domingo, 18 de agosto de 2013

Corinthians X Coritiba

Em 6º lugar no campeonato brasileiro, com 22 pontos, 5 vitórias, 7 empates e duas derrotas, o Corinthians enfrentará domingo, dia 18/08, às 16 horas, o time do Coritiba, 4º colocado, com 24 pontos, 6 vitórias, 6 empates e duas derrotas. A partida acontecerá no estádio do Pacaembu.
Precisando da vitória para se aproximar da ponta da tabela, liderada pelo Cruzeiro, que já fez o 15º jogo e tem 28 pontos, 8 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, o Timão fará um confronto contra um adversário direto na briga pelo G4.
Ficha Técnica - Corinthians X Coritiba
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 18 de agosto de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC)
Corinthians: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Ibson; Renato Augusto, Danilo e Emerson; Alexandre Pato. Técnico: Tite
Coritiba: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Diogo; Sérgio Manoel (Júnior Urso), Gil, Robinho e Zé Rafael; Bill e Arthur. Técnico: Marquinhos Santos
Tite confirmou Alexandre Pato como titular, pois Guerrero, que chegou nessa sexta-feira de viagem com a seleção peruana, está desgastado pelos jogos no exterior, pela viagem, pela diferença de fuso horário e ficará como opção no banco de reservas.
Em relação à equipe que enfrentou o Fluminense na última quarta-feira, serão feitas duas alterações. Ibson substituirá o suspenso e lesionado Guilherme e Danilo, por opção técnica, entrará no lugar do Romarinho. Com a entrada de Ibson, Edenílson terá de se resguardar mais na defesa.
Com o Departamento médico lotado e numa fase negativa, após um ótimo início, o Coritiba, que vem de uma derrota para o Vasco e um empate suado contra a Portuguesa, ambos em casa, está numa situação delicada. O bom e desgastado meia Alex ficará fora de mais uma rodada, e o atacante Deivid vai parar por três semanas devido a uma contusão no joelho esquerdo.
O Corinthians, com a melhor defesa do campeonato, não tem o mesmo êxito no setor ofensivo e tem apresentado sérias dificuldades para fazer gols. Com uma média de apenas 0,9 gol por partida no Brasileirão, é um dos piores ataques do torneio ao lado de times que brigam contra o rebaixamento, como o São Paulo. Nesta sexta-feira Tite cobrou maior produtividade ofensiva dos jogadores. para depois não “ter que se explicar”, segundo o próprio treinador. No total, são 13 gols marcados. O treinador quer que o time agrida mais o adversário, principalmente na proximidade do gol rival.
Como afirmei no post anterior, para que isso ocorra, pelo menos o meia de criação e o centro avante precisam ser liberados da marcação. O meia para pensar as jogadas e ter uma visão mais clara do jogo, o que é impossível quando tem que se preocupar com a marcação e o centro avante, para estar na área quando a bola chegar. Sem a mudança tática que viabilize melhor transição do meio campo para o ataque, a cobrança do técnico pouco adiantará.
Com a projeção de 4 pontos em dois jogos e com apenas 1 ponto trazido do Rio de Janeiro, os boleiros deverão se aplicar mais para alcançar os 3 pontos que faltam. Além disso, o jogo será no Pacaembu, com a Fiel apoiando e pressionando. Por isso acredito que terão mais empenho e um melhor desempenho e espero que não seja necessário que a torcida tenha que gritar
VAMOS JOGAR BOLA



Créditos e fontes de imagens 

globoesporte.globo.com/Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/gazetaesportiva.net
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/globoesporte.globo.com
noticias.bol.uol.com.b

facebook.com/fotos do mural

Um comentário: