sábado, 23 de fevereiro de 2013

Bragantino X Corinthians

De luto e ainda consternado pela tragédia de Oruro, o Corinthians enfrentará o Bragantino pela 9ª rodada do Campeonato Paulista de 2013, em Bragança Paulista, no estádio Nabi Abi Chedid, às 16 horas de domingo, 13/02/2013.
Vindo de três empates seguidos e na 8ª colocação, a última da zona de classificação, o Timão terá como adversário um time que tem apenas um ponto a menos, se recuperou de uma série ruim vencendo dois jogos seguidos e tem a ambição de avançar para obter a classificação para a série seguinte.
Ficha Técnica - Bragantino X Corinthians
Local: estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP) 
Data: 24 de fevereiro de 2013, domingo 
Horário: 16 horas (de Brasília) 
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho 
Assistentes: Fabrício Porfírio de Moura e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva 
Bragantino: Rafael Defendi; Kadu, André Astorga e Rafael Andrade; Diego Macedo, Serginho, Geandro, Neto e Léo Jaime; Malaquias e Lincom. Técnico: Mazola Júnior 
Corinthians: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Renato Augusto, Douglas e Romarinho; Alexandre Pato. Técnico: Tite 
Além dos escalados, Tite relacionou, também Júlio Cesar, goleiro; Igor, lateral; Felipe, zagueiro; Guilherme e William Arão, volantes; Giovanni, meia; e Léo e Paolo Guerreiro, atacantes. O Timão atuará sem cinco titulares. Jorge Henrique, com a coxa direita machucada, está fora, bem como os desgastados Alessandro, Danilo, Emerson e Guerrero. 
Conforme o treinamento deste sábado, Edenílson será utilizado na vaga de Alessandro na lateral-direita. Já no meio-campo, Douglas ganha nova oportunidade e ocupa a função de Danilo como principal armador. Renato Augusto jogará no lugar de Emerson, enquanto Alexandre Pato será a referência ofensiva. Jorge Henrique, que deixou o jogo contra os bolivianos com dores musculares, dá lugar a Romarinho. Com dores musculares, Guerreiro ficará no banco de reservas. A grande novidade é a volta de Douglas, que nos últimos jogos ficou fora até do banco de reservas para recuperar a força física.
No último treino, Tite comandou uma atividade de quase duas horas. Preocupado com os erros de finalizações e com a ausência de gols de bola parada, tais fundamentos foram enfatizados no treinamento, com um ótimo índice de aproveitamento por parte de Alexandre Pato. Tite reconheceu a necessidade de aprimorar a bola parada, que pode ser decisiva num jogo. 
Técnica e estruturalmente temos um time muito superior, que pela qualidade do seu elenco, dá-se ao luxo de ter como reserva, jogadores que seriam titulares em qualquer outro clube. Mas, o momento do Corinthians não é fácil. Vindo de quatro empates consecutivos e abalados emocionalmente pela morte do torcedor boliviano em Oruro, os jogadores e comissão técnica precisam sufocar suas emoções e atuar profissionalmente, superando seus próprios sentimentos diante do ocorrido. Mais do que nunca, o time vai precisar de muita concentração para não perder o foco.
Creio que as mudanças no time não são preocupantes, e em alguns casos, poderão até melhorar o desempenho, tendo em vista que alguns jogadores, por desgaste ou por outras razões, caíram muito de rendimento. 
A expectativa é de um bom jogo e que o mesmo sirva, não só para o reencontro com a vitória, mas também para a superação dos traumas e ara a retomada do equilíbrio, imprescindível para o enfrentamento dos próximos obstáculos.

Créditos e fontes de imagens
facebook.com/C0r1nth14n5 m1L gr4u
meutimao.com.br
Daniel Augusto Júnior Agência Corinthians/globoesporte.com
Rodrigo Faber/globoesporte.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/globoesporte.com
facebook.com/corinthians

Nenhum comentário:

Postar um comentário