domingo, 18 de maio de 2014

Corinthians X Figueirense

Não será apenas mais um jogo. Será um jogo histórico, o 1º jogo oficial na casa nova, na Arena Corinthians.  E será o jogo teste para a abertura da Copa do Mundo 2014, com todos os requisitos do padrão FIFA. Será um jogo histórico, marcante e inesquecível. O adversário será o Figueirense, o lanterna do Brasileirão, com 0 pontos e nenhum gol marcado. 
Mas, para a festa ser completa, o Timão precisa vencer para se manter nas primeiras colocações, para não permitir que o novo estádio seja carimbado pelo adversário e para não decepcionar seus 40 mil torcedores que, apesar do exorbitante preço do ingresso, conseguiram o passaporte para participar presencialmente do espetáculo de estreia. 
Estragar a festa do Corinthians, marcar o primeiro gol e vencer a primeira no Brasileirão são os objetivos do lanterna Figueirense.
Ficha Técnica - Corinthians X Figueirense
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP) 
Data: 18 de maio de 2014, domingo 
Horário: 16 horas (horário de Brasília) 
Árbitro: Jaílson Macêdo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Adson Márcio Lopes Leal (BA)
Corinthians: Cássio, Fábio Santos, Gil, Cleber e Fagner; Ralf, Guilherme, Petros (Renato Augusto) e Jadson; Romarinho e Paolo Guerrero; Técnico: Mano Menezes
Figueirense: Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Guilherme Lazaroni; Paulo Roberto, Luan, Rivaldo e Giovanni Augusto; Everton Santos e Ricardo Bueno; Técnico: Guto Ferreira
Apesar dos mistérios do Mano Menezes,  a escalação do Corinthians não deve ter muita surpresa. A única dúvida é quem será o companheiro de Jadson na armação. Petros tem ocupado a vaga, mas no amistoso contra o Atlético-PA, Renato Augusto teve um bom desempenho, conseguiu atuar por um tempo maior, nada sentiu fisicamente e poderá iniciar entre os titulares. 
No Figueirense, o técnico Guto Ferreira optou por tirar o atacante Dudu e colocar o volante Rivaldo, aumentando o número de jogadores no meio-campo. No sábado, o volante Nem foi vetado pelo Departamento Médico e será substituído por Luan. O meia Giovanni Augusto, recuperado de lesão, deve retornar ao time, no lugar de Marco Antônio.
Estão fora, no Corinthians, o volante Elias, que só pode estrear após a Copa do Mundo, na abertura da janela internacional de transferências e no Figueirense, Vitor Júnior, que está emprestado pelo Corinthians, Raul, suspenso e Nem, vetado pelo DM.
Na tarde de sexta-feira, o técnico Mano Menezes comandou um treino na Arena Corinthians para que os jogadores se acostumassem ao gramado. Renato Augusto iniciou o coletivo como titular, mas depois foi substituído por Petros.
Após o aquecimento, os atletas trocaram passes e, depois, foram divididos os dois times para o rachão. Escalada no 4-5-1, a equipe principal foi formada por Cássio, Fábio Santos, Gil, Cleber e Fagner; Ralf, Guilherme, Jadson, Renato Augusto e Romarinho; Guerrero.
Compondo a linha de três armadores, Renato Augusto se movimentou bem e mostrou estar recuperado de lesão. Mas acabou substituído por Petros na metade final da atividade. Além dele, Romarinho também deixou o time titular, dando lugar a Luciano. Na sequência, Mano Menezes conversou com os principais jogadores da equipe, enquanto os demais treinaram ataque contra a defesa em campo reduzido.
Na manhã deste sábado, em treino fechado para os jornalistas, o técnico fez os últimos ajustes para o confronto de domingo. Quando a atividade foi aberta, os jogadores participaram de um leve rachão e não deram pistas do time quem começa jogando.
A maior preocupação de Mano Menezes é fazer os jogadores do Corinthians encararem o duelo com o Figueirense como um jogo normal. Por isso, ele reuniu o elenco e avisou que não quer que o time leve para dentro de campo o clima festivo da torcida e que o mais importante é fazer o Corinthians vencer e tentar alcançar a liderança do Campeonato Brasileiro.
Não só pela superioridade técnica, mas pelo significado histórico do jogo, o Corinthians tem a obrigação de vencer. Com todos os ingressos disponíveis esgotados rapidamente, mesmo com um preço exorbitante, um verdadeiro assalto ao torcedor, o estádio será um caldeirão. Incentivo não vai faltar e ninguém vai pipocar. Nas arquibancadas, a festa será garantida pela torcida, que espera e deseja que, no gramado, os jogadores façam a sua parte, atuando com raça e determinação.

Créditos e fontes de imagens e vídeos
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
gazetaesportiva.net
globoesporte.globo.com
Mauro Horita - Agência Estado-globoesporte.globo.com/Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/globoesporte.globo.com/MAON
gazetaesportiva.net
Sérgio Barsaghi/gazetaesportiva.net
Sergio Barzaghi-Gazeta Press-gazetaesportiva.net
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
espn.com.br
facebook.com/corinthians/Marcos Bikudo/MAON

Nenhum comentário:

Postar um comentário