terça-feira, 21 de junho de 2016

No segundo tempo. o Fogo apagou

Depois de alguns sustos e de uma frangada do Cássio, o Corinthians melhorou e conseguiu vencer o Botafogo. Foi um primeiro tempo ruim, com pouco futebol, pouca criatividade e muita dificuldade na articulação das jogadas, com a defesa batendo cabeça e com sérios problemas no ataque. O Botafogo bem armado defensivamente e aproveitando os contra ataques, dificultava a vida dos corinthianos. Mas, mesmo com o Botafogo melhor em campo, foi o Corinthians que, aos 23 minutos, abriu o placar. Fagner invadiu a área pela direita, tocou para trás, Bruno Henrique dominou a bola na entrada da área e bateu colocado, inaugurando o placar em Itaquera. Mas, a alegria durou pouco, e aos 27 minutos, Sassá lançou a bola para Leandrinho, que chutou forte e cruzado. Cássio saiu mal no lance e a bola passou por cima dele e foi para a rede, empatando o jogo. O Corinthians sentiu o golpe, os cariocas se animaram e por duas vezes levaram perigo à meta corinthiana. Felizmente, Neílton, livre de marcação dentro da área, desperdiçou ao concluir torto, de canela, e Gervásio Núñez mandou a bola na trave. 
O Corinthians voltou do vestiário com uma mudança. Cássio, que já havia passado mal no treino se sábado, voltou a ter problemas e foi substituído por Caique França, que fez sua estreia no time principal. Carille passou Marquinhos Gabriel para o meio, recuou Romero e adiantou Guilherme. Com as mudanças, o Corinthians, com mais movimentação e facilidade no ataque, passou a controlar o jogo e, mesmo com a mudança promovida por Ricardo Gomes, com a troca de Gervásio Núñez por Victor Luis, o Botafogo não conseguiu reequilibrar a partida. Romero, com mais liberdade foi mais participativo e aos sete minutos passou a bola para Marquinhos Gabriel, que arrancou pela direita deixando para trás dois marcadores, invadiu a área e chutou cruzado para ampliar o placar. 
Gols
Em desvantagem, o Botafogo tentou desesperadamente o gol de empate, mas o Corinthians não deu espaço e, mais ofensivo, fez o goleiro Sidão trabalhar. Aos 43 minutos, Fagner , numa cobrança de falta, levantou a bola na área, Balbuena escorou de cabeça, Bruno Henrique dominou e mandou para a rede, marcando seu segundo gol na partida. 
Podemos dizer que tivemos um jogo diferente em cada tempo. Na etapa inicial, o domínio foi do time visitante e nossa defesa deu muito espaço; na final o Corinthians superou suas dificuldades e dominou a partida. Merecem destaque as atuações de Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel e Fagner. Romero, na etapa final, com mais liberdade e não fixo na área, foi mais efetivo e participou da jogada do segundo gol. Caique França, embora não tenha tido muito trabalho, quando acionado, mostrou segurança. Deixaram a desejar, com atuações ruins, o goleiro Cássio, que reconheceu ter falhado no gol, Lucca e Rodriguinho. 
O Timão teve mais posse de bola, 57%, finalizou 12 vezes, contra 10 do Botafogo e fez 22 desarmes, contra 18 do adversário. 
Com o resultado, o Corinthians alcançou 16 pontos, com 5 vitórias, 1 empate, 3 derrotas, 59% de aproveitamento e ocupa o 4º lugar na classificação do campeonato, com a diferença de três pontos do líder e do vice líder. Já o Botafogo, permanece com 8 pontos, com duas vitórias, 2 empates, 5 derrotas, 30% de aproveitamento e ocupa o 18º lugar. 
Na próxima rodada, o Corinthians enfrentará o Atlético-MG, quarta-feira, 22/06, às 21:45 horas, (de Brasília), no Mineirão, e o Botafogo receberá o Figueirense, no mesmo dia, às 21:00 horas, no Estádio Municipal de Juiz de Fora. 
Antes do início do jogo, Tite e Edu Gaspar, que se demitiram do Timão para atuarem na seleção brasileira, foram homenageados pelo Corinthians, pela torcida e pelos jogadores. (Vídeo da homenagem, no final do post).
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 3 X 1 Botafogo 
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 19 de junho de 2016, domingo
Horário: 16:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques - PR - (ASP-FIFA) 
Assistente 1: Ivan Carlos Bohn - PR - (CBF-1) 
Assistente 2: Rafael Trombeta - PR - (ASP-FIFA) 
Quarto árbitro: Vinicius Furlan - SP - (ASP-FIFA)
Público: 34.747 pagantes (total de 35.024)
Renda: R$ 2.023.396,50
Cartões amarelos: Balbuena e André (Corinthians); Fernandes e Victor Luis (Botafogo)
Gols: Corinthians: Bruno Henrique, aos 23 minutos do primeiro tempo e aos 43 minutos do segundo tempo, e Marquinhos Gabriel, aos 7 minutos do segundo tempo; Botafogo: Leandrinho, aos 27 minutos do primeiro tempo
Corinthians: Cássio (Caique França); Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho (Willians), Marquinhos Gabriel, Guilherme (André) e Lucca; Romero; Técnico: Fábio Carille
Botafogo: Sidão; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Fernandes, Bruno Silva, Gervásio Núñez (Victor Luis) e Leandrinho (Salgueiro); Neilton e Sassá (Ribamar); Técnico: Ricardo Gomes 
Homenagem para Tite e Edu Gaspar
Créditos e fontes de imagens e vídeos 
globoesporte.globo.com-Djalma Vassão/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-MAON
Djalma Vassão/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-twitter.com/@Corinthians-MAON
youtube.com-globo.com
Carlos A. Ferrari/globoesporte.globo.com
youtube.com-globo.com
youtube.com-globo.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário