quarta-feira, 6 de abril de 2016

Independiente Santa Fé X Corinthians - Copa Libertadores

Pela 5ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, o Corinthians enfrentará hoje, quarta feira, 06/04, às 21:45 horas, (horário de Brasília), o Independiente Santa Fe, no estádio El Campín, em Bogotá, na Colombia. Líder do grupo 8, com nove pontos ganhos, três vitórias e uma derrota, o Timão terá como adversário o Independiente Santa Fe, empatado com o Cerro Porteño, do Paraguai com sete pontos, faltando dois jogos para cada time. Assim uma vitória alvinegra sobre a equipe colombiana garantirá a classificação antecipada para a próxima fase da Libertadores. Um empate deixa a vaga encaminhada para a última rodada, contra o Cobresal (Chile), na Arena Corinthians.
Ficha Técnica - Independiente Santa Fe X Corinthians 
Local: Estádio El Campín, em Bogotá (Colombia)
Data: 6 de abril de 2016, quarta-feira
Horário: 21:45 horas (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana
Assistente 1: Cristian Navarro
Assistente 2: Gabriel Chade
Quarto Árbitro: Diego Abal
Independiente Santa Fe: Zapata; Otalvaro, Mina, Tesillo e Borja; Roa, Gordillo, Seijas e Gómez; Rivas e Otero; Técnico: Alexis García
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Giovanni Augusto, Guilherme e Lucca; André; Técnico: Tite 
No Corinthians, além dos escalados, também foram relacionados os goleiros Matheus Vidotto e Walter, o zagueiro Balbuena, os laterais Edílson e Guilherme Arana, os volantes Willians e Maycon, os meias Danilo e Alan Mineiro, e os atacantes Romero e Luciano. Destes, pelo regulamento da CONMEBOL, apenas sete ficarão no banco de reservas. 
Está fora, no Corinthians, Rodriguinho, com lesão muscular. O Independiente Santa Fe tem todos os jogadores à disposição. 
No time colombiano, a principal novidade é o técnico Alex Garcia, que substituiu Gerardo Pelusso, que comandou o time no jogo em Itaquera. 
Tite fechou parte do treino de terça feira para a imprensa, mas não escondeu a escalação, que será a mesma do time que perdeu o Derby no último domingo no Pacaembu. 
Em relação ao jogo, tenho algumas preocupações. O adversário é forte no jogo aéreo e Tite deixará no banco Balbuena, melhor que Yago nas defesas pelo alto. Elias está sem ritmo de jogo e foi mal no clássico paulista. Uendel e Bruno Henrique têm alternado boas e más atuações e são sempre uma incógnita. Guilherme, jogando numa posição diferente daquela em que sempre atuou, pouco tem produzido, e André anda brigado com o gol, algo muito grave para um centro avante. 
Mas, após os jogadores terem se poupado no último jogo, andando em campo e fugindo das divididas, espero que as energias não utilizadas no Pacaembu tenham sido guardadas para serem usadas na Colombia e que a garra e a vontade consigam superar as deficiências técnicas e os equívocos da escalação. E que o Tite, se necessário, não espere o caldo desandar para fazer as substituições. 
Espero estar enganada e queimar minha língua, mas acho que hoje, na Colombia, um empate é lucro e que iremos decidir a classificação em nossa Arena, em Itaquera, contra o Cobresal.

Créditos e fontes de imagens 
facebook.com/Renato Silva-blog.chicomaia.com.br/MAON 
hsbnoticias.com-corinthians.com.br-MAON 
globoesporte.globo.com 
facebook.com/Corinthians Amor Eterno 

Nenhum comentário:

Postar um comentário