sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Virado à Paulista

O jogo começou pegado e com a zaga ainda desentrosada e a defesa desatenta, o Timão ficou duas vezes atrás do placar e teve que correr atrás do prejuízo. No primeiro gol do Goiás, Gil e Ânderson Martins saíram para dar combate e ninguém ficou na sobra para tentar impedir Thiago Mendes de marcar. No 2º, em uma cobrança de falta, novamente a defesa deu bobeira e Jackson apareceu livre para marcar de cabeça.
Com duas vezes em desvantagem, o Corinthians não se abateu e foi buscar o empate. Guerrero, de cabeça, e Elias, aproveitando uma bola espirrada de Renato Augusto, empataram para o Corinthians.
Mas, o que mudou a história do jogo, foi a entrada de Luciano no lugar de Romero e a mudança do esquema tático do 4-4-2 para o 4-2-3-1, com Jadson centralizado.
Graças às mudanças, a ameaça de uma indigestão de arroz com pequi foi afastada e os goianos saíram da Arena Corinthians, empanturrados de virado à Paulista.
De início, Luciano mostrou individualismo em duas jogadas, chegando até a ser vaiado. Mas, depois de desperdiçar as duas chances, ele recuperou a lucidez, infernizou a defesa do Goiás e desandou a balançar a rede. Aos 32 minutos da etapa final virou o jogo a favor dos donos da casa, aos 39 transformou o sofrimento em alívio e aos 43, decretou a goleada, igualando-se a Romarinho na artilharia do Corinthians na temporada, com 11 gols.
Mas, a goleada poderia ter sido maior, não fossem os erros de finalizações e as boas defesas de Renan, o goleiro goiano. O Corinthians finalizou 24 vezes, contra 11 do Goiás. Das finalizações alvinegras, 5 foram gols, (Guerrero e Elias, um cada e três de Luciano), seis foram defendidas, (Elias, três e Luciano, Romero e Fábio Santos, uma cada), Quatro foram bloqueadas, (Renato Augusto e Luciano, duas cada) e nove foram para fora, (Renato Augusto, três, Romero, duas, Ralf, Ânderson Martins, Gil e Luciano, uma cada). Das finalizações do Goiás, duas foram gols, (Thiago Mendes e Jackson), duas foram defendidas, (Bruno Mineiro e Samuel, uma cada), quatro foram bloqueadas, (David, Bruno Mineiro, Thiago Real e Samuel, uma cada) e três foram fora, (Lima, Samuel e Murilo Henrique, uma cada).
Fonte: http://globoesporte.globo.com/jogo/brasileirao2014/21-08-2014/corinthians-goias.html
Apesar da defesa ainda desentrosada, em decorrência da saída do Cleber e sua substituição pelo Ânderson Martins, mas com uma postura mais ofensiva, o Timão começou a exorcizar  os fantasmas que rondavam o novo estádio. 
Em que pese a falta de ritmo de jogo e de entrosamento, Ânderson Martins mostrou uma boa saída de bola, uma ótima alternativa aos chutões como forma de armar as jogadas. Jogador mais técnico que Cleber, deverá dar muito mais qualidade ao passe e à transição defesa-ataque. 
Outro estreante, Lodeiro, foi bastante participativo, deu mais mobilidade ao time, mostrou ter uma clara visão de jogo e cobrou com perfeição a falta que resultou em um dos gols de Luciano. Já em sua estreia, o meia apresentou suas credenciais para assumir a titularidade.
Merece destaque a atuação do Elias, não só pelo gol marcado, mas pela movimentação e boas jogadas ofensivas.
Mas, as laterais continuam sendo o ponto frágil do time. No 1º gol do Goiás, Fagner errou a linha de impedimento e ele e Fábio Santos deixaram muito a desejar no apoio. Já passou da hora de Mano dar uma chance aos laterais reservas.
Há que ressaltar a postura dos jogadores em campo, sem dúvida, a grande responsável pela virada e pela goleada.
Com 31 pontos, o Corinthians foi para a terceira colocação do Brasileirão, a mesma pontuação do Internacional, que tem uma vitória a mais (oito contra sete). O Goiás agora é o 11°, com 20 pontos.
Na próxima rodada, os dois times jogam no domingo. O Corinthians encara o Grêmio em Porto Alegre, às 16 horas e o Goiás recebe o líder Cruzeiro, às 18:30 horas, no Serra Dourada.
Melhores momentos
Gols
Ficha Técnica - Corinthians 5 X 2 Goiás
Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 21 de agosto de 2014, quinta-feira
Horário: 19:30 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Gilberto Stina Pereira (ambos do RJ)
Público: 26.486 pagantes
Renda: R$ 1.465.164,000
Cartões amarelos: Luciano (Corinthians); David, Thiago Mendes e Samuel (Goiás)
Gols: Corinthians: Guerrero, aos 22 minutos do primeiro tempo; Elias, aos 19, e Luciano, aos 32, aos 39 e aos 43 minutos do segundo tempo; Goiás: Thiago Mendes, aos 10 minutos do primeiro tempo, e Jackson, aos 15 minutos do segundo tempo
Corinthians: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias, Jadson (Bruno Henrique) e Renato Augusto (Lodeiro); Romero (Luciano) e Guerrero; Técnico: Mano Menezes
Goiás: Renan; Valmir Lucas, Pedro Henrique, Jackson e Lima; Murilo (João Paulo), David, Thiago Mendes e Tiago Real (Danilo); Samuel e Bruno Mineiro (Erik); Técnico: Ricardo Drubscky

Créditos e fontes de imagens
blogs.jovempan.uol.com.br
meutimao.com.br
corinthians.com.br
globoesporte.globo.com
corinthians.com.br
globo.com/youtube.com
Eduardo Viana/Agência Lance/esportes.terra.com.br
globo.com/youtube.com
globo.com/youtube.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário