sábado, 23 de abril de 2016

Corinthians X Grêmio Osasco Audax - Campeonato Paulista - Semifinal

Pela semifinal do Campeonato Paulista, o Corinthians receberá o Grêmio Audax Osasco em sua Arena em Itaquera, neste sábado, 23/04, às 18:30 horas. O Timão, líder do campeonato e do seu grupo, terá por adversário o líder do Grupo C, que nas quartas de final venceu o São Paulo por 4 a 1. Em um jogo único, quem se classificar enfrentará, na final, o vencedor do duelo entre Santos e Palmeiras, que será disputado domingo, 24/04, às 16:00 horas, na Vila Belmiro, em Santos. 
Ficha Técnica - Corinthians X Grêmio Audax Osasco 
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP) 
Data: 23 de abril de 2016, sábado 
Horário: 18:30 horas (de Brasília) 
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP) 
Assistente 1: Rogério Pablos Zanardo (SP) 
Assistente 2: Daniel Paulo Ziolli (SP) 
Quarto árbitro: Vinicius Furlan (SP) 
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Alan Mineiro, Guilherme e Lucca; André; Técnico: Tite 
Grêmio Osasco Audax: Sidão; André Castro, Yuri, Bruno Silva e Velicka; Camacho, Tche Tche e Juninho; Mike, Bruno Paulo e Ytalo; Técnico: Fernando Diniz 
No Corinthians, além dos escalados, também foram relacionados o goleiro Walter, os laterais Edílson e Guilherme Arana, os zagueiros Balbuena e Vilson, os volantes Cristian e Maycon, os meias Danilo, Marlone e Rodriguinho, e os atacantes Romero e Luciano.
Estão fora, no Corinthians, Giovanni Augusto, com uma torção no tornozelo esquerdo, Rildo, com uma fratura no tornozelo esquerdo, e Willians, com edema na coxa direita. Fagner, Yago, Lucca, Edílson e Romero estão pendurados com dois cartões amarelos. 
Diante de um adversário entrosado, com toque de bola rápido e sem chutões, com boa mobilidade e triangulações, Tite mandará a campo a equipe considerada titular, com exceção do lesionado Giovanni Augusto, que será substituído por Alan Mineiro, que tem entrado bem nos jogos em que atuou.  Tite justificou a presença do meia, e não de Romero, como opção tática, por ele ser um meia armador e atuar na mesma posição do atleta lesionado. 
Para superar o adversário, o time precisará marcar sobre pressão para fechar os espaços e recuperar a bola no campo de ataque e explorar a dificuldade do Audax para marcar a bola aérea. 
No último treino, sexta feira, no CT Dr Joaquim Grava, Tite promoveu, inicialmente, um coletivo, simulando possíveis situações de jogo: pressão do adversário na saída de bola da defesa e também marcação alta. Após o coletivo, somente com os titulares, o técnico focou no posicionamento da equipe e em jogadas de bola parada: escanteios, laterais, faltas e pênaltis. 
A expectativa é de um jogo complicado, estudado e equilibrado, onde qualquer vacilo poderá ser fatal, exigindo um alto nível de concentração e muita atenção. O Corinthians precisa saber explorar os pontos fracos do adversário e impor seu jogo, com marcação adiantada, fechando os espaços. E utilizar o mando de campo, o conhecimento do gramado e a bola correndo rápida, bem como a força de sua torcida, para sufocar o adversário e não dar brechas para ele atacar. Até sexta feira já haviam sido vendidos 38 mil ingressos e a expectativa é de casa cheia. 
Apesar da dificuldades, temos plenas condições de vencer e, no caminho para o título, buscar a classificação. 

Créditos e fontes de imagens 
facebook.com/Renato Silva 
Friedemann Vogel/Getty Images Sport/goal.com-Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com-MAON 
globoesporte.globo.com 
Djalma Vassão-Gazeta Press/gazetaesportiva.com 
Daniel Augusto Jr/corinthians.com.br 
portalinboox.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário