sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Que JÔgada do menino Maycon!

Diante de tantas lambanças e agressões, os "Deuses do Futebol" resolveram agir para restabelecer a ordem das coisa e promover a justiça. E no final do jogo, aos 42 minutos, Guerra foi desarmado por Maycon, que passou a bola para Jô, que acabara de entrar no jogo. O atacante chutou para o gol, abrindo o placar em Itaquera. Antes de entrar, a bola passou no meio das pernas do goleiro Prass. A Fiel explodiu de alegria ao ver o Corinthians recompensado por sua luta e por sua entrega. 
Entrega que aconteceu desde o início do jogo e foi potencializada após a expulsão injusta do volante Gabriel. Há muito tempo não se via um Corinthians tão aguerrido em campo. O grande mérito do Carille foi não apenas entender, mas passar para o elenco, o significado de um Corinthians X Palmeiras. O time entrou pilhado, com faca nos dentes e sangue nos zóios e, determinado e com muita raça, venceu a arbitragem, a violência e o time da Turiaçu. 
Entrevista do Carille
Mas não foi só raça. Mesmo com um jogador a menos, com a violência do rival e com as lambanças do árbitro, o Timão manteve o padrão de jogo, apesar de ter mudado a estratégia após a expulsão injusta do Gabriel, e assim, com a proposta de se defender para não tomar gol e sair no contra ataque, conseguiu a vitória, os três pontos e calar a boca da imprensa e demais antis, que apostaram na vitória do time verde. 
Mas o Palmeiras não saiu de mãos vazias. Além de 1 gol, recebeu, também dois chapéus e duas canetas. Já o Corinthians além de uma expulsão injusta, posteriormente corrigida pelo árbitro, foi vítima de várias agressões e golpes desleais. Mas isso o árbitro não viu. Acho que esse camarada, além de umas aulas de arbitragem, precisa consultar urgentemente um oftalmologista. 
Gol
Fica até difícil destacar a atuação de um jogador, pois todos contribuíram para o resultado final. Mesmo pilhados, não se afobaram e mantiveram a frieza. Correram, lutaram, suaram a camisa e sujaram o calção. Os garotos não sentiram a pressão, pois desde as categorias de base, já aprenderam o que é Corinthians. Os que chegaram este ano já incorporaram a alma corinthiana e foram guerreiros e valentes. E os remanescentes que atuaram, também se doaram ao máximo. Na realidade, o Corinthians foi Corinthians e não aquela massa amorfa de jogos  anteriores. 
O Palmeiras, mesmo com um jogador a mais e o árbitro a favor, não teve competência para aproveitar tais vantagens. O máximo que conseguiu foi bola na trave. Para isso, a organização do time alvinegro, bem como a garra e a determinação dos jogadores e o apoio da torcida foram fundamentais. Foi uma vitória épica e o resgate da alma corinthiana. 
Com o resultado, o Timão permanece na liderança do Grupo A, com 12 pontos e o Palmeiras, com 9 pontos, na liderança do Grupo C. Corinthians e Palmeiras voltarão a campo no sábado de Carnaval. O Timão visitará o Mirassol, às 19:30 horas, e os alviverdes receberão a Ferroviária em seu estádio, às 16:30 horas. 
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 1 X 0 Palmeiras
Local: Arena Corinthians em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 22 de fevereiro de 2017, quarta-feira
Horário: 21:45 horas (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistente 1: Emerson Augusto de Carvalho (SP) 
Assistente 2: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Quarto árbitro: Alessandro Darcie
Público: 30.727 pagantes
Renda: R$ 1.535.887,00
Cartões amarelos: Gabriel e Jô (Corinthians); Felipe Melo, Raphael Veiga, Jean, Vitor Hugo e Alecsandro (Palmeiras)
Cartão vermelho: Gabriel (Corinthians) (anulado pelo STJD)
Gol: Corinthians: Jô, aos 42 minutos do segundo tempo 
Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Romero (Paulo Roberto), Rodriguinho e Léo Jabá (Moisés); Kazim (Jô); Técnico: Fábio Carille 
Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo (Thiago Santos), Michel Bastos, Raphael Veiga (Alejandro Guerra), Keno e Dudu; Willian (Alecsandro); Técnico: Eduardo Baptista 
Entrevista do árbitro

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
twitter.com/@Corinthians-twitter.com/@LeydeO-MAON 
youtube.com/Esporte Mundial-globo.com 
Miguel Shincariol/Gazeta Press 
youtube.com/Futebol Rei/globo.com 
youtube.com/Futebol Rei/globo.com 
youtube.com/Qualquer Notícia-ESPN.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário