sexta-feira, 23 de maio de 2014

Vacilou - Empatou - Despencou

Melhores momentos
O Corinthians vai mal das pernas no campeonato Brasileiro. Ocupa a 9ª posição na tabela de classificação, com 9 pontos e com apenas 50% de aproveitamento, levou baile do lanterna do campeonato em seu estádio novo, apresenta um esquema tático confuso e seus jogadores, desorientados e atrapalhados, não conseguem render em campo. Mas, para quem acompanha o time, não há surpresas, apenas tristeza e desesperança.
Essa situação caótica é reflexo da omissão da diretoria, da falta de comando técnico e da mesmice que impera no Corinthians. Embora eu não seja mana do Mano e seja crítica da escola gaúcha de futebol, cheguei a ter esperanças que a limpeza feita no elenco e as novas contratações pudessem dar um novo padrão de jogo e melhorar o desempenho do Timão.
Ledo engano. Os jogadores estão mais perdidos do que cego em tiroteio, o técnico não consegue fazer o time jogar ofensivamente, por falhas na transição a bola não chega ao ataque e quando chega, vem sem qualidade, chega quadrada. E o Guerrero fica isolado na área.
E quando um gol é achado, o time recua, até com certa covardia e dá espaço pro adversário empatar. Depois, só resta lamentar, reclamar e se desculpar.
O último jogo não fugiu da regra. Ninguém se entendia em campo, os jogadores, trombando entre si, pecavam pela falta de objetividade, não conseguiam fazer a transição defesa, meio campo e ataque e o centro avante, cansado de esperar, vinha pro meio campo pra buscar a bola. Os três meias não conseguiram armar as jogadas e bateram cabeça no meio campo. Guerrero guerreiro, foi derrubado na área, o juiz marcou o pênalti, o Jadson fez o gol e colocou o Timão na frente.
Estava dada a senha para o recuo, para a retranca, para um novo vacilo, para o adversário empatar e quase virar o jogo. Sem poder ofensivo, mesmo com uma ligeira melhora com a entrada de Romarinho no lugar de Renato Augusto, com o Cléber, novamente vacilando na defesa e permitindo o gol do Atlético-PA, tomamos o maior sufoco no final do jogo.
Entrevista do Mano
Pelo que o Corinthians jogou, o empate saiu barato. Pela sua desorganização tática, inoperância do meio campo, vacilos da defesa e recuada após o gol. E no final, a torcida vaiou, o time lamentou e o técnico, novamente, não conseguiu dar uma explicação convincente e se enrolou. E pediu paciência e tempo pra acertar o time. Mas, desde que chegou, muito tempo já passou e a paciência da torcida já acabou.
Sinceramente, já perdi a esperança de que ele possa resolver os problemas do Timão. Tudo indica, que assim como aconteceu no Flamengo, os jogadores não conseguem compreender suas orientações. Ou, pior, ele parece estar perdido, não saber o que fazer. O time não deslancha e parece estar sem comando, os jogadores não se entendem, batem cabeça, são irregulares e oscilam muito. O desempenho é fraco e está em queda livre. E quando uma orquestra inteira desafina, está na hora de trocar o maestro.
Ficha Técnica - Corinthians 1 X 1 Atlético-PR
Local: estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 21 de maio de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
Público: 13.137 pagantes
Renda: R$ 383.542,50
Cartões amarelos: Jadson (Corinthians); Natanael, Marcos Guilherme, Suéliton, Cléberson e Otávio (Atlético-PR)
Gols: Corinthians: Jadson, aos 13 minutos do segundo tempo; Atlético-PR: Douglas Coutinho, aos 39 minutos do segundo tempo
Corinthians: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf e Bruno Henrique; Petros (Luciano), Renato Augusto (Romarinho) e Jadson (Danilo); Guerrero; Técnico: Mano Menezes
Atlético-PR: Weverton; Suéliton, Cléberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid e Paulinho Dias (Nathan); Otávio, Bady e Marcos Guilherme; Éderson (Douglas Coutinho); Técnico: Leandro Ávila

Créditos e fontes de imagens e vídeos
meutimao.com.br
Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com
sportv.globo.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
globoesporte.globo.com
Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
sportv.globo.com
domingossccp.blogspot.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário