sexta-feira, 22 de março de 2013

Que papelão hem meu Timão!

Melhores momentos
Seria um jogo pra golear. Pela superioridade técnica, pelo bom desempenho nos últimos jogos, pela qualidade dos jogadores, pela boa estrutura, pela experiência e pela posição no campeonato. Mas, isso não aconteceu porque faltou vontade, faltou pegada, faltou empenho, faltou comprometimento. Enquanto os jogadores do XV de Piracicaba faziam o jogo da vida, corriam, lutavam e se esforçavam, os nossos tocavam a bola de lado, cozinhavam o jogo em banho Maria, pouco se movimentavam, erravam cruzamentos, finalizações e jogadas de bola parada. E brigavam e reclamavam... Nossos laterais, enfezadinhos levaram dois cartões bobos e desnecessários, um por reclamação (Fábio Santos) e outro por discussão (Alessandro). 
A transição da defesa pro  meio campo e daí pro ataque foi precária e Guerrero, no 1º tempo só recebeu uma bola redonda, além de ter acumulado as funções de centro avante e volante. Os meias não se encontraram e Danilo, muito lento,  não fez uma boa partida, apesar de ter dado o passe para o gol, e esteve longe do jogador que brilhou em 2012. Os laterais pouco ajudaram na armação e o jogo só melhorou quando Tite colocou em campo Émerson e Jorge Henrique. Mesmo assim, errou nas substituições, pois tirou o Romarinho e deixou o morto Danilo em campo, bem como o inoperante Guilherme, que não conseguiu fazer a transição da defesa pro meio campo. Para compensar, Ralf tentando cobrir a função, não acertou um chute quando foi pro ataque e desguarneceu a marcação. 
Émerson, destoando do ânimo do time, entrou com vontade e fez o que é necessário para fazer gol. Chutou para a meta adversária. E abriu o placar e quase fez mais um. 
Vencendo de 1 a 0, parecia que o jogo estava ganho. Parecia, pois, Diguinho, num contra ataque, tabelou com Adriano, aproveitou que Ralf não conseguiu acompanhá-lo e marcou um bonito gol chutando de fora da área.
E assim perdemos mais dois pontos e retomamos a empaTITEbilidade. Com o resultado, o Timão, com 22 pontos, caiu para o sétimo lugar na tabela do Campeonato Paulista e o XV de Piracicaba está em 16º, com 11 pontos.
Entrevista do Tite
Tite, apesar de aprovar o desempenho, reconhece que faltou efetividade, que o time deveria ter chutado mais pro gol e que foi um empate com sabor de derrota.
Entrevista do Danilo
Os jogadores saíram se lamentando, mas não reconheceram suas deficiências. Danilo teve a cara de pau de afirmar que fizeram um 2º tempo perfeito.
Entrevista do Émerson
Émerson, o melhor em campo, mesmo entrando no segundo tempo, mostrou bom ritmo de jogo e foi o responsável pelas principais jogadas ofensivas do time.  Em entrevista na saída do gramado, declarou que seu bom desempenho é fruto do fim dos problemas extracampo e reafirmou seu amor ao Timão, seu carinho pela torcida e seu respeito e apreço ao técnico Tite.
Entrevista do Müller
Entrevista do Carlos Cereto
Para os comentaristas esportivos, faltou pegada, o Corinthians não jogou tudo o que pode e o que sabe, está desmotivado para atuar no campeonato estadual e o Tite está usando o Paulista para fazer experiência e acertar o time.
Sem força no meio campo, o Corinthians decepcionou sua torcida que deslocou-se para Piracicaba para apoiá-lo e não conseguiu superar um time que beira o rebaixamento. Cometendo muitos erros, sua maior posse de bola foi um latifúndio improdutivo. Dava impressão que a maioria dos jogadores tinham ficado em São Paulo e mandado seus sósias para Piracicaba, tal a nhaca e a má vontade demonstradas. Desmotivados, não eram nem sombra do time que deu show no Pacaembu e venceu o Tijuana. Até parece que desprezam o campeonato paulista e só se interessam pela Libertadores. Seria preferível ter jogado com a molecada, pois, pelo menos teríamos visto um time com mais vigor e com mais raça. Se continuarem com essa postura corremos o risco de não classificarmos entre os 4 primeiros colocados e termos que disputar a próxima fase num pasto esburacado no interior. 
Uma última observação: não era porque estavam em Piracicaba, que alguns jogadores precisavam atuar em campo como uns pamonhas.
Ficha Técnica - XV de Piracicaba 1 X 1 Corinthians 
Local: estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba (SP) 
Data: 20 de março de 2013, quarta-feira 
Horário: 22 horas (de Brasília) 
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima 
Assistentes: Bruno Salgado Rizo e Maria Eliza Correia Barbosa 
Público: 10.715 pagantes 
Renda: R$ 537.183,68 
Cartões amarelos: Luiz Eduardo, Marcelo Soares e Janilson (XV de Piracicaba); Fábio Santos, Alessandro e Emerson (Corinthians) 
Gols: XV de Piracicaba: Diguinho, aos 42 minutos do segundo tempo Corinthians: Emerson, aos 30 minutos do segundo tempo 
XV de Piracicaba: Thiago Passos; Vinicius Bovi, Pedro Paulo, Luiz Eduardo e Janilson; Glauber, Diego Silva, Danilo Sacramento (Márcio Diogo, depois Marcelo Soares), Fabiano (Adriano) e Diguinho; Paulinho. Técnico: Edison Só 
Corinthians: Danilo Fernandes; Alessandro, Chicão, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Danilo; Romarinho (Jorge Henrique) e Guerrero (Emerson). Técnico: Tite 
Estatísticas

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br
jacobmath.blogspot.com
Thiago Calil/Agência Estado/globoesporte.com
corinthians.com.br
republicadocorinthians.blogspot.com


Crédito e fonte de vídeos

sportv.globo.com

Um comentário:

  1. Custo já faz três meses , não ganhamos nada.

    Kkk

    ResponderExcluir