quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Valeram os três pontos

Não foi o jogo dos sonhos, mas a vitória é sempre importante. Além dos três pontos, dá mais tranquilidade e confiança para o grupo trabalhar. E, num time em que ainda tem muita coisa para melhorar, inclusive os fundamentos básicos do futebol, tranquilidade e confiança são fundamentais. 
O jogo em si foi um pouco melhor que o anterior, até porque ser pior era impossível. Embora tenha começado com um certo nervosismo, aos poucos o time se equilibrou. Mas continuou falhando na armação, errando no arremate final e desperdiçando oportunidades de gol, que só saiu numa jogada de bola parada.
Gol
Fagner bateu escanteio, Balbuena bloqueou a defesa novorizontina e Pablo subiu sozinho, para dar uma bela testada em direção ao gol, abrindo o placar em Itaquera. Foi o primeiro gol do zagueiro corinthiano. 
Após o gol, o jogo melhorou, algumas oportunidades foram criadas, mas devido aos erros de finalizações, o placar não se alterou. O adversário fez algumas investidas, principalmente em jogadas de bola parada, mas por falta de qualidade e pela boa atuação da defesa alvinegra, teve suas tentativas frustradas.
Entrevista
Ainda em fase de testes, Carille mudou o esquema tático do 4-1-4-1 para o 4-2-3-1, com Felipe Bastos atuando ao lado de Gabriel, Rodriguinho mais adiantado e responsável pela armação, Marlone e Romero pelos lados e Jô como centro avante. Se o novo esquema melhorou a defesa, ofensivamente ainda continuam os problemas na criação e armação das jogadas e Jô permanece isolado, tendo que voltar para buscar a bola. Além disso, ainda persistem os problemas de entrosamento e erros de finalizações. Aliás, o técnico reconheceu, em entrevista, que o time tem muito a melhorar, o que é um bom indício, pois, somente reconhecendo os erros e as dificuldades, é possível saná-los. 
Com o resultado, o Timão, que até antes da rodada era o lanterna do seu grupo, chega a seis pontos conquistados, assumindo a segunda posição do Grupo A, um atrás do líder Ituano. O Novorizontino com três pontos, está na terceira posição do Grupo C, atrás do Palmeiras e do Santo André. 
O próximo compromisso do Corinthians será no sábado, diante do Osasco Audax, às 17:00 horas (de Brasília), no estádio José Liberatti. Já o Grêmio Novorizontino, no mesmo dia e no mesmo horário, enfrentará o Ituano no estádio Doutor Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte-SP.
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 1 X 0 Novorizontino 
Local: Arena Corinthians, em Itaquera, São Paulo (SP)
Data: 14 de fevereiro de 2017, quarta-feira
Horário: 19:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistente 1: Eduardo Vequi Marciano (SP)
Assistente 2: Risser Jarussi Corrêa (SP)
Quarto árbitro: Márcio Roberto Soares (SP)
Público: 11.708 pagantes
Renda: R$ 473.376,10
Cartões amarelos: Fagner, Léo Jabá (Corinthians); Everaldo, Domingues (Novorizontino)
Gol: Corinthians: Pablo, aos 28 minutos do primeiro tempo
Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel, Romero, Fellipe Bastos (Camacho), Rodriguinho e Marlone (Léo Jabá); Jô (Kazim); Técnico: Fábio Carille
Novorizontino: Tom; Cléo Silva, Guilherme Teixeira, Domingues e João Lucas; Éder (Henrique Santos), Doriva e Fernando Gabriel (Caíque); Roberto, Alexandro e Everaldo (Henrique); Técnico: Júnior Rocha 
Bastidores

Créditos e fontes de imagens e vídeos 
globoesporte.globo.com-Marcos Ribolli/globoesporte.globo.com-MAON 
youtube.com/You Timão-globo.com 
youtube.com/Ligados no Timão-globo.com 
youtube.com/Ligados no Timão-globo.com 
youtube.com/Corinthians

Nenhum comentário:

Postar um comentário