domingo, 25 de setembro de 2016

Corinthians X Fluminense

Pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians receberá o Fluminense neste domingo, 25/09, às 16:00 horas em sua Arena em Itaquera, em São Paulo. Quinto colocado no Brasileirão, com 41 pontos, 12 vitórias, 5 empates, 9 derrotas e 53% de aproveitamento, o Timão terá como adversário o 6º colocado, com 40 pontos, 11 vitórias, 7 empates. 8 derrotas e 51% de aproveitamento. Será, portanto, um jogo de 6 pontos, no qual o vencedor ficará mais próximo do G4 e o perdedor correrá o risco de ser ultrapassado e ficar mais distante da zona de classificação para a Copa Libertadores. 
Ficha Técnica - Corinthians X Fluminense
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo, SP
Data: 25 de setembro de 2016, domingo
Horário: 16:00 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco - RS (FIFA)
Assistente 1: Rafael da Silva Alves - RS (ASP-FIFA) 
Assistente 2: Elio Nepomuceno - RS (CBF-1)
Quarto árbitro: Flávio Rodrigues de Souza - SP (ASP-FIFA)
Corinthians: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Guilherme Arana; Camacho, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero; Técnico: Fábio Carille
Fluminense: Julio Cesar; Igor Julião, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior e Wellington; Técnico: Levir Culpi 
Além dos possíveis escalados, também foram relacionados:
No Corinthians, os goleiros Walter e Matheus Vidotto, o zagueiro Léo Santos, os volantes Cristian, Willians, Jean, Marciel e Warian, e os atacantes Gustavo, Lucca, Isaac, Carlinhos e Léo Jabá.
No Fluminense, o goleiro Marcos Felipe, o zagueiro Renato Chaves, o lateral Giovanni, os meias Edson, Marquinho, Danilinho e Aquino, e os atacantes Henrique Dourado, Magno Alves, Maranhão, Osvaldo e Richarlison.
Estão fora, no Corinthians, Léo Príncipe, suspenso, Uendel, Guilherme, Bruno Paulo, Pedro Henrique, Danilo e Vilson, lesionados. No Fluminense, Cavalieri e Samuel, lesionados e Wellington Silva, suspenso. 
Estão pendurados, com dois cartões amarelos, no Corinthians, Balbuena, Vilson, Guilherme, Uendel, Pedro Henrique, Rodriguinho, Romero e Giovanni Augusto; e no Fluminense, Danilinho, Edson, Jonathan e William Matheus.
As novidades no Timão estão no banco e vêm da base. Além do volante Marciel, que voltou recentemente de empréstimo do Cruzeiro, também foram relacionados o volante Warian e os atacantes Carlinhos e Léo Jabá, recém promovidos ao time titular. Carille deverá manter o mesmo esquema tático e o mesmo time que venceu o Fluminense na Copa do Brasil. 
Na manhã deste sábado, em treino nas Laranjeiras, Levir Culpi manteve a escalação sem centroavante, com Marcos Junior e Wellington no ataque e confirmou a escalação de Igor Julião na lateral pelo lado direito. Para esse jogo, o técnico deverá reforçar a marcação com a entrada do volante Pierre, no lugar do atacante Henrique Dourado. Levir. que comandou um treino em campo reduzido, parou a atividade algumas vezes, para acertar o posicionamento em jogadas de bola parada. 
Sem dúvida, teremos um confronto decisivo na briga pelo G4. Jogando em casa, o Corinthians tem como vantagem o mando de campo e a torcida. No entanto, o adversário, com muito mimimi e chororó, tentou tumultuar a partida, botando pressão na arbitragem. Espero que isso não desestabilize emocionalmente os corinthianos, que já mostraram ser possível ganhar na bola, e que a equipe de árbitros não seja suscetível à pressão do time carioca. 
Precisamos dessa vitória, e para consegui-la é necessário ao time preocupar-se apenas com o jogo e manter a postura determinada da última partida. Com marcação reforçada, o Fluminense vai tentar impedir o Corinthians de jogar. Nesse contexto, os laterais terão que ser mais incisivos no apoio e não podemos continuar errando no arremate final, perdendo as chances de gol. Carille escalou o Romero de falso 9. Creio que Gustavo, embora não tenha ido bem contra o Palmeiras, seria mais útil para fazer o pivô e segurar os zagueiros rivais. Romero atua melhor pelos lados do campo e por ter baixa estatura, dificilmente pega uma bola alçada na área. Como o centro avante estará no banco, se o esquema não funcionar com o Paraguaio, será possível promover a mudança. 
Para se manter vivo no campeonato, o Timão não pode dar moleza, não pode jogar como timinho. Tem que entrar focado, determinado, com faca nos dentes e sangue nos zóios. No último jogo o Corinthians já se mostrou mais compactado e organizado, além de apresentar uma postura mais propositiva. É só manter a pegada, a concentração, trabalhar bem as jogadas, manter a bola nos pés e acertar os chutes a gol, lembrando que teremos um jogador a mais: a Fiel.

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br-twitter.com/@brunotrolo-MAON
Fernando Dantas/Gazeta Press/gazetaesportiva.com-Nelson Perez/Fluminense F.C./Divulgação/odia.ig.com.br-MAON
Fernando Dantas/Gazeta Press-Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians/globoesporte.globo.com-MAON
Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com-MAON

Nenhum comentário:

Postar um comentário