinthians); Tony (América-MG)
Gols: Corinthians: Ángel Romero, aos 16 minutos do primeiro tempo, e Rodriguinho, aos 38 minutos do primeiro tempo
Corinthians: Walter; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho, Giovanni Augusto (Marciel), Romero, Rodriguinho e Marlone (Rildo); Guilherme (Lucca); Técnico: Oswaldo de Oliveira
América-MG: João Ricardo; Jonas, Éder Lima, Messias e Gilson (Sávio); Leandro Guerreiro, Juninho (Christian Sávio), Ernandes, Tony e Nixon (Danilo Barcelos); Osman; Técnico: Enderson Moreira
Bastidores
Pós jogo

Créditos e fontes de imagens e vídeos
globoesporte.globo.com-Agência Corinthians/corinthians.com.br-MAON
facebook.com/Cris Girao-Sergio Barzaghi/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-MAON
youtube.com/Esportes HD-globo.com
Sergio Barzaghi/Gazeta Press/gazetaesportiva.com
Sergio Barzaghi/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-facebook.com/Cris Girao-MAON
youtube.com-CORINTHIANOS ROXOS CANAL-globo.com
Marcelo Braga/globoesporte.globo.com-facebook.com/Cris Girao-MAON
youtube.com/Futebol Rei-globo.com
youtube.com/Corinthians
youtube.com/Corinthians

Nenhum comentário:

Postar um comentário