quarta-feira, 28 de maio de 2014

Corinthians X Cruzeiro

Recuperado dos últimos tropeços, com a goleada em Recife, o Corinthians tem um novo desafio, agora como mandante, mas numa casa que, além de não ser sua, não apresenta as melhores condições do gramado. Pela 8ª rodada do campeonato Brasileiro, terá como adversário o Cruzeiro, nesta 4ª feira, dia 28/05, às 22 horas, no estádio do Canindé.
Sexto colocado no início da oitava rodada, com 12 pontos em 21 disputados, o Corinthians está quatro pontos atrás do líder Cruzeiro, que vem de vitória sobre o Internacional, no Rio Grande do Sul.
Ficha Técnica - Corinthians X Cruzeiro
Local: estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 28 de maio de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e José Eduardo Calza (RS)
Corinthians: Walter; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Jadson; Romarinho e Guerrero; Técnico: Mano Menezes
Cruzeiro: Fábio; Ceará, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; William Farias, Henrique, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Dagoberto e Borges; Técnico: Marcelo Oliveira
Embora não tenha declarado a escalação do time, o técnico Mano Menezes deverá manter a formação ofensiva que goleou o Sport, domingo passado, no Recife. Após o treino tático nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, ele manteve, praticamente, todo o time do jogo passadoA única exceção, foi no gol. Walter será titular no lugar de Cássio, que teve uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo.
Mesmo sem confirmar a equipe, em entrevista, Mano deu indícios sobre a manutenção dos 10 atletas de linha, com Romarinho fazendo dupla com Guerrero no ataque e ambos armados por Jadson.
"Preciso respeitar o rendimento do time dentro de campo. A formação rendeu muito bem contra o Sport", resumiu o técnico.
Estão fora do jogo, no Corinthians, o goleiro Cássio, com um edema no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, o volante Guilherme, com dores musculares no posterior da coxa direita e o meia Luiz Ramires, recuperando-se de contusão. No Cruzeiro, Dedé, com uma lesão na coxa, Samudio, com uma contusão muscular, o zagueiro Wallace, o volante Lucas Silva e o meia Alisson, convocados pela a Seleção Sub-21 na disputa do Torneio de Toulon, na França e Marcelo Moreno, convocado pela seleção da Bolívia para a disputa de dois amistosos nos Estados Unidos.
Estão pendurados, com dois cartões amarelos, no Corinthians, Guilherme, Jadson e Romarinho e no Cruzeiro, Dagoberto.
Preocupado com as bolas aéreas do Cruzeiro, que renderam a maioria dos gols do adversário, o treinador de goleiros do Timão realizou um treino especial. Na terça-feira, eles foram presos às traves por cordas elásticas, aumentando a força necessária para sair do gol e cortar bolas cruzadas pelo preparador Mauri Lima.
Esperando um desempenho melhor como mandante, os corinthianos acreditam que este, será um jogo diferente porque o Cruzeiro dificilmente terá um comportamento defensivo.
“Quando você pega uma equipe qualificada, que joga também, às vezes, fica mais fácil. Vai ser um jogo aberto. Eles vão querer buscar os pontos deles, mas a obrigação é nossa”, afirmou o meia Jadson.
Considerado vital para o Corinthians, o duelo contra o Cruzeiro tem por objetivos, diminuir a distância para o líder (o próprio Cruzeiro) e provar que o time está engrenando na competição. Para Mano, este jogo é o maior teste do Corinthians na temporada. 
Mesmo admitindo que, hoje, o Cruzeiro é o favorito ao título, Mano não o considera imbatível.
"O Cruzeiro é o favorito ao título porque manteve a base do ano passado, que foi campeã, com certa folga. É uma equipe muito entrosada. Por outro lado, não é imbatível. Vitórias contra esse tipo de adversário credenciam a equipe a, no mínimo, fazer parte do pelotão da frente" analisou o técnico.
Contra um adversário que atua mais aberto, ele espera uma partida bem diferente das realizadas contra Figueirense, na Arena Corinthians, e Atlético-PR, no Canindé.
Diante do líder, Mano espera que a Fiel desequilibre o confronto a favor do mandante. E pediu o apoio do torcedor.
“Queremos deixar bem claro que precisamos muito do torcedor. Pedimos que seja compreensivo com as dificuldades que vamos ter, e é normal que tenhamos com um adversário como o Cruzeiro. Mas só vamos conquistar a vitória com esse apoio”. (...) “Quando você não está bem, é que precisa do torcedor. E sempre foi essa a característica do torcedor do Corinthians. Ele cobra depois do jogo, quando o resultado não vem, como sempre foi, mas estamos precisando dele”, afirmou o treinador.
Com certeza, apoio da torcida não irá faltar. Mas, assim como técnico e jogadores esperam tal apoio, a torcida espera que o time mantenha a pegada do jogo de Recife e que atue com a responsabilidade e a garra necessárias para superar o adversário da noite. Como sempre, "esta noite, teremos que ganhar", não só para nos aproximarmos da liderança, mas para honrar o escudo que está no peito da nossa camisa. O adversário está num bom momento, mas, não é imbatível. Não podemos nos amedrontar nem recuar. Temos que jogar com raça e determinação. Entrar com a faca nos dentes e sangue nos olhos.

Créditos e fontes de imagens e vídeos
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
espn.com.br
espn.com.br
gazetapress.com.br
gazetapress.com.br
globoesporte.globo.com
gazetaesportiva.net
Gabriel Ushida/torcida.wordpress.com 
facebook.com/Corinthians Amor Eterno

Nenhum comentário:

Postar um comentário