sábado, 11 de junho de 2016

Palmeiras X Corinthians

Pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians enfrentará o Palmeiras neste domingo, 12/06, às 16:00 horas, horário de Brasília, no Allianz Park, em São Paulo, SP. O Corinthians, que iniciou a rodada na liderança da competição, mas devido à vitória do Internacional e ao empate do Grêmio, que já atuaram na 7ª rodada, passou para o 3º lugar, tem 13 pontos, 4 vitórias, 1 empate, uma derrota e 72% de aproveitamento, e o Palmeiras ocupa o 4º lugar, com 12 pontos, 4 vitórias, duas derrotas e 67% de aproveitamento. 
Devido à incompetência e a falência dos responsáveis pela segurança pública, os clássicos paulistas serão realizados com torcida única. Assim, a Fiel estará ausente do estádio e impedida de apoiar in loco o nosso Timão. 
Ficha Técnica - Palmeiras X Corinthians
Local: Allianz Park, em São Paulo (SP)
Data: 12 de junho de 2016
Horário: 16:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus – SP (FIFA)
Árbitro assistente 1: Emerson Augusto de Carvalho – SP (FIFA)
Árbitro assistente 2: Rogerio Pablos Zanardo – SP (ASP-FIFA)
Quarto árbitro: Thiago Duarte Peixoto – SP (ASP-FIFA)
Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Thiago Martins e Egídio; Thiago Santos e Tchê Tchê; Róger Guedes, Moisés e Dudu; Gabriel Jesus. Técnico: Cuca
Corinthians: Walter; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Cristian, Bruno Henrique, Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Luciano; Técnico: Tite 
Além dos possíveis escalados, também foram relacionados: 
No Palmeiras o goleiro Jaílson, os laterais Zé Roberto e Fabiano, o zagueiro Roger Carvalho, os volantes Matheus Sales e Egídio, os meias Fabrício, Cleiton Xavier e Vitinho, e os atacantes Luan, Rafael Marques, Alecsandro e Erick. 
No Corinthians o goleiro Cássio, o lateral Guilherme Arana, o zagueiro Pedro Henrique, os volantes Willians, Maycon e Camacho, os meias Danilo, Rodriguinho e Marlone, e os atacantes André, Romero e Lucca.
Estão fora: No Palmeiras Barrios, Vitor Hugo, Gabriel e Arouca; e no Corinthians Balbuena, Vilson, Elias, Matheus Vidotto e Bruno Paulo. 
Estão pendurados: No Palmeiras Thiago Martins e Matheus Sales; e no Corinthians Cristian e Bruno Henrique. 
Ambos os técnicos fecharam o treino para a imprensa e fizeram mistério da escalação. 
No Palmeiras há três novidades na lista dos relacionados. Após três jogos fora, o lateral esquerdo Egídio, recuperado de lesão, volta a ser opção. Na zaga, Edu Dracena, também recuperado de lesão, ocupará a vaga de Vitor Hugo, suspenso para o clássico. E, no meio-campo, o volante Rodrigo, ex-Goiás, foi relacionado pela primeira vez desde que chegou ao clube, em janeiro. 
No Corinthians, a grande novidade é a volta do zagueiro Yago, após cumprir suspensão de 30 dias por doping. Ele substituirá Vilson, que não se recuperou de um edema na coxa. Assim, com exceção de Vilson, Tite deverá manter o mesmo time que vem atuando nos últimos jogos. Guilherme, que era dúvida, recuperou-se das dores no joelho, e Giovanni Augusto, que foi poupado na etapa inicial contra o Coritiba, voltará a jogar desde o início. 
Felipe, negociado com o Porto, poderá fazer seu último jogo com a camisa do Timão, antes de sua partida para Portugal. Ele será o capitão do Corinthians neste domingo. 
Com os treinos fechados para a imprensa, não temos elementos para análises táticas e qualquer comentário sobre o assunto seria apenas especulações, sem base na realidade. No entanto, mais do que as condições técnicas e o esquema tático, o que vai decidir o jogo é a postura dos times em campo. Vencerá aquele que apresentar maior determinação, mais garra e maior equilíbrio. E justamente isso é que faltou no último jogo contra o Palmeiras. Tite não tem perfil para pilhar os jogadores, que entram mornos para o jogo. Falta-lhe um pouco de malícia e malandragem. Num clássico em que é preciso entrar com faca nos dentes e sangue nos zóios, os jogadores tem atuado como um grupo de coroinhas ajudando o padre rezar missa. Não se trata de serem violentos e agressivos, mas de se imporem em campo e de serem capaz de desestabilizar o adversário, tal como faziam Jorge Henrique e Emerson Sheik. E acima de tudo entrar motivado e sabendo o que é um Corinthians X Palmeiras. 
A vitória, por recolocar o Corinthians na liderança do campeonato, é o resultado a ser buscado. E para isso o time tem que entrar em campo com postura de vencedor. 

Créditos e fontes de imagens 
meutimao.com.br 
Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação/globoesporte.globo.com-Diego Ribeiro/globoesporte.globo.com-MAON 
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians/globoesporte.globo.com/Marcelo Braga/globoesporte.globo.com-MAON 
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians/corinthians.com.br-MAON

Nenhum comentário:

Postar um comentário