quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Copa do Brasil - Bragantino X Corinthians

Agora é hora de trocar o chip e de enfrentar o Bragantino na Arena Pantanal, em Cuiabá, no estado de Mato Grosso, nesta 4ª feira, ás 22 horas, no jogo de ida das oitavas de final pela Copa do Brasil.
Teoricamente o Corinthians é o favorito, devido às suas condições técnicas, financeiras e estruturais. Mas, não podemos esquecer que o Bragantino eliminou o time do Jardim Leonor na fase anterior.
Outro aspecto favorável ao Corinthians é a realização do jogo na Arena Pantanal. Para garantir uma renda extra, o Bragantino decidiu levar a partida para um dos estádios utilizados na Copa do Mundo e atraiu muitos torcedores corintianos da região. A expectativa é de casa lotada em Cuiabá. Mas, de nada adiantarão tantos pontos a favor se o time subestimar o adversário, se acomodar e não jogar tudo o que sabe e o que pode.
Ficha Técnica - Bragantino X Corinthians
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data: 27 de agosto de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Vicente Romano Neto (ambos de SP)
Quarto árbitro: Alinor Silva da Paixão-MT (CBF-1)
Assessor: Ronnie Peterson Dias da Silva-MT (ASS)
Bragantino: Marcelo Henrique; Dick, Gustavo Carbonieri, Guilherme Mattis e Bruno Recife; Geandro, Marcos Paulo, Jackson Caucaia e Luisinho; Nunes e Cesinha; Técnico: Paulo César Gusmão
Corinthians: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias, Lodeiro e Jadson; Luciano e Guerrero; Técnico: Mano Menezes
No Corinthians, além dos possíveis escalados, Mano Menezes relacionou, também os goleiros Walter e Danilo Fernandes, os laterais Ferrugem e Uendel, o zagueiro Felipe, o volante Bruno Henrique, os meias Petros, Renato Augusto e Danilo e os atacantes Romero e Romarinho.
No Bragantino, o técnico Paulo Cesar Gusmão não revelou o time, mas o goleiro Renan e o zagueiro Yago, que pertencem ao Corinthians, estão impedidos de enfrentar o clube do Parque São Jorge, os atacantes Léo Jaime e Nunes seguem como dúvidas em função de lesões e o volante Jackson Caucaia, está suspenso.
Com todo o elenco à disposição, Mano Menezes também manteve o mistério e fechou parte do último treino. No período aberto aos jornalistas, ocorreu apenas uma atividade de finalizações, que durou poucos minutos. De acordo com Mano, a ideia do treino fechado foi fazer atividades específicas para o jogo contra o Bragantino, e exibir o trabalho seria dar armas ao adversário. Foram aproximadamente 40 minutos de treino com bola sem a presença da imprensa.
"Trabalhamos para passar aos jogadores, na prática, o que o adversário faz bem. Pontos decisivos que eles têm como virtude. Temos de ter respeito e treinar no campo, porque só falar e mostrar é pouco. Você só consegue fazer isso repetindo. A intimidade é importante para que consigamos essa melhora", afirmou o treinador.
Se o desempenho do último jogo fosse parâmetro para a escalação, Fagner, Fábio Santos e Jadson deveriam ir para o banco e Petros deveria entrar para ajudar a marcação e liberar mais Ferrugem e Uendel para apoiarem o ataque. 
Sobre o companheiro de Guerrero no ataque, Luciano não foi bem no último jogo, Romarinho foi péssimo, restando a opção de Romero, que apesar de muita raça, tem tido uma atuação um tanto atabalhoada.
Embora o mandante seja o Bragantino, o Corinthians terá a maioria da torcida. Mais de mil corintianos ignoraram o horário e, quase à meia-noite de terça para quarta, fizeram carreata pelas ruas da cidade para receber o Timão no  Aeroporto Marechal Rondon por volta de 0 horas (23 horas no horário local).
 
Com vários desfalques para o jogo de volta, com Gil, Elias, Guerrero e Romero convocados para jogar por suas respectivas seleções, o Corinthians precisa vencer, e vencer bem, para garantir sua classificação no 1º jogo. O adversário, após ter eliminado o São Paulo em pleno Morumbi, está animado e confiante. No entanto, temos mais time e mais condições de brigar pela classificação. O importante é manter o foco, a garra e a determinação, ir para cima, mas sem afrouxar a marcação, tomar cuidado com os contra ataques e não deixar o Bragantino jogar.

Créditos e fontes de imagens
meutimao.com.br
Getty Images/globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
Gazeta Press
Fernando Dantas/Gazeta Press/gazetaesportiva.net
Diego Ribeiro/globoesporte.globo.com
Diego Ribeiro/globoesporte.globo.com
Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians/globoesporte.globo.com/MAON

Nenhum comentário:

Postar um comentário