quarta-feira, 13 de março de 2013

Corinthians X Tijuana

video
Com a obrigação de vencer, o Corinthians enfrentará o Tijuana, do México, nesta quarta feira, às 22 horas, no Pacaembu. Depois de ter sido derrotado no showbol e no MMA, com a participação decisiva da arbitragem, este jogo tornou-se uma decisão antecipada, pois, somente a vitória nos encaminha para a classificação. O Corinthians é o 2º colocado no grupo 5, com 4 pontos, enquanto o Tijuana, com 9 pontos, é o líder do grupo e tem a melhor campanha do campeonato. O Millonnarios, 3º colocado tem 3 pontos e o lanterna San Jose, apenas um. 
Ficha Técnica - Corinthians X Tijuana 
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) 
Data: 13 de março de 2013, quarta-feira 
Horário: 22 horas (de Brasília) 
Árbitro: Enrique Osses (Chile) 
Assistentes: Francisco Mondria (Chile) e Carlos Astroza (Chile) 
Corinthians: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Renato Augusto e Danilo; Alexandre Pato e Guerrero. Técnico: Tite 
Tijuana: Cirilo Saucedo; Juan Carlos Núñez, Javier Gandolfi, Pablo Aguilar e Joshua Ábrego; Fernando Arce, Cristian Pellerano, Joe Corona e Fidel Martínez; Duvier Riascos e Alfredo Moreno. Técnico: Antonio Mohamed 
Além dos escalados, Tite relacionou também Júlio Cesar, goleiro; Edenílson, lateral; Chicão e Felipe, zagueiros; Guilherme, volante; Douglas, meia; Émerson, Jorge Henrique e Romarinho, atacantes.
O Corinthians atuará com a mesma formação adotada na semana passada em Tijuana. Apesar da recuperação física, Chicão está sem ritmo de jogo e Gil continuará formando a zaga com Paulo André. Renato Augusto e Danilo, abertos, armarão o jogo para Alexandre Pato e Guerrero, que atuarão mais perto do gol adversário. A dupla de ataque é a grande esperança de gols do Timão.
No último treino, no tradicional trabalho tático sem adversários, Tite priorizou o trabalho com as bolas aéreas. Ele posicionou atacantes e zagueiros na grande área e os testou em diversos tipos de cruzamento.
O Tijuana terá a mesma escalação que venceu o Corinthians no México. O time chegou no Brasil cheio de confiança e fechou o treino para a imprensa no Pacaembu. Mesmo assim, na única área onde era possível ver alguma coisa do que o Tijuana fazia em campo, os repórteres perceberam que o posicionamento defensivo foi uma das principais preocupações do técnico: ele simulou cobranças de faltas, escanteios e até mesmo de laterais, espalhando tanto seus zagueiros quanto meio-campistas e atacantes próximos à área. 
Em entrevista coletiva após o treino, o técnico Mohamed revelou que seu objetivo é sair com um ponto do estádio do Pacaembu, o que ele julga suficiente para assegurar a classificação do Tijuana às oitavas de final da Libertadores. Sua intenção é aproveitar a pressão sobre o Corinthians, que precisa vencer para não se complicar no torneio.
video
Mas, desta vez tudo conspira a nosso favor. O time está mais descansado, o gramado é normal, o Pacaembu vai estar lotado e eles vão sentir a pressão da Fiel. Até a tarde de terça feira, mais de 30 mil ingressos já tinham sido vendidos e a expectativa é de casa cheia. Tite cobrou responsabilidade e empenho de seus comandados, que estão confiantes num bom jogo e num bom resultado em casa. Para o técnico, o jogo tem o caráter de mata-mata, pois, embora com a vitória o Corinthians não consiga ultrapassar o adversário, ela assegura o 2º lugar no grupo e mais tranquilidade na busca da classificação. Depois da tempestade de domingo lavar o Pacaembu, livrando-o de toda purpurina e dos miasmas deixados pelo time do Jardim Leonor, as vibrações e as boas energias, de mais de 30 milhões de loucos espalhados pelo mundo e potencializados pelos quase 40 mil corinthianos presentes, estarão energizando e fortalecendo nossos guerreiros na busca da vitória.

Créditos e fontes de imagens
globoesporte.com
globoesporte.com
gazetaesportiva.net
globoesporte.com
facebook.com/corinthians
globoesporte.com
facebook.com/corinthians
esporte.uol.com.br
facebook.com/fotos do mural

Nenhum comentário:

Postar um comentário