quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Once Caldas X Corinthians - Pré Libertadores

Depois de uma verdadeira maratona, com 15 horas de viagem, troca de avião e parte do trajeto em ônibus, o Corinthians chegou a Manizales para o jogo de volta da Pré Libertadores. Como o jogo de ida, na Arena Corinthians, terminou 4 a 0 para o Timão, o time pode perder por até três gols de diferença (ou por quatro, desde que marque). O Once Caldas precisa vencer por cinco gols. Caso devolva os 4 a 0, força a decisão por pênaltis.
O vencedor desta noite entra no Grupo 2 da fase de grupos da Copa Libertadores e enfrentará o São Paulo na próxima quarta-feira, em Itaquera. San Lorenzo-ARG e Danúbio-URU são os outros rivais da chave. 
Ficha Técnica - Once Caldas X Corinthians
Local: estádio Palogrande, em Manizales (COL)
Data: 11 de fevereiro de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Dario Ubriaco (URU)
Assistentes: Miguel A. Nievas (URU) e Carlos Pastorino (URU)
Quarto Árbitro: Imer Machado (COL)
Once Caldas: José Cuadrado; Marlon Piedrahita, Camilo Pérez, Dayro Moreno e Fausto Obeso; Jonathan Lopera e Hárrison Henao; Maicol Balanta, John Valoy e Johan Arango; Sebastián Penco; Técnico: Flabio Torres
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson; Danilo; Técnico: Tite
O Corinthians, embalado por cinco vitórias consecutivas, (sobre Bayer Leverkusen, Corinthian-Casuals, Marília, o próprio Once Caldas e Palmeiras), não contará com Guerrero e Fábio Santos, expulsos no primeiro jogo, que serão substituídos por Danilo, (ou Luciano) e por Uendel. 
Nosso adversário, em crise por três derrotas na semana, vai para o jogo com uma formação mais ofensiva e apenas um volante, Henao, que tem características de armador. A procura por ingressos em Manizales tem sido baixa e há poucas chances de o Estádio Palogrande se aproximar da capacidade máxima de 36 mil torcedores.
Mesmo em vantagem e com a equipe colombiana em má fase, Tite vai utilizar o que tem de melhor disponível e até poupou vários jogadores no derby. Técnico e jogadores estão conscientes que a disputa não acabou e que o time tem que jogar com seriedade para passar para a fase de grupos. 
Na noite desta terça, os jogadores corinthianos estiveram por uma e hora e meia no palco da decisão, numa atividade de reconhecimento do gramado, quando realizaram um treinamento tático bastante movimentado comandado por Tite. 
O técnico iniciou a atividade com Danilo jogando mais adiantado, fazendo a função do Guerrero. Luciano, concorrente dele na disputa, começou o treino à beira do gramado, aguardando uma chance. Pouco depois disso, os jornalistas brasileiros e colombianos tiveram de deixar as arquibancadas para que o comandante continuasse o treinamento. 
A opção para o ataque será uma escolha técnica do treinador. Danilo dará mais cadência ao jogo, prendendo a bola para que os meio-campistas se aproximem, enquanto com Luciano, o time ficará mais rápido, empurrando a defesa rival para trás. 
Embora Edu Dracena tenha atuado bem no último domingo, Tite manteve Felipe na zaga, deixando o ex santista como opção de banco. 
Apesar do jogo ser fora de casa, o Corinthians, pelo que vem demonstrando na temporada, tem condições de impor seu jogo e partir para cima, sem precisar ficar só se defendendo e esperando pra contra atacar. Tem que mostrar que manda no jogo, além de tomar cuidado para não perder jogadores por expulsão. Sabemos que Libertadores é um campeonato pegado, catimbado e com uma arbitragem sempre disposta a prejudicar os times brasileiros. Por isso, todo cuidado é pouco. 
Temos plenas condições de voltar com a classificação e até com uma vitória. Para isso é só manter a compactação e a disciplina tática demonstrada nos jogos anteriores e maneirar nas faltas sem revidar as agressões, que sempre ocorrem neste torneio.

Créditos e fontes de imagens
facebook.com/Renato Silva
facebook.com/Zagueiro Gil
skyscrapercity.com
Divulgação/gazetaesportiva.net
Carlos Augusto Ferrari/globoesporte.globo.com
agenciacorinthians.com.br/facebook.com/Brahma Timão

Nenhum comentário:

Postar um comentário